segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Pelo caminho das bem-aventuranças

 

Pelo caminho das bem-aventuranças

- Contemplai-Me no momento em que apresento o Menino Jesus no Templo de Jerusalém.

- É tão pequenino, delicado, frágil: nasceu apenas há quarenta dias.

- Levo-o nos Meus braços; aperto-O com amor ao Meu Coração; contemplo, extasiada, os Seus Olhos, que Me olham e Me envolvem com a Sua Luz Divina.

- Assim, Eu mesma sou levada por Ele pelo Caminho das bem-aventuranças.

- Bem-aventurados os Pobres de Espírito.

- O Senhor, Deus Onipotente e Onisciente está totalmente presente, quase aniquilado sob o aspecto deste Meu pequeno Filho.

- Nasce, no meio de muita pobreza, numa gruta;

é deitado numa manjedoura;

vive os Seus primeiros dias de vida numa morada pobre e desprovida de tudo.

- Agora, conduzo-o ao Templo do Senhor, amparada pelo Meu Castíssimo Esposo José e oferecemos, em seu resgate, duas pequenas pombas, que é o preço estabelecido para os pobres.

- Bem-aventurados os Aflitos.

- Quando o Meu Menino Me é restituído pelo Sacerdote e colocado nos Meus braços, o velho Simeão, iluminado pelo Espírito do Senhor, revela a Minha alma que o Seu desígnio é, sobretudo, o desígnio de um Grande Sofrimento:

“Ele foi estabelecido para a ruína e a ressurreição de muitos em Israel e para ser Sinal de Contradição; para que sejam revelados os pensamentos de muitos corações.

E uma espada transpassará a Tua alma” Lucas 2,33

- Como Mãe, sou assim associada a Ele no Caminho da aflição.

- Bem-aventurados os Mansos.

- Contemplai neste Meu Menino o reflexo da Mansidão e da Bondade.

- As Suas Mãos abrem-se como carícia Divina sobre todo o Sofrimento humano;

os Seus Olhos fazem descer a Luz sobre toda a sombra de Pecado e de Mal;

os Seus Pés formam-se para percorrerem caminhos áridos e inseguros, para procurar os afastados, para encontrar os perdidos, socorrer os necessitados, curar os doentes, acolher os pecadores, dar a todos a Esperança e Salvação.

- O Seu Coração bate com palpitações de Amor Divino, para Formar os corações de todos na Mansidão e na Compaixão.

- Bem-aventurados os Misericordiosos.

- Vede no Menino que levo ao Templo da Sua Glória o Amor Misericordioso do Pai feito Homem.

- O Pai amou tanto o mundo que lhe deu o Seu Filho Unigênito, para que fosse salvo por meio Dele.

- Então, contemplai no frágil aspecto deste Menino a Vitima escolhida e preparada, que deverá ser imolada para vossa Salvação.

- É Ele que traz ao mundo o Amor Misericordioso do Pai.

- Ele é o Amor Misericordioso que renova os corações de todos.

- Bem-aventurados os Puros de Coração.

- Deus está presente no Meu Menino Jesus.

- O Seu Coração é um coração de um Deus.

- Assumiu de Mim a Natureza Humana, mas a Sua Pessoa é Divina.

- Assim, o Coração que bate Neste Menino é o próprio Coração de Deus.

Vede Deus no Filho que levo nos Meus braços maternos.

- Senti o bater do Coração de Deus no seu coração que bate e aprendei a amar.

- A Pureza do Coração nasce na Perfeição do Amor.

- Por isso só aquele que ama é que pode chegar a Pureza do Coração, e só quem é Puro de Coração é que pode ver Deus.

- Bem-aventurados os Pacíficos.

- Eis que vos é oferecido o Menino que é a própria Paz.

- O Seu Nome é Paz.

- A Sua Missão é levar a Paz entre Deus e a Humanidade.

- O Seu desígnio é Pacificar o mundo inteiro.

- Só Ele pode dar a Paz e tornar Pacifico o coração de todos, chamados a formar a Única Família dos Filhos de Deus.

- Se o Mundo O rejeita, jamais poderá conhecer a Paz.

- Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da Justiça.

- Vede neste Menino a Vítima chamada a percorrer o Caminho da Rejeição e da Perseguição.

- Quando Pequenino, tem que fugir para o exílio, porque Herodes o manda matar;

quando Jovem, vive numa pobre casa e é sujeito ao trabalho Humilde e pesado;

durante a Sua Missão Pública é contrastado, marginalizado e ameaçado, até ao ponto de ser capturado, julgado e condenado a morte.

- Ele é o perseguido e o ferido que leva todos a cura.

- Por isso, hoje, enquanto O levo nos Meus braços ao Templo da Sua Glória, olho para os Seus Olhos, dos quais transparece a Luz de uma Imensa Beatitude.

- Ele é a Única Bem-aventurança para vós.

- É Ele que vos indica o Caminho das Bem-aventuranças, que cada um deve percorrer para alcançar a Salvação e a Paz.

- É o Verbo Eterno do Pai que vos traça, sob o aspecto deste Pequeno Menino, o Caminho da Verdade e da Vida.

- É o Filho Unigênito em quem o Pai Se compraz, desde toda a eternidade.

- É o Filho da Virgem Mãe, que levo hoje ao Templo da Sua Glória e a todos vos repito:

Escutai-o

- Estas ainda na véspera de uma longa e cansativa viagem, que deves fazer por Mim a algumas Nações da América Latina, Meu Pequeno Filho.

- Não temas o programa tão pesado que te prepararam.

- Os Meus Anjos de Luz estão ao teu lado, a todo o momento e, na tua própria fraqueza, tornar-se-á mais manifesto o Poder da tua Mãe Celeste.

- Traz todos para o Refúgio do Meu Coração Imaculado, para que vos possa ajudar a percorrer o difícil Caminho das vossas bem-aventuranças.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 02.02.97

Clique aqui e veja também:

Sinal de Contradição

Montanha Santo

Vosso Equilíbrio Interior

O Grande Sinal no Céu

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário