Mostrando postagens com marcador Encarnação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Encarnação. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Cumpriu-se o Tempo

 

Cumpriu-se o Tempo

- Filhos prediletos, 

vivei Comigo, em Ato de Oração Incessante e de profundo recolhimento, estas horas da Noite Santa.

- Cumpriu-se o Tempo.

- Há centenas de anos que se esperava este evento;

as vozes dos Profetas e dos Enviados de Deus tinham mantido acesa a chama da Esperança e da espera.

- O curso do tempo e da história confluía todo para este momento extraordinário.

- Nesta Noite Santa todas as coisas se cumpriram.

- Eu, Virgem e Mãe, dou a luz o Meu Filho Divino;

o Meu Castíssimo Esposo José está a Meu lado e nele estão presentes todos os pobres de Israel;

a gruta, desprovida de tudo, torna-se Régia pelo Filho de Davi, chamado a sentar-Se no Seu Trono Real;

os Pastores acorrem para oferecer a homenagem dos simples e dos pobres de espírito;

o Coro dos Anjos canta e traz a Luz inocente das crianças, dos Pequeninos, dos Puros de Coração.

- Com que inefável amor e delicada ternura, deponho na pobre manjedoura o Meu Divino Filho, o Primogênito do Novo Povo de Israel, o Filho Unigênito do Pai, o Messias prometido e esperado desde a séculos.

- Nesta Santa Noite, realizam-se as profecias, todas as coisas se cumprem na perfeição.

- Cumpriu-se o Tempo.

- Vivei com Amor, com Confiança e Grande Esperança este Natal.

- É o Natal de 1989.

- É o Natal de um ano muito importante.

- Vivei-o Comigo, Mãe que vos gera cada dia para a vida que o Meu Menino vos deu, por meio da Sua Vinda entre vós.

- Vivei-o com o Meu Esposo José, em Ato de Humilde e dócil colaboração com o desígnio do vosso Pai Celeste.

- Vivei-o com os Pastores, que acorrem festivos, na alegria de serdes, vós também, testemunhas do anúncio que ainda hoje proclama a paz e a salvação a todos os homens.

- Vivei-o com os Pequeninos, com os simples, com os pobres que fazem de Trono Real para o Domínio do Meu Filho Jesus.

- Vivei-o com os Anjos, que cantam Harmonias Divinas e oferecem o Amor a esta pobre terra, ameaçada e ferida como nunca.

- Vivei este Natal em espírito de profunda alegria.

- Pois cumpriu-se o Tempo.

- Entrais agora nos acontecimentos que vos preparam para o Seu Segundo Natal.

- Aproximai-vos do momento do Glorioso Retorno de Cristo.

- Então não vos deixeis tomar pelo medo, nem pela tristeza, nem pela vã curiosidade, nem pelas preocupações inúteis.

- Vivei, com a simplicidade dos Pequeninos, cada momento deste Novo Advento no Meu Coração Imaculado e empenhai-vos com solicitude em abrir de par em par as portas dos homens e dos povos ao Cristo que vem.

- Abri o coração a esperança, para acolher com alegria o anúncio que hoje vos dou:

está se cumprindo o Tempo do Seu Glorioso Retorno.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 24.12.89

Clique aqui e veja também:

Eucaristia, Invenção do Amor

Jesus e as almas comuns

Cristo, ama-lo pela Sua Paixão

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

No Sepulcro Novo

No Sepulcro Novo

- Hoje, o Corpo do Meu Filho Jesus repousa no Sepulcro Novo, no sono da morte.

- No Meu Seio Virginal, onde o Verbo do Pai Se depôs, após o Sim que pronunciei no momento da Anunciação, depõe-Se o Seu Espírito.

- E sinto-Me Mãe Dolorosa e feliz,

ferida e aplacada,

mergulhada num oceano de dor e envolvida num manto de paz,

abalada pelo pranto e recomposta por uma interior e Divina Bem Aventurança.

- Enfim, tudo se cumpriu.

- Agora, velo em Ato de Oração incessante, enquanto:

o Meu Coração se abre a certeza da Ressurreição do Meu Filho Jesus,

a Minha mente se ilumina a Luz da Sua profecia e

a Minha pessoa vive inteiramente nesta expectativa deste Seu Glorioso momento.

