Mostrando postagens com marcador Socorro de Deus. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Socorro de Deus. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Sob o Meu Manto Imaculado

 

Sob o Meu Manto Imaculado

- Olho para vós, filhos prediletos, com os Meus Olhos Misericordiosos.

- É o olhar da vossa Mãe Celeste, que acompanha cada um de vós, em toda a parte do mundo.

- O Meu Olhar Materno repousa hoje sobre vós com particular complacência e vos atrai todos docemente para vos abrigardes sob a proteção do Meu Manto Imaculado.

- Quero reuni-vos no amor, que deve crescer cada vez mais entre vós até vos tornardes uma só coisa.

- Assim, posso oferecer-vos ao Meu Filho Jesus para realizar o Seu mais intimo desejo, que vos deixou como Seu testamento:

“Como Eu e Tu, ó Pai somos um, assim também eles sejam em nós uma só coisa”

- E onde poderá ser construída, cada dia, esta Unidade senão no Coração Imaculado da vossa Mãe, que a todos vos ama, conduz, reúne e une?

- Quero curar-vos do Pecado e das consequências que ele deixa em vós: esse sentimento de fraqueza e de instabilidade que tão frequentemente vos prostra e desanima.

- Senti-vos tão frágeis e inseguros, tão incertos e temerosos de vos tornardes novamente vitimas do mal que vos rodeia.

- Se viverdes sempre sob o Manto Imaculado da vossa Mãe Celeste não voltareis a cair no Pecado.

- Aqui curo as vossas feridas, derramo Bálsamo sobre as vossas chagas dolorosas, dou alimento que vos nutre, cubro-vos com as Minhas Belíssimas vestes;

Formo-vos e Conduzo-vos com Firmeza Materna para a Santidade.

- Hoje, por meio de vós, chamo a Refugiarem-se sob o Meu Manto todos os Meus filhos, sobretudo aqueles que se afastaram de Jesus e de Mim, que se deixaram arrastar pela presente tempestade, e se encontram agora em grande perigo.

- Têm, portanto, mais necessidade da Minha ajuda materna.

- Por isso, ninguém se desespere, ninguém se sinta abandonado por Mim.

- Chegou a hora em que resplandecerá mais fortemente para todos o amor da vossa Mãe Imaculada.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 11.02.80

Clique aqui e veja também:

Meu Coração será teu Refúgio

Mãe de todas as dores

Hora das Potências Angélicas

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

domingo, 27 de dezembro de 2020

A todos os povos do mundo

 

A todos os povos do mundo

- Nesta terra, sou muito amada e venerada (Seul – Coréia do Sul).

- Os Meus filhos recorrem a Mim com o amor que nasce de corações simples, pobres, humildes e todos se refugiam sob o manto da Minha materna proteção.

- Aqui a Minha presença dá vigor e força a Igreja, que cresce e se expande numa terra fecundada pelo sangue de muitos mártires.

- Ao redor desta pequena terra, que é parte privilegiada do Meu Celeste Jardim, estende-se uma região sem limites, onde domina o Dragão Vermelho, o Meu adversário, que construiu o seu reino na rebelião contra Deus, obrigando ao Ateísmo, por meio da força, um imenso número de Meus filhos, que caminham nas mais profundas trevas.

- Mas será a partir daqui (Seul – Coréia do Sul) que a Minha Luz e a Minha Vitória se difundirão e cobrirão todas as nações deste grande Continente da Ásia.

- Eu sou a Aurora que surge de maneira cada vez mais forte a luminosa.

- Eu sou a Virgem Mãe que leva o auxilio e a salvação a todos os povos do mundo.

- Eu sou o caminho aberto para o Triunfo Glorioso de Cristo.

- Eu sou a “Mulher vestida de sol”, que está para intervir de maneira extraordinária para amarrar o Dragão Vermelho, para o precipitar no seu reino de fogo e de morte.

- Toda a Igreja deve agora compreender, a partir daquilo que aqui acontece, que a presença da Mãe é indispensável para uma sua Renovação Universal.

- Este é o Ano a Mim Consagrado.

- Convido-vos todos a corresponder ao Meu plano vitorioso.

- Rezai, sofrei e oferecei comigo.

- Através de ti, Meu mais pequeno e pobre filho, escolhido por Mim para que Eu seja Glorificada perante a Igreja e perante o mundo, quero abençoar a Coreia, terra predileta do Meu Coração Imaculado, e todas as nações deste Continente da Ásia e do mundo inteiro.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 27.09.87

Clique aqui e veja também:

Grande prova

Apóstolos dos últimos tempos

Compreensão de toda a verdade

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Pelos caminhos da África

 

Pelos caminhos da África

- Entrai no Templo do Meu Coração Imaculado, filhos prediletos, se quereis contemplar as maravilhas do Meu Amor Misericordioso.

- Nestes tempos, a vossa Mãe atua em toda a parte do mundo, com a sua ação preocupada de apelo para vos fazer caminhar pela estrada do bem, do amor, do retorno a Deus, vosso Redentor.

- Revelo-Me, em toda a parte, aos Pequeninos, aos Simples, aos Pobres, aos Puros de Coração.

- Vê como também nesta parte do Continente Africano (Enugu / Nigéria) o Meu convite é acolhido com gratidão e grande reconhecimento.

- Quanto amor para comigo encontras nos caminhos da África.

- Aqui, no meio de tão grande pobreza, onde as casas ainda são feitas de barro e os Meus filhos não tem, muitas vezes nem alimento, nem vestuário, obtenho deles mais do que aquilo que outros Me dão noutras partes mais desenvolvidas do mundo.

- Recebo um amor cândido e sincero, uma resposta generosa, uma correspondência entusiasta e alegre, uma Oração ardente e perseverante.

- Reparaste com que fervor rezam o Santo Terço,

com que veneração circundam as Minhas Imagens,

como Me colocam em cada cômodo das suas pobres casas.

- Eu Me manifestarei ainda mais a eles, através de Aparições e por meio da Minha presença materna, que os ajuda e que solicita a Providência para que não lhes falte o alimento e o vestuário.

- Nestes dias, Meu pequeno filho, pudeste ver com os teus olhos como a Mãe Celeste age nos caminhos deste imenso continente.

- Chegou a hora das Minhas maiores maravilhas.