- É o dia da Minha Materna solidão.

- É o dia da Minha imensa dor.

- É o dia fecundo da Minha firme esperança.

- É o Meu primeiro dia da Minha Nova e Espiritual Maternidade.

- Entrai, filhos prediletos, no Berço do Meu Coração Imaculado e preparai-vos, vós também, para o momento do vosso Novo Nascimento.

- No Sepulcro Novo, onde jaz, só por este dia o Corpo sem vida do Meu Filho Jesus, deponde o homem que deve morrer em vós.

- Deponde o homem do pecado e do vicio, do ódio e do egoísmo, da avareza e da luxuria, da Soberba e do orgulho, da discórdia e da incredulidade.

- Morra hoje em vós, tudo aquilo que herdastes do primeiro homem.

- E saia finalmente para a Luz o Homem Novo que nasce no Sepulcro Novo, onde Cristo Ressuscitou no Esplendor Glorioso da Sua Divindade:

- O Homem Novo da Graça e da Santidade.

- O Homem Novo do amor e da comunhão.

- O Homem Novo da misericórdia e da pureza.

- O Homem Novo da humildade e da caridade.

- O Homem Novo da docilidade e da obediência.

- O Homem Novo da luz e da santidade

- O Homem Novo formado no Sepulcro Novo, que toma vida no momento Jubiloso da Ressurreição de Cristo.

- Este vosso Novo Nascimento se dá no Berço do Meu Coração Imaculado, ao Meu lado, vossa terna Mãe, e é assim que Eu inicio a nova missão da Minha Maternidade Espiritual e Universal.

- Só este Homem Novo, que nasce no Mistério Pascal de Cristo, é que pode abrir de par em par a porta do Sepulcro em que jaz hoje toda a humanidade já morta, para fazê-la ressurgir para a Nova Era de Graça e de Santidade, que Cristo Ressuscitado vos trouxe no momento da Sua Vitória sobre o pecado e sobre a morte.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 25.03.89

Clique aqui e veja também:

Confiança e Esperança

Segunda Páscoa na Glória

Anúncio da Nova Era

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Não temais

 

Não temais

- Esta é a Noite Santa, vivei-a sobre o Meu Coração, Meu filho amadíssimo.

- Quero fazer-te participar de todo o Meu amor, da Minha ânsia materna quando, arrebatada numa luz do Paraíso, o Meu Filho Jesus nasceu neste mundo.

- Nasceu virginalmente e milagrosamente de Mim, Sua Mãe.

- A noite era profunda.

- Mas era ainda maior a noite que envolvia a humanidade, escrava do pecado, que não esperava mais a salvação.

- A noite envolvia também o povo eleito, que não correspondia mais ao Espírito de sua eleição, nem estava pronto para receber o Seu Messias.

- Nesta noite, tão profunda, surgiu a Luz, nasceu o Meu pequeno Menino.

- No momento em que ninguém O esperava, quando nenhum lugar se abriu para O receber.

- Inesperado, não acolhido, rejeitado pela humanidade, e contudo, é neste momento que começa para a humanidade a Sua Redenção.

- O Meu Jesus nasce para redimir todos os homens dos seus pecados.

- Assim surge a Luz no meio de tantas trevas e o Meu Menino vem para salvar o mundo.

- Nasce na pobreza e na dor desta rejeição e os Seus primeiros vagidos são de pranto, sente o rigor do frio, todo o gelo do mundo O envolve.

- O Meu Coração Imaculado recolheu as primeiras lágrimas do Divino Menino.

- Confundiram-se com as do Meu Coração e enxuguei-as com os Meus beijos de Mãe.

- Nesta Noite Santa, enquanto ainda vos dou o Meu Filho, repito-vos:

Não temais, Jesus é o vosso Salvador.

- Agora o mundo está, mais do que nunca, mergulhado ainda nas trevas.

- O gelo do ódio, da Soberba e da incredulidade envolve o coração dos homens.

- Também a Igreja está perturbada por uma profunda crise:

até muitos dos seus Sacerdotes duvidam do Meu pequeno Menino.

- Igreja toda, acolhe com alegria a vinda do Teu Jesus.

- Ele vive em ti porque quer que todos estes Meus pobres filhos sejam salvos.

- Sacerdotes, Consagrados ao Meu Coração Imaculado, não temais.

- Hoje anuncio-vos uma grande noticia, que é de alegria para todos:

O Meu Filho Jesus é o vosso salvador.

- Todos fostes Redimidos por Ele;

agora, todos podereis ser Salvos por Ele.

- Não temais.

- Assim como o Meu Coração vos deu O Salvador, assim também o Meu Coração Imaculado vos dá, nestes tempos, a alegria da Sua Salvação.

- Em breve, o mundo inteiro, que é invadido pelas trevas e que foi arrancado do meu Filho, gozará finalmente o fruto desta Noite Santa.

- O Triunfo do Meu Coração Imaculado acontecerá por meio dum Novo Nascimento de Jesus nos corações e nas almas dos Meus pobres filhos perdidos. (Iluminação das Consciências)

- Tende apenas Confiança e não se apodere de vós nem a Ansiedade, nem o Desânimo.

- O futuro que vos espera será uma Nova Aurora de Luz para todo o mundo, já Purificado.

- Nesta Noite, junto do Pobre Berço do Meu Menino, sinto a presença de amor dos Meus filhos prediletos, os Sacerdotes Consagrados ao Meu Coração Imaculado e com o Meu Filho Jesus, que estreito o coração; a todos vos agradeço e abençoo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 24.12.75

Clique aqui e veja também:

O Anúncio dos três Anjos

Tudo já foi revelado

Reparar os pecados desta hora

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Vejo a vossa pequenez

 

Vejo a vossa pequenez

- Filhos prediletos, contemplai-Me no mistério da Apresentação do Menino Jesus no Templo.

- Quero revelar-vos hoje os sentimentos que enchiam o Meu Coração quando depus nos braços do Sacerdote o Meu Menino, quarenta dias depois do Seu Nascimento.

- O Meu Coração ardia de gratidão para com o Senhor, que realizara finalmente o desígnio de salvação que tinha para o seu povo.

- Há quantos séculos se esperava por este momento.

- Com a Minha alma, via o rosto do Pai inclinar-Se com complacência, enquanto o Espírito Santo descia sobre alguns dos presentes, revelando as suas mentes o desígnio secreto do Senhor.

- O Meu Coração estremecia de amor inefável e materno, ao contemplar toda a Divindade encerrada nos membros tão pequeninos do Meu Menino de apenas quarenta dias.

- O Meu Coração exultava de alegria quando o Senhor entrou no Templo e Eu percebia que os imensos Exércitos dos Anjos e de todos os Espíritos Celestes O acompanhavam, enquanto era conduzido para tomar posse da Sua morada.

- O Meu Coração era também ferido pela dor, ao ouvir a voz profética do velho Simeão que Me anunciava que a Minha missão materna era também um chamamento a um profundo sofrimento, a uma íntima participação pessoal na dolorosa missão do Meu Filho Jesus.

- É com estes mesmos sentimentos que vos conduzo, filhos prediletos, cada dia, ao altar do Senhor, para vos ajudar a cumprir bem a Sua Vontade Divina.

“Não Te agradaram sacrifícios nem oferendas;

Então preparaste-Me um corpo:

Eis que venho, ó Deus para fazer a Tua Vontade.”

- Estou cheia de gratidão para com o Meu Filho Jesus porque, através de vós que Me respondestes, posso realizar hoje o Meu desígnio materno de preparar o Maior Triunfo do Seu Amor Misericordioso.

- Sinto o Meu Coração cheio de amor por vós, que vos oferecestes a Mim como crianças, por meio da vossa Consagração.

- Vejo a vossa pequenez, olho para a vossa fraqueza e fragilidade, para as inúmeras insídias que o Meu adversário vos arma.

- Vejo-vos tão pequeninos, que nem sequer conseguis dar um passo sem Minha ajuda materna.

- Por isso, Me inclino para vós com renovada ternura de Mãe.

- Estou também contente pela generosidade com que Me respondestes.

- Dissestes “sim” ao Meu pedido de Consagração; 

oferecestes-Me toda a vossa vida, para que Eu pudesse intervir e a orientasse livremente, segundo o Meu desígnio, que é a Vontade do Senhor.

- Enfim, sofro também porque, tal como para Jesus, também para vós a missão que vos espera é a do sofrimento que Eu posso oferecer ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo uma grande força de Suplica e de Reparação, a fim de que em breve se possa abrir a Porta de Ouro da Divina Misericórdia e se possa realizar o maior milagre da completa transformação do Mundo.

- Por isso, filhos prediletos, sobre o Meu Coração agradecido, contente e ao mesmo tempo doloroso, vos levo cada dia ao templo do Senhor e vos deponho sobre o altar, para que possais ser oferecidos para o cumprimento perfeito da Sua Vontade Divina.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 02.02.85

Clique aqui e veja também:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Tempo do Espírito Santo

Tudo já foi revelado

Anúncio dos três Anjos

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Grande Silêncio

 

Grande Silêncio

- É a Noite Santa.

- Filhos prediletos, passai-a Comigo, na alegre recordação dos momentos que vivi enquanto se preparava o Nascimento no Tempo do Verbo do Pai, do Verdadeiro Filho de Deus.

- Um Misterioso Silêncio assinalava o desenvolver-se deste Grande Mistério de Amor.

- Uma doce harmonia de paz envolvia a Minha Pessoa Virginal, chamada a abrir-se ao Dom Materno do Filho.

- Um Grande Silêncio envolvia o cumprimento deste Divino Mistério.

- Enquanto o Silêncio envolvia todas as coisas, a Palavra Eterna do Pai desceu, no meio da noite, como orvalho sobre o mundo, chamado a acolher o Seu Divino Rebento.

- Sobre este Grande Silêncio, eis que se abrem as vozes celestiais dos Anjos e os corações dos Pastores, que sabem compreender o que está escondido dos grandes.

- O mesmo deve acontecer em cada encontro com o Verbo que Se faz Carne na vida de cada um de vós.

- O mesmo deve acontecer no vosso encontro cotidiano com o Meu Filho Jesus.

- O mesmo deve acontecer no Natal que sois chamados a viver cada dia, acolhendo com amor, no vosso coração e na vossa alma, o Senhor que vos salva e vos conduz a paz.

- O mesmo deverá acontecer também na Sua Segunda Vinda, quando Ele voltar no esplendor da Sua Divindade e vier sobre as nuvens do Céu para instaurar o Seu Reino na Glória.

- É preciso um Grande Silêncio ainda hoje para compreender o desígnio secreto de Deus e para saber ler os Sinais dos Tempos em que viveis, que vos anunciam o Seu próximo retorno.

- Abri os vossos corações a humildade, a simplicidade, ao candor dos pequeninos.

- Perseverai na oração e na confiança.

- Vivei cada dia, com a vossa Mãe Celeste, o vosso Perene Natal, que agora se perpetua no tempo, para a alegria e a salvação de todos.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 24.12.85

Clique aqui e veja também:

O Amor não é amado

Mistério da Anunciação

Metanóia Cristã

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Prostrai-vos comigo

 


Prostrai-vos comigo

- Filhos prediletos, vigiai comigo na oração e no recolhimento.

- Passai assim as últimas horas deste ano, que foi assinalado por acontecimentos graves e importantes para o destino de toda a humanidade.

- Prostrai-vos comigo em ato de profunda adoração a Jesus Eucarístico.

- A Sua Presença Real, entre vós, na Eucaristia, custodiada com amor em todos os Sacrários da terra:

é Luz no caminho,

conforto no cansaço,

bálsamo para as feridas,

alegria na dor,

paz na tribulação,

é a aurora que dá início ao novo dia da vossa existência humana.

- Prostrai-vos comigo em ato de grande agradecimento por todo os benefícios que vos foram concedidos pelo amor e pela providência do vosso Pai Celeste.

- É o Pai que dispõe para vós cada minuto da vossa vida, como expressão do seu amor e da sua Divina Misericórdia.

- Vós viveis no tempo para realizar um seu grande desígnio de amor.

- Mesmo quando vos afastais Dele, Ele nunca vos abandona, mas prepara, espera e faz com que se realize o vosso retorno.

- A Sua Divina Misericórdia é orvalho celeste que desce para tornar fecunda a grande aridez deste mundo e para fazer germinar de santidade e de vida o deserto em que viveis.