- Estes são os Tempos do Triunfo do Meu Amor Materno.

- Por isso vos convido a todos, dos Cinco Continentes, a entrar no Templo do Meu Coração Imaculado, a fim de poderdes corresponder ao Meu desígnio.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 21.11.83

Clique aqui e veja também:

Felicidade dos Santos

Anjos da Guarda: luz, defesa e combate

Maria, medianeira de Graças

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Arca da Nova Aliança

 

Arca da Nova Aliança

- Filhos prediletos, Eu vos conduzo todos os dias pelo caminho da vossa perfeita imitação do Meu Filho Jesus.

- Só assim podereis tornar-vos hoje um sinal de alegria e de consolação para todos.

- Estes são os anos dolorosos da prova.

- Esta já vos foi preanunciada por Mim de muitos modos e com muitos sinais.

- Mas quem é que crê em Mim?

- Quem Me ouve?

- Quem se empenha verdadeiramente em mudar de vida?

- Eu estou entre duas espadas que transpassam o Meu Coração de Mãe:

de um lado, vejo o grande perigo que correis, por causa do castigo que já está as portas;

de outro lado, vejo a vossa incapacidade de crer e de acolher os convites a conversão que Eu vos dirijo para que possais evitar.

- Então dirijo-Me novamente a vós, meus prediletos e filhos a Mim Consagrados, e vos convido a

Vos elevardes:

acima do mundo,

acima das vossas preocupações cotidianas,

dos apegos desordenados as criaturas e a vós próprios,

acima da mediocridade e da tibieza, de uma aridez cada vez mais vasta.

- Entrai no Refúgio que a Mãe Celeste vos preparou para a vossa salvação e para que possais passar em segurança, no Meu Coração Imaculado, os terríveis dias da Grande Tempestade, que já chegou.

- Esta é a hora de vos refugiardes todos em Mim, porque Eu sou a Arca da Nova Aliança.

- Nos tempos de Noé, imediatamente antes do dilúvio, encontravam na Arca aqueles que o Senhor destinava a sobreviver ao Seu Terrível Castigo.

- Nos vossos tempos Eu convido a entrar na Arca da Nova Aliança, que construí no Meu Coração Imaculado, todos os meus filhos, para que sejam ajudados por Mim a levar o peso sangrento da Grande Prova, que precede a Vinda do Dia do Senhor.

- Não olheis para outro lado.

- Hoje acontece como no Tempo do Dilúvio e ninguém pensa naquilo que vos espera.

- Todos andam muito ocupados a pensar só em si próprios, nos próprios interesses terrenos, no prazer, a satisfazer de todos os modos as próprias paixões desordenadas.

- Mesmo na Igreja, como são poucos os que se preocupam com os Meus maternos e tão dolorosos apelos.

- Pelo menos vós, meus prediletos, deveis escutar-Me e seguir-Me.

- Então, por meio de vós, poderei chamar todos a entrar o mais depressa possível na Arca da Nova Aliança e da Salvação, que o Meu Coração Imaculado vos preparou para estes Tempos de Castigo.

- Aqui estareis em paz e podereis tornar-vos sinais da Minha paz e da Minha consolação materna para todos os Meus pobres filhos.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 30.07.86

Clique aqui e veja também:

O enorme Dragão vermelho

Segundo Advento de Jesus

Caminho do Calvário

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva"

sábado, 31 de outubro de 2020

Hora da Grande Prova

 


Hora da Grande Prova

- Filhos prediletos, hoje quero comunicar-vos a alegria e o conforto que o Meu Coração Imaculado sente ao ver-vos reunidos, em tão grande número, nestes vossos Exercícios Espirituais, que fazeis sob a forma de um contínuo Cenáculo.

- Viestes de quase todos os estados desta vossa Nação, do Canadá e de outros Países da América Latina.

- Aqui vos reunis em oração, feita comigo, por meio da recitação do Rosário inteiro, da escuta da Minha palavra, da solene hora de adoração Eucarística e da concelebração da Santa Missa, sempre presidida por um Bispo, durante a qual renovais o vosso Ato de Consagração ao Meu Coração Imaculado.

- Quisestes também tornar mais intenso o vosso Ato de amor e de reparação para com Jesus presente na Santíssima Eucaristia, com a vossa adoração noturna, tão apreciada e abençoada por Mim, por ter dado tanto conforto e alegria ao Coração Eucarístico e Sacerdotal de Jesus.

- Agora anuncio-vos que a hora da Grande Prova chegou.

- Chegou a Grande Prova para a vossa nação.

- Quantas vezes, como Mãe preocupada e dolorosa, quis convidar os meus filhos a percorrer a caminho da conversão e do retorno ao Senhor.

- Não fui ouvida.

- Continuastes pelo caminho da rejeição de Deus e da sua Lei de amor.

- Difundiram-se cada vez mais os pecados de impureza e a imoralidade estendeu-se como um mar, submergindo todas as coisas.

- Justificou-se o pecado impuro contra a natureza, a homossexualidade;

generalizou-se o recurso aos meios para impedir a vida;

ao mesmo tempo que se difundiram os abortos, esses assassínios de crianças inocentes que clamam vingança diante de Deus e que são praticados por toda a parte desta vossa pátria.

- A hora da Justiça Divina e da Grande Misericórdia já chegou.

- Conhecereis a hora da fraqueza e da pobreza;

a hora do sofrimento e da derrota;

a hora purificadora do Grande Castigo.

- Chegou a Grande Prova para a vossa Igreja.

- Continuaram a difundir-se os erros que levaram a perda da fé (Apostasia).

- Muitos Pastores não estiveram atentos, nem vigilantes, e permitiram que muitos lobos vorazes vestidos de cordeiros, se introduzissem no rebanho, provocando a desordem e a destruição.

- Como é grande a vossa responsabilidade, ó Pastores da Santa Igreja de Deus.

- Continua-se pelo caminho da Divisão contra o Papa e da recusa do seu Magistério; antes, prepara-se as ocultas, um verdadeiro cisma, que em breve poderá se tornar aberto e declarado.

- Então, permanecerá apenas um pequeno resto fiel, que Eu guardarei no Jardim do Meu Coração Imaculado.

- Chegou a Grande Prova para toda a humanidade.

- Está para chegar o castigo predito por Mim em Fátima e contido na parte do segredo que ainda não vos foi revelado.

- Chegou para o mundo a Grande Hora da Justiça Divina e da Misericórdia.

- Por isso vos quis aqui.

- Vós deveis ser os Apóstolos destes Últimos Tempos.

- Ide por toda a parte e proclamai, com fortaleza e coragem o Evangelho de Jesus.

- Caminhai pela estrada do desprezo do mundo e de vós mesmos.

- Iluminai a terra, nestes tempos de Grande escuridão.

- Fazei descer sobre o mundo os raios:

de luz da vossa fé,

da vossa santidade e

do vosso amor.

- Fostes escolhidos para combater com coragem contra a força daquele que se opõe a Cristo, para obter, no final, a minha maior vitória.

- Parti deste Cenáculo na confiança;

parti na alegria e numa grande esperança.

- Eu estou convosco.

- Eu Me manifesto por meio de vós.

- Eu realizarei prodígios em vós para que todos possam ver a Minha Luz e sentir a Minha presença materna.

- Abençoo-vos a todos, como aquele que vos são caros e as almas que vos estão confiadas, em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 15.11.90

Clique aqui e veja também:

Misericórdia e Justiça

Sou o início dos novos tempos

Pureza e Impureza

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva"

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Jesus amou-os até o fim

 


Jesus amou-os até o fim

- Filhos prediletos, vivei comigo este dia de quinta feira santa, recolhidos no Cenáculo do Meu Coração Imaculado.

- É o dia da vossa Páscoa.

- É o dia do vosso Sacerdócio.

- Hoje o recordais, reunidos ao redor dos vossos Bispos, na concelebração da Eucaristia, durante a qual renovais as promessas que fizestes no dia da Ordenação Sacerdotal.

- São as promessas da vossa fidelidade a Cristo e a Sua Igreja.

- São as promessas da vossa disponibilidade e da vossa obediência.

- São as promessas do vosso amor total e exclusivo, que vos compromete a amar Jesus e as almas que vos foram confiadas por Ele.

- Todas elas são promessas de vida;

são compromissos de amor.

“Jesus, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” (Jo 13, 1-15)

- É assim que João, o Apóstolo predileto, introduz no seu Evangelho a narração da Instituição da Eucaristia, do Novo Sacrifício e do Novo Sacerdócio.

- Jesus amou-os até o fim.

-Amou-os até o fim, isto é, até o fim de Sua vida, porque a Última Ceia corresponde também a última noite da sua existência humana vivida entre vós:

“Desejei ardentemente comer esta minha Páscoa convosco, antes de padecer”

-Amou-os até o fim, isto é, até ao cume de toda a possibilidade de amor, porque Jesus torna hoje perpétuo o Sacrifício realizado uma só vez no Calvário pela Salvação de todos.

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por aqueles que ama”

-Amou-os até o fim, isto é, até a extrema exigência imposta pelo amor, que quer a presença da pessoa amada, porque na Eucaristia Jesus permanece sempre convosco, realmente presente com o Seu Corpo Glorioso e Sua Divindade, tal como está no Paraíso, ainda que oculto sob o véu das espécies Eucarísticas.

“Estou sempre convosco, até o fim dos séculos”

-Amou-os até o fim, isto é, até ao limite da vossa miséria e da vossa pobreza, porque no Sacramento da Eucaristia, Jesus, faz-Se uma só coisa convosco, torna-Se carne da vossa própria carne, Sangue do vosso próprio sangue, para vos comunicar a vós, criaturas terrenas, o Dom precioso de Sua Vida Divina.

“Eu Sou o Pão descido do Céu.

Quem comer deste Pão viverá e Eu o ressuscitarei no último dia”

-Amou-os até o fim, isto é, até o Fim dos Tempos, porque a presença entre vós de Cristo em estado de Vitima, em cada Sacrário da terra,

dá-vos segurança e confiança, alegria e esperança no Seu Glorioso retorno.

“Anunciamos, Senhor, a Vossa morte,

proclamamos a Vossa Ressurreição,

na espera de Sua vinda”

- Hoje é o dia do Novo Sacrifício e do Novo Sacerdócio.

- Hoje é o Grande Dia do Amor.

- O Seu Coração Divino abre-Se para vos dar o Seu Novo Mandamento:

“Dou-vos um Mandamento novo;

Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei”

- Neste dia, filhos prediletos, peço-vos que renoveis o vosso compromisso de amor para com Jesus, presente na Eucaristia.

- Fazei da Santa Missa o centro de toda a vossa piedade,

o cume da vossa jornada Sacerdotal,

o coração da vossa ação apostólica.

- Celebrai-a com amor, com escrupulosa observância das leis litúrgicas;

vivei-a, participando pessoalmente no Sacrifício que Jesus renova por meio de vós.

- Rodeai de luzes e de flores o Sacrário, onde está custodiado Jesus Eucarístico.

- Ide frequentemente diante do Sacrário para os vossos encontros pessoais de amor com Jesus, que vos espera; que Ele Se torne para vós o único e precioso tesouro que atrai, como um imã, o vosso coração Sacerdotal.

- Voltai a expor Jesus Eucarístico no altar para as solenes horas de adoração e reparação pública, porque a Nova Era levará a um reflorescimento geral do culto Eucarístico em toda a Igreja.

- De fato, o Advento do Reino Glorioso de Cristo coincidirá com o maior esplendor do Seu Reino Eucarístico entre vós.

- Jesus Eucarístico derramará todo o Seu poder de amor, que transformará almas, a Igreja e toda a humanidade.

- Assim, a Eucaristia torna-se sinal de Jesus, que ainda hoje vos ama até o fim, porque vos conduz até o fim destes vossos tempos, para vos introduzir na Nova Era de santidade e de graça, para a qual vos encaminhais todos, e que começará quando Jesus tiver instaurado o Seu Reino Glorioso entre vós.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 12.04.90

Clique aqui e veja também:

Eucaristia, invenção do Amor

Nova Era

Quando o Filho do Homem voltar

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Grande sinal no céu

 


Grande sinal no céu

- Olhai para Mim, filhos prediletos e Consagrados, na grande luta que combateis, as ordens da vossa Celeste Comandante.

- Eu sou a Mulher vestida de sol.

- Sou o grande sinal que aparece no céu. (Ap 12)

- Hoje recordais a minha última aparição ocorrida em Fátima, na Cova da Iria, e confirmada pelo milagre do sol.

- Este milagre vos indica, de maneira extraordinária, que Eu sou a Mulher vestida de sol.

- Este milagre vos convida a olhar para Mim como o grande sinal que aparece no céu.

- Sou um grande sinal de luta entre Mim e o meu adversário;

entre a Mulher e o Dragão;

entre o Meu exército e o exército guiado pelo inimigo de Deus.

- Entrais nos tempos decisivos da batalha.

- Preparai-vos para viver as horas mais difíceis e os maiores sofrimentos.

- É necessário que entreis todos, o mais depressa possível, no meu exército.

- É por isso que ainda convido os meus filhos a Consagrarem-se ao Meu Coração Imaculado e a entregarem-se a Mim como crianças.

- Hoje estendo o meu convite sobretudo:

aos pequeninos,

aos pobres,

aos últimos,

aos doentes,

aos pecadores.

- Vinde todos combater sob o sinal da vossa Mãe Imaculada, porque é:

com a fraqueza dos pequeninos,

com a confiança dos pobres,

com o sofrimento dos doentes que Eu combato hoje a minha grande batalha.

- Sou um grande sinal de vitória.

- Sou a Mulher vitoriosa.

- Por fim, o poder de satanás será destruído e Eu mesma o prenderei com a minha corrente e o fecharei no seu reino de morte e de eterno tormento, de onde não poderá sair.

- No mundo reinará o Único Vencedor do pecado e da morte, o Rei de todo o Universo criado, Jesus Cristo.

- Deixai-vos agora marcar com o Meu Selo.

- Nestes tempos, os Anjos de Luz percorrem o mundo para marcar com o Sinal da Cruz todos aqueles que fazem parte do Meu Exército Vitorioso.

- Contra estes a estrela do abismo não terá poder algum, ainda que venham a ser chamados a grandes sofrimentos e alguns sejam chamados até a derramar o próprio sangue.

- Hoje, convido-vos a olhar para Mim, como o grande sinal que aparece no céu, a fim de viver na confiança e na serenidade, ao mesmo tempo que sois iluminados pela minha própria luz e marcados com o Meu Selo Materno.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 13.10.91

Clique aqui e veja também:

Peço a todos a Consagração

Consagração a Jesus Cristo por Maria

Grande prova

O número da Besta: 666

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva"

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

A Luz do Paraíso

 


A Luz do Paraíso

- Hoje, quero-vos espiritualmente aqui no Paraíso, filhos prediletos, para que possais ficar repletos de confiança e de esperança, ao olhardes para a vossa Mãe Celeste elevada a Glória do Céu também com o seu corpo. (Festa da Assunção de Nossa Senhora ao Céu)

- Com o coração e a alma olhai para o Paraíso que vos espera.

- O Paraíso é a vossa verdadeira meta.

- Vós não fostes feitos para a vida terrena que, no entanto, muito vos absorve, cansa e consome.

- A vida nesta terra é como uma longa e dolorosa sala de espera, pela qual tendes de passar para poder entrar no reino que vos foi preparado pelo Pai Celeste.

- Neste Reino, o Meu Filho Jesus já predispôs um lugar para cada um de vós;

os Anjos esperam, alegres, a vossa chegada e todos os Santos rezam e ardem de amor, esperando que todos os lugares sejam ocupados também por vós e para sempre.

- Hoje é necessário olhar mais para o Paraíso que vos espera, se quereis caminhar na serenidade, na esperança e na confiança.

- A Luz do Paraíso compreendereis melhor também o Tempo em que viveis;

é um Tempo de Sofrimento.

- É o Tempo descrito no Apocalipse, em que Satanás instaurou no mundo o seu reino de ódio e de morte.

- Assim os mais pobres, os mais frágeis, os mais indefesos, os meus pequeninos são frequentemente esmagados por sofrimentos que se tornam maiores a cada dia.

- Ó, sim, o Senhor abreviará o Tempo da Prova tendo também em consideração a vossa fidelidade e a vossa dor;

mas para poderdes ser confortados, deveis olhar hoje para o Paraíso preparado para vós.

- A Luz do Paraíso que vos espera, sabereis ler melhor os Sinais dos Vosso Tempo.

- Os dias em que viveis são maus porque os corações dos homens se tornaram áridos e frios, fechados por um grande egoísmo, e não são mais capazes de amar.

- A humanidade segue pelo caminho da rebelião contra Deus e da sua obstinada perversão.

- Deste modo, os frutos que recolheis hoje em dia tornam-se maus:

são os frutos do ódio e da violência,

da corrupção,

da impiedade,

da impureza e da idolatria.

- O vosso corpo é exaltado como ídolo e o prazer é procurado como o maior bem.

- Quantos sinais vos manda o Senhor para vos convidar ao arrependimento e a conversão:

doenças, desgraças, males incuráveis que se alastram;

guerras que se estendem, ameaças de males que pairam sobre vós!

- Nestes tempos, para não vos desesperardes, para percorrerdes o caminho da Fé inabalável e segura, torna-se urgente viver olhando para o Paraíso, onde com Jesus, a vossa Mãe Celeste vos ama e vos segue também com o seu corpo glorioso.

- A Luz do Paraíso que vos espera, sabereis acima de tudo realizar com perfeição o desígnio que tenho sobre cada um de vós, nestes Tempos da Grande Luta entre a “Mulher vestida de sol” e o seu adversário, o Dragão Vermelho. (Ap 12)

- No profundo desapego do mundo e das criaturas, tornar-vos-ei verdadeiramente pequeninos, confiantes, humildes e bons.

- Percorrereis o caminho do desprezo do mundo e de vós próprios.

- Sereis capazes de vos mortificar nos sentidos e voltareis a oferecer-Me o dom da vossa penitência.

- Desejo que se volte também a prática do Jejum, tão recomendado por Jesus no Seu Evangelho.

- Tornar-vos-eis assim verdadeiros discípulos de Jesus e difundireis a vossa volta a sua luz neste Tempo invadido pelas trevas.

- Por isso vos convido hoje a olhar para o Paraíso, que exulta no Mistério da Assunção Corpórea da vossa Mãe Celeste, que a todos encoraja e abençoe.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 15.08.83

Clique aqui e veja também:

Confusão, primeiro sinal

O anúncio dos três Anjos

O Amor não é amado

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Um período de 10 anos

 


Um período de 10 anos

- Hoje viestes de toda a parte da França, aos pés da rocha sobre a qual apareci como a Imaculada Conceição, para fazer o vosso grande Cenáculo de oração e de fraternidade e para renovar juntos o Ato de Consagração ao Meu Imaculado Coração.

- Daqui abençoo o Meu Movimento;

- Daqui abençoo cada um de vós;

- Daqui abençoo a Igreja e toda a humanidade.

Entrastes nos meus tempos.

- Neste dia, peço-vos que Me Consagreis todo o tempo que ainda vos separa do final deste vosso século.

- É um período de 10 anos.

- São 10 anos muito importantes.

- São 10 anos decisivos.

- Peço-vos que os passeis comigo, porque entrais no período final do Segundo Advento, que vos conduz ao triunfo do Meu Coração Imaculado, na gloriosa vinda do Meu Filho Jesus.

- Neste período de 10 anos cumprir-se-á a Plenitude do Tempo que vos foi indicado por Mim desde La Salete até as minhas últimas e atuais aparições.

- Neste período de 10 anos, a purificação que viveis há anos atingirá o seu cume;

por isso, os sofrimentos tornar-se-ão maiores a todos.

- Neste período de 10 anos, cumprir-se-á o tempo da Grande Tribulação que vos foi predita na Sagrada Escritura, antes da Segunda Vinda de Jesus.

- Neste período de 10 anos, manifestar-se-á o Mistério da Iniquidade preparado pela difusão cada vez maior da apostasia.

- Neste período de 10 anos, realizar-se-ão todos os segredos que Eu revelei a alguns dos meus filhos e cumprir-se-ão todos os acontecimentos que vos foram preditos por Mim.

- Por isso, hoje, peço-vos que Me consagreis todo este período de tempo, como se fosse um Ano Mariano mais prolongado e contínuo.

- Abri-Me as portas dos vossos corações e deixai-Me agir em vós.

- Abri-Me as portas das vossas famílias, das vossas paróquias, das vossas casas religiosas e deixai que entre a Luz Imaculada da minha presença.

- Multiplicai os vossos Cenáculos de oração e vivei na maior confiança e num abandono filial a Mim, sem vos deixardes tomar pela vã curiosidade de saber aquilo que vos espera.

- Que a água da Divina Misericórdia vos purifique de todo o pecado e faça de vós os novos rebentos para a era de graça e de santidade que preparo cada dia para vós, no Meu Imaculado Coração.

- Deste meu tão venerado santuário, a todos vos abençoo.

Movimento Sacerdotal Mariano / Nossa Senhora ao Padre Stefano Gobbi / 18.09.1988

Clique aqui e veja também: Jesus as almas comuns

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”


domingo, 1 de outubro de 2017

Tarefa dos Anjos da Guarda


Tarefa dos Anjos da Guarda
- Filhos prediletos, neste dia vos reuni nos Cenáculos para renovar a Consagração ao Meu Coração Imaculado e para venerar a memória litúrgica dos vossos Anjos da Guarda.
- Nos tempos da grande prova, vos convido a tornar mais fortes os laços que vos unem aos vossos Anjos da Guarda.
- Eles tem uma particular e importante tarefa a cumprir para convosco, sobretudo nestes últimos tempos.

Os Anjos da Guarda a tarefa de ser LUZ no vosso caminho.
- Os dias que viveis são assinalados por uma grande escuridão que se torna sempre mais profunda e ampla:
  • São as trevas dos erros que envolvem as mentes dos homens e os tornam assim vítimas da grande apostasia.
  • São as trevas dos pecados que obscurecem a beleza e a santidade das almas.
  • São as trevas da impureza que enfeitam o esplendor do vosso corpo, chamado a refletir a glória do Deus Vivo.
- Assim, quantos são hoje os meus pobres filhos que vivem como sombras, submersos pelas trevas dos erros, do pecado e da impureza.
- Aos vossos Anjos da Guarda é confiada a tarefa de vos proteger das grandes trevas que vos circundam para fazer-vos caminhar sempre na luz da verdade, da santidade, da pureza, da humildade, da confiança e do amor.

Os Anjos da Guarda tem a tarefa de ser DEFESA para vossa vida.
- Como são numerosas e enganosas as insídias que todo dia vos tramam os espíritos maus; os demônios que agora se espalharam no mundo e operam em toda a parte para conduzir as almas para a condenação eterna.
- A sua ação agora tornou-se poderosa porque se associou a força que tem os meios de comunicação como a imprensa e a televisão.
- Com enganoso refinamento é difundido:
·         o mal sob a forma de bem,
·         o pecado como exercício da própria liberdade,
·         a transgressão a Lei de Deus como nova conquista por parte desta pobre e pervertida humanidade.
- Como são fortes e contínuos os ataques dos espíritos maus, para golpear-vos também na vossa vida física com:
  • acidentes,
  • desgraças,
  • atentados,
  • doenças,
  • calamidades,
  • explosões de violência,
  • guerras e revoluções.
- Aos Anjos da Guarda é confiada a tarefa de proteger-vos de todos esses males, de defender-vos contra estas insídias, para fazer-vos caminhar na vida sob a sua segura e piedosa proteção.

Os Anjos da Guarda tem a tarefa de COMBATER convosco
a mesma batalha para obter a mesma vitória.
- Na grande prova, que já chegou, torna-se ainda mais forte e sangrenta a grande luta:
·         entre a Mulher vestida de sol e o dragão vermelho,
·         entre as forças do bem e as forças do mal,
·         entre Cristo e o anticristo.
- É uma batalha que se trava sobretudo a nível de espíritos:
  • os espíritos bons contra os espíritos maus;
  • os Anjos contra os demônios;
  • São Miguel Arcanjo contra Lúcifer.
- Vós sois envolvidos nesta grande luta, que é imensamente superior a vós.
- Então deveis estar particularmente unidos Aqueles (Anjos) que estão juntos de vós no grande combate, que tem grande poder nesta luta, que vos ajudam a combater e vos conduzem para a vitória segura.

- Meu mais pequenino menino, confia a particular proteção dos teus Anjos da Guarda a longa e cansativa viagem que, dentro de alguns dias, deves fazer a Malásia, Indonésia, Austrália; Ilhas Fuji e Nova Zelândia, para fazer em toda parte os Cenáculos com Sacerdotes e fiéis do Meu Movimento.
- Hoje convido todos a tornar mais assídua a oração, mais fortes os laços, mais profundo o afeto para com estes Anjos de Luz, que vos foram dados pelo Senhor para a Vossa guarda e proteção.
- Junto com eles, a todos vos abençoo em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano 02101993
Clique aqui e veja mais:



sábado, 23 de setembro de 2017

Coroação de Espinhos de Jesus


Coroação de Espinhos
- Quando os algozes ficaram fartos de bater, trançaram uma coroa de espinhos, enterram-na em Minha Cabeça e desfilaram diante de Mim dizendo:
  • Rei nós te saudamos!
- Uns Me insultavam, outros batiam-Me sobre a cabeça e cada um acrescentava nova dor aquelas que já esgotavam Meu Corpo.
- Contemplai-Me, almas que amo:
  • Condenado pelos tribunais,
  • Abandonado aos insultos e as profanações da multidão,
  • Entregue ao suplício da flagelação
E, como se tudo isso não bastasse para Me reduzir a mais humilhante condição,
  • Coroado de espinhos,
  • Coberto com um manto de purpura,
  • Saudado como um rei de escárnio,
  • Tido como louco.
- Sim Eu, que Sou o Filho de Deus, o Sustentáculo do Universo, quis passar, aos olhos dos homens como o último e o mais miserável de todos.
- Longe de fugir a humilhação, abracei-a , para expiar os pecados de orgulho e arrastar as almas com Meu exemplo.
- Consenti que Minha Cabeça fosse coroada de espinhos e que sofresse para reparar os pecados de tantas almas soberbas que recusam tudo que as rebaixe aos olhos das criaturas.
- Consenti que Me cobrissem os ombros com um manto de escárnio e Me tratassem como louco, a fim que muitas almas não desdenhassem seguir-Me numa trilha que o mundo julga vil e baixa e que lhes parece indigna de sua condição.

Seguir a Vontade de Deus
- Não, almas queridas, caminho algum, situação alguma é vil e humilhante quando se trata de seguir a Vontade de Deus.
- Vós que vos sentis interiormente atraídos a tal estado, não resistais e não procureis, com vãs e orgulhosas razões, fazer a Vontade Divina querendo seguir, ao mesmo tempo, a vossa própria vontade.
- Não julgueis encontrar paz e felicidade em condição mais ou menos brilhante aos olhos das criaturas.
- Não as encontrareis senão na submissão a Vontade de Deus e no inteiro cumprimento de tudo que vos pedir.

Honras humanas
- Há também no mundo muitas almas que procuram fixar aqui na terra seu futuro.
- Talvez uma ou outra sinta inclinação ou secreto atrativo por alguém em quem descobre muitas qualidades, honradez, fé, piedade, consciência profissional e compreensão das virtudes da família; -tudo que corresponde a seu desejo de amar.
- Mas de súbito o orgulho lhe invade o espírito.
- Sem dúvida o coração ficaria satisfeito desse lado, mas não a vã ambição de brilhar aos olhos do mundo.
- Então a alma se desvia para procurar alguém que melhor atraia em si a atenção das criaturas, fazendo-a parecer exteriormente mais rica e mais nobre.
- Ah, como esta alma está se tornando voluntariamente cega.
- Não achareis certamente a felicidade que buscais neste mundo e oxalá, depois de vos terdes metido em tão perigosa situação, a encontrareis no outro.

Almas que chamo
- E que dizer de tantas almas que chamo ao caminho da perfeição e do amor e que fazem como se não ouvissem a Minha Voz.

Almas dispostas
- Quantas ilusões naquelas que Me dizem estarem dispostas a fazer-Me a Vontade e unir-se a Mim e todavia enterram na Minha Cabeça os espinhos da coroa.

Almas Esposas
- As almas que desejo como Esposas, conheço-as até os mais íntimos refolhos do coração, e, amando-as como as amo, com infinita delicadeza, as atraio para onde as vejo, na Minha Sabedoria, que encontrarão os meios necessários para chegarem a santidade:
  • Ali lhes descobrirei o Meu Coração, ali elas Me darão mais amor e mais almas.
Almas cegas
- Mas, quantas resistências e decepções.
- Quantas almas cegas pelo orgulho e por necessidade exagerada de estima, e pelo desejo de satisfazerem a natureza com mesquinha ambição de se tornarem ‘alguém’, deixam-se invadir por vãos raciocínios e afinal recusam entrar no caminho traçado pelo Amor.

Atos de humildade e submissão
- Almas que Eu escolhera, credes, porventura que, seguindo vosso gosto, dar-Me-eis a glória que de vós esperava?
- Credes fazer Minha Vontade, resistindo a Minha Graça que vos chama a esse Caminho que vosso orgulho repele?
- Ah, desejaria que multiplicasses HOJE atos de humildade e de submissão a Vontade Divina, para obter que muitas almas se deixem guiar na senda que Eu lhes preparo com tanto amor.

É preciso que se cumpram as Escrituras
- Coroado de espinhos e coberto com o manto de purpura, os soldados Me conduziam a Pilatos, acabrunhando-Me a cada passo, com gritos, insultos e escárnios.
- Não achando em Mim nenhum crime digno de castigo, Pilatos Me interrogou novamente e perguntou-Me porque não lhe respondia, sabendo que tinha o poder sobre Mim.
- Então saindo de Meu Silêncio, disse-lhe:
“Não terias poder algum se não te fosse dado do Alto,
mas é preciso que se cumpram as Escrituras”
e fechando novamente os lábios, abandonei-Me.
- Pilatos perturbado com o aviso de sua mulher e perplexo entre os remorsos da consciência e o temor de ver o povaréu amotinado revoltar-se contra ele se recusasse a Minha morte; apresentou-Me a multidão no estado lamentável a que Me haviam reduzido e propôs dar-Me liberdade e condenar em Meu lugar Barrabás, que era um ladrão de fama.
- Mas a multidão vociferou em côro:
“Morra Ele, queremos que Ele morra e Barrabás seja libertado”
- Ó vós que Me amais, vede como Me compararam a um ladrão ou como Me puseram abaixo do mais perverso malfeitor; ouvi os gritos de ódio que vociferam contra Mim, pedindo a Minha Morte.
- Longe de evitar tamanha afronta, ao contrário, abracei-a por amor as almas e por vosso amor.
- Quis mostrar-vos que este Amor não Me conduzia somente a morte:
  • mas ao desprezo,
  • a ignominia,
  • ao ódio daqueles por quem Meu Sangue ia ser derramado em profusão.
- Trataram-Me de perturbador, insensato e louco; aceitei tudo com a maior doçura e a mais profunda humildade.

Experiência da dor
- Não creias, porém, que deixei de sentir então repugnância e dor.
- Pelo contrário, quis que a Minha natureza humana experimentasse todas as que vós mesmos experimentais, a fim de que Meu exemplo vos fortificasse em todas as circunstancias de vossa vida.
- Também, quando soou para Mim aquela hora dolorosíssima que Eu poderia tão facilmente evitar, abracei-a amorosamente para cumprir:
  • A Vontade do Pai
  • Reparar Sua Glória
  • Expiar os pecados do mundo e
  • Comprar a Salvação de muitas almas.
Almas orgulhosas
- Aquelas almas chamadas ao estado de perfeição e que, muitas vezes, entretanto discutem com a Voz da Minha Graça e assim lhe respondem:
  • Como me resignar a viver nesta contínua obscuridade?
  • Minha família, meus amigos julgar-me-ão ridículo, pois tenho capacidade, e seria mais útil em outra parte, etc...
- A essas almas vou responder:
  • Quando tive que nascer de pais nobres e ignorantes, longe de minha terra e de minha casa, num estábulo durante a mais fria e mais escura noite, recusei? Vacilei?
Minha missão humana
- Durante trinta anos conheci os rudes trabalhos da vida operária.
- Sofri com Meu Pai São José, os desprezos daqueles para quem trabalhava.
- Não achei indigno de Mim ajudar Minha Mãe no cuidado da pobre casa; e entretanto não tinha Eu mais talento do que o necessário para desempenhar o modesto ofício de carpinteiro?
- Eu que já aos doze anos de idade instruíra os doutores no templo?
- Era, porém, aquela Vontade de Meu Pai Celeste, e era assim que mais glória Lhe podia dar.
- Desde o começo de Minha Vida pública podia ter-Me dado a conhecer por Messias e Filho de Deus para dominar as multidões e torna-las atentas a Meus ensinamentos.
- Não o fiz porque Meu único desejo era cumprir em tudo a Vontade de Meu Pai.

Repugnâncias da natureza
- E quando chegou a hora da Minha Paixão:
  • no meio da crueldade de uns e das afrontas de outros,
  • do abandono dos Meus,
  • da ingratidão do povo,
  • no meio do indizível martírio do Meu Corpo e das vivíssimas repugnâncias de Minha natureza humana,
foi com mais Amor ainda que Meu Coração abraçou aquela Santa Vontade.
- E sabei, Almas escolhidas:
  • que quando dominardes as repugnâncias naturais,
  • a oposição de vossas famílias,
  • os juízos do mundo,
  • quando vos entregardes generosamente a Vontade de Deus,
então chegará a hora em que, estreitamente unida ao Esposo Divino, gozareis das mais inefáveis doçuras.
- O que digo as almas que sentem repugnâncias pela vida humilde e escondida, repito-o também aquelas que, inversamente, são chamadas a prodigalizar sua vida a serviço do mundo, quando seus atrativos as levariam para a solidão e obscuridade.

Verdadeira felicidade
- Compreendei, almas queridas:
  • viver conhecidas ou desconhecidas dos homens,
  • utilizar ou não os talentos recebidos,
  • ser pouco ou muito estimada,
  • gozar ou não de saúde,
nada disso constitui, por si mesmo, vossa felicidade.
- Conheceis a única coisa que vo-la garantirá?
  • Fazer a Vontade de Deus,
  • Abraça-la com amor,
  • Unir-vos e conformar-vos com tudo que ela exija para sua Glória e para santificação vossa.
- Ama e abraça alegremente a Minha Vontade, pois bem sabes que em tudo foi traçada pelo Amor.

Eu preciso desta graça
- Na mesma tarde Josefa, confessa humildemente que essa recomendação do Mestre não fora inútil.
- Ele quer que ela obtenha, com sua própria vitória sobre as repugnâncias da natureza, graça semelhante para muitas almas que dela precisam.
- Grande lição que retiramos da seguinte confidência feita pela sua humildade:
“Sinto em mim, de novo,
contra este gênero de vida tão extraordinário,
uma espécie de revolta que me tira a paz,
porque eu queria tanto trabalhar”
- Nosso Senhor, porém, não faz caso dessa repulsa que não pode entravar nem a Sua Vontade nem a de Josefa, e logo na manhã seguinte, sábado da Paixão, 24 de março de 1923, Ele continua...

Sofrimento do Meu Coração
- Ocupemo-nos da Minha Paixão.
- Medita por um momento no sofrimento de Meu Coração terníssimo e delicado, quando se viu posto abaixo de Barrabás.
- Vendo-Me assim desprezado, fui traspassado no mais íntimo da alma pelos gritos da multidão que reclamava a Minha Morte.
- Como recordei então:
·         as ternuras de Minha Mãe quando Me estreitava ao Coração,
·         os cansaços e cuidados que Meu Pai adotivo suportara por Meu Amor.
·         Como repassava os benefícios tão prodigamente derramados sobre esse povo:
o   A vista aos cegos,
o   A saúde aos enfermos,
o    As multidões alimentadas no deserto,
o   Os próprios mortos ressuscitados.
- E agora, contemplai-Me reduzido ao estado mais desprezível, objeto mais que qualquer outro do ódio dos homens e condenado como um ladrão infame.
- A multidão pede a Minha Morte e Pilatos pronunciou a sentença.
- Almas que amo, considerai atentamente o sofrimento de Meu Coração.