- Entrais agora nos tempos em que se tornará manifesto para todos o Milagre da Divina Misericórdia.

- Vede como a humanidade jaz prostrada e ferida, dilacerada e derrotada, ameaçada e vilipendiada, doente e moribunda.

- Se não for uma Grande Misericórdia a reerguê-la, ela, sozinha, já não pode se levantar.

- Está próxima a hora em que o Pai Celeste a tomará nos seus braços, erguê-la-á do mal, curá-la-á e levá-la-á consigo para o seu Jardim Delicioso.

- Prostrai-vos comigo em ato de intensa reparação pelas inúmeras ofensas ao Espírito do Pai e do Filho que geme em vós com gemidos inenarráveis. (Rom 8, 26)

- Quanto mal se comete ainda cada dia no mundo.

- A Lei de Deus é abertamente violada;

o Seu Nome é blasfemado;

o Seu Dia é profanado.

- Não mais se se respeita o valor da vida:

o número de abortos aumenta cada vez mais;

alastram-se os homicídios e os crimes, o ódio e a violência;

as guerras explodem de improviso, cruéis e sangrentas, ameaçando a paz de toda a humanidade.

- Quantos pecados se cometem hoje contra o Espírito Santo.

- Rezemos juntos, com humildade e confiança para invocar que o Dom do Espírito Santo desça como orvalho para Purificar a Terra e Renovar o mundo inteiro.

- Não passeis as últimas horas deste ano no barulho e na dissipação.

- Prostrai-vos comigo em oração de adoração, de agradecimento e de reparação, para obter do Pai, do Filho e do Espírito Santo que seja abreviado o Tempo da Grande Tribulação que estais agora vivendo, a fim de entrardes na Nova Era que vos espera.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 31.12.91

Clique aqui e veja também:

Convertei-vos

Tempo do Espírito Santo

O Dragão será acorrentado

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

domingo, 18 de outubro de 2020

Gruta luminosa

 


Gruta luminosa

- Vivei comigo, filhos prediletos, o mistério de amor e de luz deste vosso Natal.

- Quero levar-vos comigo no longo caminho que nos conduzia até Belém.

- Eu estava absorta num contínuo êxtase de amor com o Divino Menino que levava no meu seio virginal, aliviada pela preciosa ajuda do meu Castíssimo Esposo José, que tanto se empenhava em tornar menos pesada a cansativa viagem.

- Assim, um Silêncio Interior rodeava a nossa presença no meio de uma rumorosa caravana.

- A oração profunda do coração marcava o nosso lento aproximar da meta.

- Uma paz tranquila de alma descia sobre o desenrolar-se sereno do tempo, num amoroso conhecimento do grande mistério que estava prestes a se realizar.

- Quando chegamos a Belém e todas as portas se fecharam ao nosso pedido de hospitalidade por aquela noite, foi-nos indicada pelos pastores uma pobre gruta que, apesar de ser miserável, estava pronta para nos acolher.

- É a Noite Santa.

- É a Noite que põe fim a espera de séculos.

- É a Noite que se abre a Luz e que põe fim para sempre ao Tempo do Primeiro Advento.

- É a Noite que dá inicio ao novo dia que não conhece ocaso.

- Nesta Noite, o Céu desposa a terra;

os cânticos dos Anjos harmonizam-se com as vozes dos pequeninos, dos pobres, dos puros;

aos pastores é dado o anúncio que é de alegria para todos:

“Hoje nasceu para vós o Salvador” (Lucas 2, 1-14)

- Inclinai-vos, comigo, para cobrir o Menino de beijos e de lágrimas,

de calor e de amor,

de doce e afetuosa ternura.

- É tão pequenino; acabou de nascer;

chora pelo rigor do frio;

geme pelo grande gelo que envolve o mundo inteiro.

- Trazei-Lhe, vós também, como os pastores, dons simples.

- O vosso coração sacerdotal, cheio de amor, torna-se para Ele o único grande conforto.

- Acolhei, vós também, o grande anúncio de alegria que hoje vos é dado: está próximo o Seu Segundo Natal na Glória.

- Também vós estais percorrendo a última parte de um longo caminho.

- Também vós estais prestes a concluir o Tempo do Segundo Advento.

- Então vivei comigo e com o Meu Esposo José, as horas preciosas desta nova vigília.

- Um profundo Silêncio rodeie o grande barulho de palavras e de imagens que enche hoje o mundo inteiro.

- Que a Oração do coração vos leve a um contínuo colóquio com o Senhor Jesus que veio, que vem e que virá na glória.

- A Paz tranquila da alma marque o decorrer dos vossos dias, tão ameaçadores e cheio de dor para todos.

- Prossegui seguros, sobre as ondas tempestuosas destes Últimos Tempos da Grande Tribulação, sem vos perturbardes ao ver que as portas ainda se fecham a Jesus Cristo que vem.

- O Meu Coração Imaculado é a Gruta Luminosa que põe fim a este Segundo Advento, porque é com o seu Triunfo que Jesus voltará a vós na glória.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 24.12.91

Clique aqui e veja também:

Grande prova

Quando o Filho do Homem voltar

Segundo Advento de Jesus

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

sábado, 17 de outubro de 2020

A Porta que se abre

 


A Porta que se abre

- Alegrai-vos, filhos prediletos, com todo o Paraíso, que contempla hoje, na luz divina da Santíssima Trindade, o esplendor da vossa Mãe Celeste.

- Sou a Imaculada Conceição.

- Sou o reflexo puríssimo da luz, do amor e da santidade de Deus.

- Sou toda bela: tota pulchra.

- Só assim pude estar pronta para cumprir o meu virginal e materno desígnio de ser a Porta do Céu: Ianua coeli.

- Eu sou a Porta que se abre a esperança.

- No momento em que toda a humanidade conhece,

no pecado cometido pelos nossos primeiros pais, a hora da derrota a da morte por causa da vitória da Serpente,

Eu sou preanunciada como a Porta que se abre para fazer descer sobre o mundo a esperança.

“Porei inimizade entre ti e a Mulher, entre a tua descendência e a descendência Dele.

Ela te esmagará a cabeça e tu atentarás contra o seu calcanhar” (Genesis 3,15)

- Eu sou a Porta que se abre ao meu maior Dom quando, por meio da minha materna colaboração, chega até vós o Redentor, o vosso Salvador, no momento do Nascimento do Meu Filho Jesus.

- É Ele a minha vitoriosa descendência, que esmagará para sempre a Cabeça da Serpente e obterá a sua definitiva vitória sobre Satanás, sobre o mal e sobre a morte.

- Sou a Mãe do Primeiro Advento, porque sou a Porta do Céu, através da qual passa Jesus, para chegar até vós na fragilidade e na humildade da natureza humana.

- Eu sou a Porta que se abre para a vossa salvação, porque todos vós deveis passar através dela, para chegar ao vosso encontro pessoal com o Senhor.

- Foi por isso que o Meu Filho Jesus Me constituiu verdadeira Mãe de toda a humanidade.

- Só se passardes por esta Minha Porta, é que podereis chegar ao Jardim Celeste:

da mortificação e da penitência,

da fé e da oração,

da humildade e da pureza,

da caridade e da santidade.

- É nesta minha materna propriedade que Jesus experimenta cada dia a grande alegria de Se encontrar convosco.

- Jesus comunica-Se a vós com a Sua Graça;

ilumina-vos com a Sua Palavra;

assimila-vos com a Sua Presença Real na Eucaristia;

enche-vos a alma com o Seu Divino Esplendor;

leva os vossos corações a plenitude da alegria e da paz.

- Eu sou a Porta que se abre para a Nova Era que vos espera e que já está para chegar ao mundo.

- É por isso que, nos vossos tempos, sou chamada a ser a Mãe do Segundo Advento.

- Tal como Jesus chegou até vós por meio de Mim, na fragilidade e na humildade da sua natureza humana, assim será novamente por meio de Mim, que Jesus voltará a vós no esplendor da Sua Glória para instaurar o Seu Reino no mundo.

- A Minha presença entre vós deve tornar-se agora cada vez mais forte, contínua e extraordinária.

- Com a Minha presença quero anunciar-vos que deveis levantar a cabeça do jugo pesado da Grande Tribulação que viveis, porque a vossa libertação está próxima.

- Eu sou a Porta que se abre para a para os novos tempos que vos esperam.

- Entrai todos no Meu Coração Imaculado, com a vossa Consagração;

neste tempo do Segundo Advento,

vigiai na oração e na confiança e

esperai com as lâmpadas acesas, dentro da Porta do Céu da Vossa Mãe Celeste,

o já próximo retorno do Senhor Jesus na Glória.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 08.12.91

Clique aqui e veja também:

Porta do Céu

A Grande Prova

Mãe de Jesus Sacerdote

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Seu novo Natal

 


Seu novo Natal

- Vivei no Jardim do Meu Coração Imaculado, filhos prediletos, as belas e preciosas horas desta Noite Santa.

- Passai-a em oração e no silêncio, na minha doce companhia e na do Meu Esposo José.

- Participai nos momentos de êxtase e de inefável alegria vividos pela vossa Mãe Celeste, quando se dispunha a dar-vos o seu Divino Menino.

- A oração Me envolvia como um manto, o silêncio tomava cada vez mais posse da minha vida, porque tinha chegado o tão esperado momento do seu nascimento no tempo.

- Assim, não Me lembrava do cansaço da longa viagem, nem Me desanimava a recusa de nos abrirem uma porta, atraía-Me a quietude de uma gruta afastada, não Me pesava o desconforto por causa da miséria nem da falta de tudo.

- Depois, improvisamente, o Paraíso inclinou-se sobre o meu nada e Eu entrei num êxtase de amor e de vida com o Pai Celeste.

- Quando Me dei conta que estava ainda na terra, já tinha nos meus braços o Meu Deus, que Se tinha tornado milagrosamente Meu Filho.

- Revivei o silêncio operoso do meu Castíssimo Esposo José:

o seu trabalho para nos conduzir no longo caminho,

a sua insistência em procurarmos uma casa,

a sua paciência que se renovava a cada recusa de nos abrirem uma porta,

a sua confiança ao conduzir-nos para um lugar abrigado e seguro,

o seu amoroso trabalho para nos tornar menos inóspita a miserável gruta,

a sua espera na oração pelo que iria se realizar, e finalmente,

a sua grande felicidade, ao inclinar-se para beijar e adorar o Seu Deus, já nascido de Mim, na Noite Santa.

- Esteja sobre vós a Luz que apareceu aos pastores, na profunda noite, os cânticos dos Anjos e a alegria pela boa noticia ouvida:

“Anuncio-vos uma noticia, que é a alegria para todos:

hoje nasceu o Salvador, que é o Cristo Senhor”

- Na densa noite que desceu atualmente sobre o mundo,

no meio do sofrimento já sangrento que a Igreja é chamada a viver, enquanto as portas dos homens e dos povos ainda estão fechadas a Jesus, que está para vir na Glória,

imitai a vossa Mãe Celeste, o seu amadíssimo Esposo José e os pastores que acorrem prontamente ao convite vindo do céu.

- Rezai e guardai silêncio, para ouvir a voz de Deus, para compreender os Grandes Sinais que hoje vos envia, a fim de corresponderdes, com a vossa colaboração pessoal, ao seu misericordioso desígnio.

- Como José, empenhai-vos em preparar tudo cuidadosamente para o seu próximo retorno.

- Acendei nos corações as luzes que já se apagaram,

abri as almas a graça e ao amor,

abri de par em par as portas ao Cristo que vem.

- Tal como fizeram os pastores, simples e pequeninos, assim também vós não fecheis os ouvidos as vozes que ainda vos são dadas, agora mais do que nunca, pelo Céu.

- Entre elas sabei reconhecer e seguir a voz da vossa Mãe Celeste, que de tantos modos e com tantos sinais, vos repete o seu profético anúncio:

“Preparai-vos para o retorno de Jesus na glória”

- Está próximo o Seu Segundo Natal.

- Vivei comigo as horas conclusivas deste Segundo Advento:

na confiança,

na oração,

no sofrimento acolhido e compreendido,

esperando que chegue em breve o Grande Dia do Senhor.

- O deserto do mundo abrir-se-á para receber o orvalho celeste do seu Glorioso Reino de amor e de paz.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 24.12.83

Clique aqui e veja também:

Olhai para o Meu Esposo José

As duas asas da Grande Águia

Jesus abandonado

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Tudo já foi revelado

 


Tudo já foi revelado

- Filhos prediletos, recolhei-vos comigo na oração, nestas horas que precedem o nascimento do Meu Menino Jesus. (24.dezembro)

- Vivei no Meu Coração Imaculado os momentos da Noite Santa.

- Segui-Me pelo caminho de uma Oração Incessante, que se torne colóquio de amor, de confiança e de filial abandono ao desígnio de salvação do Senhor, Nosso Deus.

- Este abandono levava-Me a uma alegre experiência da presença do Meu Filho, que Eu notava de maneira muito forte, porque tinha chegado a hora do seu nascimento no tempo.

- O ir a Belém tornava-se, para Mim, apenas um doce e materno consentir ao seu divino desejo de começar a viver entre vós como Irmão.

- Eu falava com Ele num colóquio feito de silêncio e de escuta,

de contemplação e de amor,

de adoração e de espera.

- Deste modo, a Oração Incessante envolvia o longo percurso efetuado para chegar a gruta hospitaleira, e tornava-se ainda mais intensa, mais recolhida, até entreabrir o véu que Me impedia de entrar num êxtase profundo com o Céu, do qual saí com o Meu Divino Menino já nascido.

- Segui-Me pelo caminho de um sofrimento por Mim compreendido, acolhido e vivido, como humilde resposta a tudo aquilo que o Senhor Me pedia naqueles momentos.

- Um sofrimento interior, que Me era causado pelo desenrolar das circunstâncias, que se apresentavam como um pedido de uma materno colaboração para o seu desígnio de Amor.

- O ter de abandonar a casa de Nazaré, preparada com tanto cuidado;

o difícil caminho para Belém, no Meu estado de já completa maternidade;

a incerteza em relação ao que iriamos encontrar;

a recusa de nos hospedarem numa casa;

o miserável refúgio numa gruta gelada:

eram como muitos espinhos que transpassavam o Meu Coração de Mãe.

- Mas compreendia que este sofrimento Me era pedido pelo Pai para preparar o berço mais precioso para o Menino que estava para nascer.

- Agora peço também a vós, meus filhos prediletos, oração e sofrimento, como vossa colaboração pessoal para preparar uma digna morada para Jesus, que está para voltar na glória.

- Compreendei o significado das minhas maternas intervenções, que se tornaram hoje mais frequentes, extraordinárias e urgentes.

- Nesta Noite santa parece-vos mais clara a minha mensagem, que vos dou como Celeste Profetiza dos Últimos Tempos.

- Preparai-vos para o Segundo Natal de Jesus na Glória:

Ele está para vir reinar entre vós.

- Os caminhos pelos quais virá são os da oração e do sofrimento.

- Estes já são os tempos em que todos devem recolher-se numa Oração Contínua e confiante, tal como era a Minha, durante o longo caminho para Belém.

- O tempo dos projetos e das discussões já acabou.

- Para quem quer escutar e compreender, tudo já foi revelado.

- Os corações dos homens tornaram-se áridos pelo ódio e pelo pecado;

as nações e os povos rebelam-se contra o seu Deus e grandes trevas os envolvem;

a humanidade não quer abrir de par em par as portas a Cristo que vem.

- Abram-se, então, as pobres grutas dos vossos corações que, no meio da noite profunda, devem arder na luz duma fé inabalável, duma firme esperança e duma ardente caridade.

- Sofrei com paciência e confiança.

- Tal como aconteceu comigo, assim também para vós, os sofrimentos que o Senhor vos pede fazem parte de um seu amoroso desígnio.

- As dores devem aumentar para todos, a medida que se aproxima o seu nascimento.

- Acolhei-os tal como fez a Mãe Celeste.

- Caminhai na luz da Estrela, que vos indica que já chegou o Tempo em que se realizarão os anúncios proféticos que vos foram dados nestes anos; e vivei cada hora da vossa vida na maior confiança e na alegre espera do Glorioso retorno do meu Filho Jesus.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 24.12.84

Clique aqui e veja também:

Jesus abandonado

O Meu e o vosso sim

Medianeira de Graças

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”