Escola do Amor
- Depois de Me ter traído no Horto das Oliveiras, Judas andou errante e fugitivo sem poder abafar os gritos de sua consciência que o acusava do mais horrível sacrilégio.
- Quando lhe chegou aos ouvidos a sentença de morte pronunciada contra Mim, caiu no mais terrível desespero e se enforcou.
- Quem poderá compreender a dor intensa e profunda de Meu Coração quando vi precipitar-se, na eterna perdição, aquela alma que tinha passado tantos dias na Escola de Meu Amor?
- Que tinha recolhido Lições, e tantas vezes ouvido cair de Meus Lábios perdão para os maiores pecados?
- Ah, Judas, por que não vens atirar-te a Meus Pés a fim de que Eu te perdoe também?
- Se não ousas aproximar-te de Mim, por medo dos que Me cercam com tanto ódio, ao menos olha para Mim e logo encontrarás Meus Olhos fixos em ti.

Hoje, é o dia da Salvação (IICor 6,2)
- Vós, que estais mergulhados no mal e que há mais ou menos tempo viveis errantes e fugitivos por causa de vossos crimes:
  • Se os pecados de que sois culpados vos endureceram e cegaram o coração,
  • Se para satisfazerdes as vossas paixões, caistes nos piores escândalos.
- Ah, quando vossa alma reconhecer o seu estado, e os motivos ou os cumplices de vossas faltas vos abandonarem, não deixeis que de vós se apodere o desespero.
Enquanto o homem tiver um sopro de vida,
poderá ainda recorrer a Misericórdia e implorar perdão.
- Se sois jovens e já as desordens de vossa mocidade vos deixaram em estado de degradação aos olhos do mundo, não temais.
- Mesmo que o mundo vos trate de criminoso, vos despreze e vos abandone, Vosso Deus não consentirá que vossa alma seja presa do inferno.
- Pelo contrário, deseja, e com ardor, que dele vos aproximais para vos perdoar.
- Se não ousais falar-Lhe, dirigi para Ele vossos olhares e os suspiros do vosso coração e em breve vereis que Sua Mão Bondosa e Paternal vos conduz a Fonte do Perdão e da Vida.
- Se, passastes, voluntariamente a maior parte da vida na impiedade ou na indiferença e, de repente, ao se aproximar a eternidade, o desespero tente vos vendar os olhos... ah, não vos deixeis enganar, é ainda tempo de perdão.
- Mesmo se não vos resta senão um segundo de vida, neste segundo podeis comprar a eternidade.
- Se vossa existência mais ou menos longa se escoou na ignorância e no erro, se fostes causa de grandes males para os homens, a sociedade e mesmo para a religião e se por qualquer circunstância vindes a reconhecer que vos enganastes, não vos deixeis acabrunhar pelo peso de vossas faltas e do mal de que fostes instrumento.
- Mas vossa alma, penetrada do mais vivo arrependimento se lance num abismo de confiança e corra Aquele que vos espera sempre para perdoar todos os erros de vossa vida.

Alma acomodada
- Falarei também para aquela alma que viveu primeiro na fiel observância da Minha Lei, mas que se foi esfriando pouco a pouco até a tibieza de uma existência cômoda.
- Ela esqueceu a própria alma, pode-se dizer e também suas elevadas aspirações.
- Deus pedia-Lhe mais esforços, mas os defeitos habituais cegaram-na e caiu nos gelos da tibieza, piores que os do pecado, pois a consciência, surda e adormecida, não sente mais remorsos e não ouve mais a Voz de Deus.
- Venha uma forte sacudidela que a desperte subitamente:
  • Sua vida lhe parece então inútil e vazia para a eternidade.
  • Perdera inúmeras graças, e o demônio, que não quer largar a presa, explora-lhe a angustia, mergulha-a no desânimo, na tristeza, no abatimento, e pouco a pouco, submerge-a no temor e no desespero.
- Almas que amo, não deis ouvidos a esse cruel inimigo.
- Vinde depressa atirar-vos a Meus Pés e penetradas de viva dor, implorai Minha Misericórdia e não temais. Perdoo-vos.
- Começai novamente vossa vida de fervor, recuperareis os méritos perdidos e Minha Graça não vos faltará.

Alma escolhida
- Será preciso, enfim, dirigir-Me as Minhas escolhidas?
- Haverá alguma que tenha passado longo anos na prática constante da Regra e dos deveres religiosos?
- Sim, uma alma que Eu favorecera com Minhas Graças e instruíra com Meus conselhos, uma alma, por longo tempo fiel a Voz da Graça, as inspirações Divinas.
- Eis que:
  • por uma pequena paixão,
  • uma ocasião não evitada,
  • uma satisfação concedida a natureza,
  • um relaxamento no esforço necessário.
- Esfriou pouco a pouco, caiu numa vida ordinária, vulgar e finalmente tíbia.
- Ah, se por uma ou outra causa, saís um dia de vosso sono, sabei que no mesmo instante o demônio, com inveja de vosso bem:
  • Vos assaltará de mil maneiras,
  • Tentará persuadir-vos que é tarde demais e que tudo é inútil,
  • Encher-vos-á de temor e repugnância para descobrir o estado de vossa alma,
  • Apertar-vos-á a garganta para vos impedir de falar e de vos abrirdes a Luz,
  • Trabalhará para abafar em vós a confiança e a paz.
Jesus escondido (Marcos 16,12)
- Escutai primeiro a Minha Voz, dizendo-vos o que deveis fazer:
  • Desde que a Graça vos tocar e antes que a luta se trave, correi a Meu Coração...
  • Pedi-Lhe que derrame sobre vós uma gota de Seu Sangue.
- Sim, vinde a Mim.
- Sabeis que estou sempre nos braços paternais de vossos Superiores, sejam quem forem.
- Ali estou, escondido, sob o véu da fé; levantai aquele véu e dizei-Me com inteira confiança vosso sofrimento, vossas misérias, vossas quedas.
- Recebei a Minha Palavra com respeito e nada temais pelo passado; Meu Coração submergiu-o no abismo de graças.
- A lembrança de vossa vida passada não será então motivo para vos humilhardes e aumentardes vossos méritos e, se quereis dar-Me maior prova de amor, contai com o Meu Perdão e crede que vossos pecados nunca conseguirão ultrapassar Minha Misericórdia que é infinita.

- Josefa, fica escondida no abismo de Meu Amor e reza para que as almas se deixem penetrar dos mesmos sentimentos. 
22 a 25.março.1923 (410-422)
“Apelo ao Amor” A mensagem do Coração de Jesus ao Mundo e Sua Mensageira Irmã Josefa Menéndez da Sociedade do Sagrado Coração.

Veja também: