Mostrando postagens com marcador Obediência. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Obediência. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de março de 2021

Sereis Sacerdotes fiéis

 

Sereis Sacerdotes fiéis

Quinta feira Santa:

- Filhos prediletos, estou particularmente junto de vós neste dia de Quinta feira Santa.

- É o vosso dia.

- É a vossa Páscoa.

- Jesus, tendo amado os Seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.

- Nascestes no Berço do Amor.

- O vosso Sacerdócio tem origem no Mistério de Amor Infinito do Coração Divino de Jesus.

- Também vós estáveis presentes, com os Apóstolos, no Cenáculo de Jerusalém.

- Estavam presentes todos os Bispos e Sacerdotes até o fim do mundo,

porque Este Lugar e Este Dia estão Acima do Tempo e da História.

- É o Dia do Novo Sacerdócio e do Novo Sacrifício,

que é, Oferecido em toda a parte da terra, pela Vida do Mundo.

- Entrai no Coração de Jesus, vosso Irmão;

entrai Comigo no Getsemani do Seu Amor e da Sua Dor,

deixai-vos mergulhar no Mar Infinito da Sua Caridade Divina,

e Sereis Sacerdotes Fiéis.

- Este é também o Dia da Traição:

“Em verdade, em verdade vos digo que um de vós Me trairá”

- Jesus comove-Se profundamente, o Seu Coração é transpassado por Profundas Feridas,

ao sentir-Se atraiçoado pelos Seus:

“...um de vós Me trairá”

- É também a Hora da Fraqueza Humana e do Abandono.

- Pedro renega Jesus três vezes;

os Apóstolos fogem por medo e Abandonam Jesus.

- Fica o Jovem João,

o Apóstolo que ama,

o Amigo fiel,

o Meu Primeiro Filho Predileto.

- E fica Comigo, Mão Dolorosa e Crucificada.

- Esta Sua Páscoa perpetua-se no Tempo;

este Mistério do Amor Divino e

da Falta de Correspondência Humana Renova-se todos os dias.

- Quantos participam hoje do Seu Sacerdócio,

fazem parte da Sua Herança e, no entanto,

O atraiçoam de tantos modos.

- Atraiçoam-No porque já não creem na Sua Divina Palavra;

a Falta de Fé se alastra;

a Apostasia se difunde cada vez mais na Igreja.

- Atraiçoam-No porque preferem antes as trinta moedas:

das comodidades e dos prazeres,

da Impureza e do Orgulho,

da procura do Bem-estar e da Auto afirmação do que a Ele.

- Quantos Judas atraiçoam hoje o Filho do Homem.

- Como são numerosos entre os Seus, aqueles que O renegam, repetindo as Palavras da Fraqueza Humana de Pedro:

“Não conheço esse Homem”

- Renegam-No pelo medo de não serem considerados e estimados pelo mundo em que vivem, pelo temor de serem considerados ultrapassados e desatualizados, de serem criticados e rejeitados.

- Bispos e Sacerdotes, Meus filhos prediletos, porque repetis hoje, em tão grande número, com a vida, o gesto cruel da traição de Judas e da Negação de Pedro?

- A Nova Paixão que se Renova para Jesus nesta Páscoa de 1992 é a Infidelidade de muitos Seus Sacerdotes.

- Como João, filhos prediletos, Ficai Comigo, vossa Mãe Dolorosa e Crucificada.

- Permaneçamos juntos, ao lado de Jesus no Getsemani;

sigamo-Lo com Amor e Piedade no Caminho Doloroso Rumo ao Calvário.

- Peço-vos:

que vos Consagreis ao Meu Coração Imaculado,

que entreis no Meu Celeste Jardim,

para que Eu vos possa Formar,

a fim de serdes hoje Sacerdotes Fiéis,

os Novos Joões que nunca, nem sequer por um instante, abandonam o Meu Filho Jesus.

- Assim, a vossa Mãe Celeste prepara para Jesus

que Revive esta noite de uma maneira imensamente maior,

a Dolorosa Agonia do Getsemani

o Cálice de Conforto que o Pai Lhe dá, e que Jesus bebe com Infinita Gratidão, ao sentir-Se ainda hoje tão amado pelos Seus Sacerdotes Fiéis.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 16.04.92

Clique aqui e veja também:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

As Famílias que se Consagraram a Mim

Quando o Filho do Homem voltar

Atraídos pelo Amor

Anúncio da Nova Era

Dia do Padre

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Mãe e Rainha do Brasil

Mãe e Rainha do Brasil

- Como estou contente, filhos prediletos, com este vosso Cenáculo de Oração e de Fraternidade, que fazeis com a vossa Mãe Celeste.

- Vós vos reunis em Oração:

assim, rezais juntos a Liturgia das Horas e o Santo Terço.

- A tarde, vos reunis todos ao redor de Jesus Eucarístico, exposto solenemente no Altar, para uma hora de Adoração e Reparação.

- Durante a Concelebração da Santa Missa, renovais sempre o vosso Ato de Consagração ao Meu Coração Imaculado.

- Vós vos reunis em Fraternidade:

tal como no Cenáculo de Jerusalém, assim também neste vosso Cenáculo, Eu vos ajudo a crescer no amor recíproco.

- Vós vos conheceis, vos compreendeis, partilhais as vossas dificuldades e problemas e vos ajudais, como muitos irmãos, a crescer no exercício de uma Caridade cada vez mais Perfeita.

- Assim, viveis o Mandamento Novo que Jesus vos deu, de vos amardes uns aos outros como Ele vos amou.

- Deste modo, por meio de vós, que Me respondestes, está se cumprindo o Desígnio do Meu Coração Imaculado também para esta vossa Pátria e para a Igreja que vive aqui no Brasil.

- Sou a Mãe e Rainha do Brasil.

- Tal como vos disse na Minha Mensagem anterior (Só no coração dos pequeninos 02.02.90), confirmo-vos que a Igreja corre aqui um Grande Perigo de se tornar vitima da Apostasia e da Perda da Verdadeira Fé.

- Os perigos que a ameaçam são a Contestação, a Divisão, as numerosas criticas públicas que se fazem contra o Papa João Paulo II e o Seu Magistério por parte de alguns Bispos, Sacerdotes Religiosos e Fiéis.

- Voltai todos ao Caminho de uma plena, dócil e obediente Unidade ao Papa, se quereis permanecer na Verdadeira Fé e na Fidelidade a Cristo e ao Seu Evangelho.

- O Materialismo e o Hedonismo ameaçam cada vez mais também a vossa Pátria (Brasil), e torna-se cada vez mais profunda a discrepância entre aqueles que gozam de muitos bens materiais e aqueles que estão privados até do necessário para viver.

- A vossa Pátria (Brasil) é ameaçada pela Chaga do Divórcio, do Aborto, do Recurso a todos os meios de impedir a vida, da Imoralidade, da Impureza que se difunde através dos Meios de Comunicação Social, especialmente da Televisão.

- Mas, tal como vos prometi, Eu intervim e intervenho todos os dias para levar a vossa Pátria (Brasil) e a vossa Igreja pelo Caminho da Unidade, da Salvação e da Paz.

- Sou a Mãe e Rainha do Brasil.

- Hoje manifesto-vos a Minha Satisfação Materna por terdes acolhido o convite que vos fiz de difundir por toda a parte os Cenáculos familiares como uma Grande Rede de Salvação.

- Vós respondestes ao Meu Pedido e Eu mantive a Minha Promessa.

- Agora, que entrais no último decênio deste século, em que se cumprirão os acontecimentos decisivos que vos levarão ao Triunfo do Meu Coração Imaculado, peço-vos que se difundam ainda mais os Cenáculos entre os Sacerdotes, entre os Fiéis e, sobretudo, os Cenáculos Familiares.

- Peço, em particular, que se formem em toda a parte os Cenáculos com as Crianças, como uma Cruzada de Oração Inocente, a fim de formar uma Grande Barreira contra a difusão do mal e do Pecado e permitir a Deus e a vossa Mãe Celeste obter a Vitória do bem e do amor.

- Voltai para as vossas casas na Paz e tornai-vos os Apóstolos deste Meu Movimento em todo o Brasil.

- Acompanho-vos com o Meu Amor Materno e vos abençoo, assegurando-vos que estarei sempre junto de cada um de vós.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 08.02.90

Clique aqui e veja também:

Grande Rede de Amor

Apóstolos dos Últimos Tempos

Coração dos pequeninos

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Deixa que seja Eu a agir

 

Deixa que seja Eu a agir

- Porque te inquietas?

- Porque te preocupas?

- Estar Consagrado a Mim significa deixar-se conduzir por Mim.

- Significa ter Confiança em Mim, como uma Criança que se deixa conduzir pela Mãe.

- Deves, portanto, habituar-se:

a um outro modo de pensar,

a um outro modo de agir.

- Não te compete a ti pensar o que é para o teu bem;

não faças projetos, nem construas o amanhã, porque, como vês, Eu atiro tudo pelos ares e tu depois ficas mal.

- Porque não queres confiar em Mim?

- Deixa que seja Eu a construir –momento a momento- o teu futuro.

- Quanto a ti, basta que digas precisamente como uma Criança:

“Mãe, confio em Ti, deixo-me conduzir por Ti.

Diz-me: o que devo fazer?”

- Deixa também que seja Eu a agir através de ti.

- Para isso, como é necessário morreres para ti mesmo.

- Por isso, é preciso que te habitues a sofrer, a não ser compreendido, a ser ignorado, a ser também um pouco espezinhado.

- Como isto te faz sofrer, não é verdade?

- Mas quando falares aos Sacerdotes acerca do Movimento, da Consagração:

de como devem se entregar totalmente a Mim,

de como devem confiar em Mim,

então eles poderão olhar para a tua pessoa e tu próprio serás para eles um bom exemplo.

- Não sofras demasiado, filho.

- Eu te amo, te amo muito.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 21.07.73

Clique aqui e veja também:

Livro de Nossa Senhora

Minhas Mensagens

Minha Propriedade

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho da Tua Serva"

sábado, 2 de janeiro de 2021

Sinal de contradição

 

Sinal de contradição

- Não vos perturbeis, Meus filhos, se não sois compreendidos por alguns, antes, se sois abertamente criticados e perseguidos.

- O Meu Coração permite isto para vos habituar a não por o vosso apoio em nenhuma criatura, mas só em Mim.

- Apoiai-vos sobre o Meu Coração Imaculado, filhos prediletos.

- Deixai-vos levar como o Menino Jesus Se deixava levar nos Meus braços a Casa do Pai.

- Jesus apresentava-Se no Templo, sobre este Meu Coração de Mãe, para ser oferecido ao Senhor.

- No momento em que Eu O entregava nas mãos do Sacerdote, o velho profeta Simeão revelava que a Mãe tinha sido escolhida por Deus para esta oferta:

“Será posto como sinal de contradição e uma espada transpassará a tua alma, Mãe”

- Também vós, pequenos filhos, consagrados ao Meu Coração Imaculado, sois hoje chamados a ser este sinal de contradição.

- Pela vossa vida, que será unicamente Evangelho vivido.

- Hoje, acredita-se cada vez menos no Evangelho do Meu Filho Jesus e até na Igreja alguns tentam interpretá-lo de maneira humana e simbólica.

- Vós vivereis a Letra o Evangelho: sereis pobres, simples, puros, pequeninos e totalmente abandonados ao Pai.

- Pela vossa palavra, que repetirá de maneira cada vez mais forte e clara a Verdade que o Meu Filho vos veio revelar.

- Vede quantos vossos irmãos Sacerdotes atraiçoam a Verdade, tentando adapta-la a mentalidade do mundo, impelidos pela falsa ilusão de serem melhor compreendidos, mais ouvidos e mais facilmente seguidos?

- Não há nenhuma ilusão mais perigosa do que esta.

- Anunciai sempre com fidelidade e clareza o Evangelho que viveis.

- O vosso falar seja “sim, sim; não, não”; o resto vem do maligno.

- Por isso, deixai-vos guiar e conduzir com docilidade pela Igreja.

- Vede agora como o Papa anuncia fortemente a Verdade e como a sua voz cai cada vez mais num deserto.

- O Meu Coração de Mãe é ainda transpassado por uma espada ao ver como o Santo Padre, este Meu primeiro filho predileto, é deixado cada vez mais sozinho, também pelos seus irmãos Sacerdotes.

- Sede vós, Sacerdotes Consagrados ao Meu Coração Imaculado, a voz que difunde no mundo inteiro tudo o que o Vigário do Meu Filho ainda hoje anuncia com firmeza para a salvação dos Meus pobres filhos perdidos. (Papa Paulo VI)

- Pelo vosso testemunho, que deverá ser Luz e exemplo para toda a Igreja.

- Foi determinado pelo Pai que o vosso testemunho seja cada vez mais doloroso.

- Repito-vos, filhos, que o caminho pelo qual vos conduzo é o da Cruz.

- Não temais se aumentarem as incompreensões, as criticas e as perseguições para convosco.

- É necessário que isto aconteça porque, tal como o Meu Filho Jesus, também vós sois hoje chamados a ser Sinal de Contradição.

- Sereis cada vez mais seguidos, mas também sereis cada vez mais rejeitados e perseguidos.

- Quando atacam a vossa pessoa ou o Meu Movimento, respondei com a Oração, com o Silêncio e com o Perdão.

- Em breve sereis chamados para a batalha em campo aberto quando forem atacados o Meu Filho Jesus, Eu própria, a Igreja e o Evangelho.

Só então, conduzidos pela Minha mão, saireis em campo aberto pra dar, finalmente, o vosso testemunho público.

- Por agora, continuai vivendo com simplicidade, entregando-vos todos aos cuidados deste Meu Coração Imaculado.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 02.02.76

Clique aqui e veja também:

Da prisão a flagelação de Jesus

A força do Evangelho

Apóstolos dos últimos tempos

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva"

domingo, 15 de novembro de 2020

Hora de uma nova agonia

 


Hora de uma nova agonia

Quinta feira Santa:

- Filhos prediletos, vivei estas horas no intimo do Meu Coração Imaculado, para que possais penetrar comigo na fornalha ardente do amor infinito e misericordioso do Meu Filho Jesus.

- Como esperou, na Sua vida, por este momento.

“Desejei ardentemente comer convosco esta Páscoa antes de padecer”

- É Quinta feira Santa.

- É o dia da Instituição da Eucaristia.

- Este Grande Sacramento permite-Lhe estar realmente presente no meio de vós,

renovar misticamente o Seu Sacrifício da nova e eterna Aliança e

dar-Se numa pessoal comunhão de vida convosco.

- É também dia da Instituição do Sacerdócio.

- Este perpetua-se através do seu mandato dado aos Apóstolos e aos seus sucessores no exercício do Sagrado Ministério:

“Fazei isto em memória de Mim”

- É o vosso dia Filhos Prediletos.

- A vossa Mãe Celeste olha para vós com particular e dolorosa preocupação quando vos reunis na Concelebração, ao redor dos vossos Bispos, para renovar os compromissos assumidos no dia da vossa Ordenação Sacerdotal.

- Quantos perigos vos rodeiam, quantos obstáculos vos arma o meu adversário, como são numerosas as seduções do mundo em que viveis e as dificuldades que pesam sobre o fiel exercício do vosso ministério.

- A Instituição da Eucaristia seguiu-se de imediato a sangrenta e terrível agonia no Getsemani, durante a qual Jesus foi deixado sozinho; no momento em que tinha maior necessidade de ajuda e de conforto, sentiu o amargo abandono dos seus, foi traído por Judas e renegado por Pedro.

- Como são numerosos, hoje em dia, entre os Meus prediletos, aqueles que fogem, que abandonam Jesus e a Igreja, seduzidos pelas fáceis atrações do mundo em que vivem.

- Quantos entre eles, O atraiçoam, levados pelo desejo de serem mais acolhidos e seguidos, de estar em maior sintonia com os gostos e as Ideologias do Vosso Tempo.

- Quantos repetem o gesto de Pedro, que renega o Mestre por covardia e por medo.

- Para muitos, é o medo de não parecerem atualizados e em linha com as exigências culturais da moda.

- Nesta Quinta feira Santa, deixai que a Mãe Celeste vos recolha no redil do Seu Coração Imaculado, para vos formar a ser cada vez mais fiéis a Jesus e ao Seu Evangelho.

- Sede humildes, fortes e corajosos.

- Não vos deixeis tomar nem pelo medo, nem pelo desânimo.

- A noite do erro, da Apostasia e da infidelidade já desceu sobre o mundo e a Igreja.

- O Corpo Místico de Cristo está vivendo a hora de uma nova e dolorosa agonia.

- É por isso que se repetem hoje, duma maneira muito maior, os mesmos gestos de então:

abandono,

renegação,

traição.

- Vós, pequenos filhos formados no Coração Imaculado da vossa Mãe Celeste, vigiai, como o Apóstolo João, na oração e na confiança, durante as horas dolorosas desta nova Quinta feira Santa.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 04.04.85

Clique aqui e veja também:

Eucaristia e o Sacerdote

Maria na Eucaristia

Faculdades da Alma e Jesus Eucarístico

 “Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Servo"

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Indisciplina

 


Indisciplina, segundo sinal

- Contemplai a vossa Mãe Celeste, ao apresentar-Se no Templo pra oferecer o seu Pequeno Menino.

- Ele é o Verbo do Pai feito Homem;

é o Filho de Deus, pelo qual o universo foi criado;

é o Messias esperado, para o qual foram orientadas as Profecias e a Lei.

-Todavia, desde o momento da sua concepção humana, Ele Se torna em tudo obediente a Vontade do Pai;

“Eu venho, ó Deus, para fazer a Tua Vontade”

- E Se sujeita, já desde o nascimento, a todas as prescrições da Lei:

após oito dias, a circuncisão,

passados quarenta dias, a sua Apresentação no tempo.

- Como qualquer outro primogênito, também o Meu pertence a Deus e é resgatado com o Sacrifício prescrito.

- Retorna das mãos do Sacerdote para os Meus braços, para poder ser novamente oferecido por Mim através da ferida do Meu Coração Imaculado, já transpassado por uma espada;

deste modo, dizemos juntos o nosso “sim” a Vontade do Pai.

- Filhos prediletos, quando vos chamo a vos tornar semelhantes ao Meu Menino Jesus na dócil e perfeita obediência a Vontade Divina.

- Hoje o Meu Coração é ferido novamente, ao ver quantos, entre os meus filhos prediletos, vivem sem docilidade a Vontade de Deus, porque não observam e, as vezes, desprezam abertamente as Leis próprias do Estado Sacerdotal.

- Assim, a Indisciplina se difunde na Igreja e faz vitimas até entre os seus próprios Pastores.

- Este é o segundo sinal que vos indica que chegou, para a Igreja, o Tempo conclusivo da Purificação:

a Indisciplina que se difundiu a todos os níveis, especialmente entre o clero.

- É Indisciplina a falta de docilidade interior a Vontade de Deus, que se manifesta na transgressão das obrigações próprias do vosso estado;

a obrigação da oração, do bom exemplo, de viver uma vida santa e apostólica.

- Quantos, entre os Sacerdotes, se deixam absorver por uma atividade desordenada e já não rezam mais!

- Descuidam habitualmente a Liturgia das Horas, a Meditação, a Reza do Santo Terço.

- Limitam a oração a uma apressada celebração da Santa Missa.

- Assim, estes meus pobres filhos tornam-se vazios interiormente e já não tem luz nem força para resistir as numerosas insidias no meio das quais vivem.

- Por isso são contaminados pelo espírito do mundo,

aceitam o seu modo de vida,

partilham dos seus valores,

participam nas suas manifestações profanas,

deixam-se condicionar pelos seus Meios de Propaganda, ficando, por fim, revestidos da sua própria mentalidade.

- Acabam por viver como ministros do mundo, segundo o seu espírito, o qual justificam e difundem, dando escândalo no meio de muitos fiéis.

- Daqui surge a difundida rebelião contra as normas canônicas que regulam a vida dos Sacerdotes e a recorrente contestação contra a obrigação do Sagrado Celibato, querido por Jesus por meio da Sua Igreja, e que vos foi reafirmado novamente com firmeza pelo Papa, nestes dias.

- É Indisciplina a facilidade com que se descuidam das normas estabelecidas pela Igreja para regular a vida Litúrgica e Eclesiástica.

- Hoje, cada um tende a regular-se segundo o seu próprio gosto ou arbítrio e com que escandalosa facilidade se violam as normas da Igreja, reafirmadas repetidamente pelo Santo Padre, como a obrigação dos Sacerdotes de vestirem o hábito eclesiástico.

- Infelizmente, por vezes, os primeiros a continuar a desobedecer a esta prescrição são precisamente os Pastores, e é por causa do seu mau exemplo que a Indisciplina se alastra em todos os setores da Igreja.

- Esta desordem, que se difunde na Igreja, indica-vos com clareza que chegou, para ela, o momento conclusivo da sua Purificação.

- Que deveis vós fazer, filhos prediletos da Mãe Celeste, Apóstolos de luz do Meu Coração Imaculado.

- Deixai-vos levar nos meus braços, como as minhas crianças mais pequeninas, e Eu vos tornarei perfeitamente dóceis a Vontade do Pai.

- Dareis assim, a todos o bom exemplo de uma perfeita obediência as Leis da Igreja e a Mãe Celeste poderá servir-Se de vós para repor a ordem na Sua Casa, a fim de que depois do sofrimento, resplandeça na Igreja o Triunfo do Meu Coração Imaculado.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 02.02.79

Clique aqui e veja também:

Confusão, primeiro sinal.

Divisão, terceiro sinal.

Perseguição, quarto sinal.

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Desígnio do Amor Misericordioso

 


Desígnio do Amor Misericordioso

- Filhos prediletos, estou ao vosso lado no inicio deste ano.

- Tende confiança no Meu Coração Imaculado.

- No Meu Coração está encerrado o desígnio do Amor Misericordioso do Meu Filho Jesus, que quer reconduzir o mundo ao Pai para a perfeita Glorificação de Deus.

- O mundo não está perdido, embora siga agora pelo caminho da perdição e da sua própria destruição.

- Através de uma prova que Eu já vos preanunciei várias vezes, no fim, será salvo com um Ato de Amor Misericordioso de Jesus, que vos confiou a ação da vossa Mãe celeste.

- Os pecados ainda cobrem a terra;

ódio e violência explodem por toda a parte;

os maiores crimes clamam, cada dia, por justiça diante de Deus.

- Estais começando um ano em que todos notarão, de modo especial, a poderosa mão de Deus, que se inclinará sobre o mundo para o socorrer com a força irresistível do Seu Amor Misericordioso.

- Por isso, meus filhos, aguardam-vos acontecimentos que vós não podeis imaginar.

- Mas há também as orações dos bons,

as dores dos inocentes,

os sofrimentos escondidos de muitos,

as lágrimas e as súplicas de numerosas vitimas espalhadas por toda a parte do mundo.

- Por meio delas, apressei os tempos da Minha extraordinária intervenção.

- A Igreja, minha Filha predileta, sai agora duma Grande Prova, porque a batalha entre Mim e o meu adversário atingiu também o seu vértice.

- Satanás tentou introduzir-se nela até ao ponto de ameaçar a pedra sobre a qual está fundada a Igreja, mas eu o impedi.

- Justamente no ponto em que satanás andava iludido com a vitória, depois de Deus ter acolhido o Sacrifício do Papa Paulo VI e de João Paulo I, obtive de Deus, para a Igreja, o Papa preparado e formado por Mim.

- Ele consagrou-se ao Meu Coração Imaculado e confiou-Me solenemente a Igreja, da qual sou Mãe e Rainha.

- Na pessoa e na obra do Santo Padre João Paulo II, reflito a minha Grande Luz, que se tornará tanto mais forte, quanto mais as trevas envolverem todas as coisas.

- Sacerdotes e fiéis consagrados ao Meu Coração Imaculado, filhos que reuni, de todas as partes do mundo, no Meu exército para a Grande Batalha que nos espera:

uni-vos todos ao redor do Papa e sereis revestidos com a minha própria força e pela minha luz maravilhosa.

- Amai-o, rezai por ele, escutai-o.

- Obedecei-lhe em tudo, mesmo em vestir o hábito eclesiástico, conforme o desejo do Meu Coração e a sua vontade, que já vos manifestou.

- Oferecei-Me a dor que sentis se fordes, por isso, as vezes escarnecidos pelos vossos próprios confrades.

- Segundo o Meu desígnio de amor, o Tempo da Purificação será abreviado também para a Igreja, que tem no Papa o seu guia seguro.

- Esta é, portanto, a vossa hora; a hora dos Apóstolos do Meu Coração Imaculado.

- Difundi com coragem o Evangelho de Jesus, defendei a Verdade, amai a Igreja;

ajudai todos a fugir do pecado e a viver na Graça e no Amor de Deus.

- Rezai, sofrei, reparai.

- Estais entrando no período conclusivo da Purificação, não meçais o tempo, porque este já está orientado segundo um desígnio de amor que em breve sereis chamados a ver em todo o seu esplendor.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 01.01.79

Clique aqui e veja também:

Vida simples

Maria, fôrma de Deus

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

quarta-feira, 15 de julho de 2020

Nossos Anjos da Guarda nos ajudarão / Padre Michel Rodrigue 14



Nossos Anjos da Guarda nos ajudarão / Padre Michel Rodrigue 14

De Deus Pai, 14 de maio de 2019:

- Meus queridos filhos,

- Quero lembrá-lo da razão pela qual lhe dei um anjo da guarda.

- Todo mundo tem um anjo santo desde o dia em que você foi criado no ventre de sua mãe até que você me seja apresentado para seu julgamento pessoal após sua morte.

- Eu lhe dei esse anjo santo, seu guardião, para protegê-lo, defendê-lo e guiá-lo:

para protegê-lo dos perigos desta vida e dos erros que podem levá-lo à morte;

para defendê-lo contra os maus espíritos das trevas que querem separar você de Mim por toda a eternidade;

para guiá-lo no caminho de observar os meus mandamentos da vida;

e orar com você e por você de uma maneira que sugerira a você o que é bom, o que é certo, o que é a verdadeira justiça e amor de Meu Filho, Jesus, moverá seu coração e sua vontade de segui-Lo.

- Minha tristeza é que você não pede ajuda ao seu anjo da guarda.

- Você não ora com ele; você ignora a proteção dele e a missão que lhe confiei!

- Agora é a sua porta, e apenas seu anjo da guarda o guiará no caminho de um refúgio, seu lugar seguro, o refúgio que eu preparei para você - um refúgio do Meu amor, que é do Coração de Jesus, Meu Amado filho.

- Orem ao seu anjo da guarda e a todas as almas no céu.

- Uma batalha aqui na Terra e no céu será aberta em breve neste período conturbado no final da tribulação.

- No final, o triunfo do Imaculado Coração de minha filha, Maria, será como ela prometeu a você!

Seu pai

 

Para continuar no próximo post do "retiro virtual" com o Padre Michel, clique aqui:

Nossa Senhora de Knock / Padre Michel Rodrigue 15




sábado, 23 de setembro de 2017

Coroação de Espinhos de Jesus


Coroação de Espinhos
- Quando os algozes ficaram fartos de bater, trançaram uma coroa de espinhos, enterram-na em Minha Cabeça e desfilaram diante de Mim dizendo:
  • Rei nós te saudamos!
- Uns Me insultavam, outros batiam-Me sobre a cabeça e cada um acrescentava nova dor aquelas que já esgotavam Meu Corpo.
- Contemplai-Me, almas que amo:
  • Condenado pelos tribunais,
  • Abandonado aos insultos e as profanações da multidão,
  • Entregue ao suplício da flagelação
E, como se tudo isso não bastasse para Me reduzir a mais humilhante condição,
  • Coroado de espinhos,
  • Coberto com um manto de purpura,
  • Saudado como um rei de escárnio,
  • Tido como louco.
- Sim Eu, que Sou o Filho de Deus, o Sustentáculo do Universo, quis passar, aos olhos dos homens como o último e o mais miserável de todos.
- Longe de fugir a humilhação, abracei-a , para expiar os pecados de orgulho e arrastar as almas com Meu exemplo.
- Consenti que Minha Cabeça fosse coroada de espinhos e que sofresse para reparar os pecados de tantas almas soberbas que recusam tudo que as rebaixe aos olhos das criaturas.
- Consenti que Me cobrissem os ombros com um manto de escárnio e Me tratassem como louco, a fim que muitas almas não desdenhassem seguir-Me numa trilha que o mundo julga vil e baixa e que lhes parece indigna de sua condição.

Seguir a Vontade de Deus
- Não, almas queridas, caminho algum, situação alguma é vil e humilhante quando se trata de seguir a Vontade de Deus.
- Vós que vos sentis interiormente atraídos a tal estado, não resistais e não procureis, com vãs e orgulhosas razões, fazer a Vontade Divina querendo seguir, ao mesmo tempo, a vossa própria vontade.
- Não julgueis encontrar paz e felicidade em condição mais ou menos brilhante aos olhos das criaturas.
- Não as encontrareis senão na submissão a Vontade de Deus e no inteiro cumprimento de tudo que vos pedir.

Honras humanas
- Há também no mundo muitas almas que procuram fixar aqui na terra seu futuro.
- Talvez uma ou outra sinta inclinação ou secreto atrativo por alguém em quem descobre muitas qualidades, honradez, fé, piedade, consciência profissional e compreensão das virtudes da família; -tudo que corresponde a seu desejo de amar.
- Mas de súbito o orgulho lhe invade o espírito.
- Sem dúvida o coração ficaria satisfeito desse lado, mas não a vã ambição de brilhar aos olhos do mundo.
- Então a alma se desvia para procurar alguém que melhor atraia em si a atenção das criaturas, fazendo-a parecer exteriormente mais rica e mais nobre.
- Ah, como esta alma está se tornando voluntariamente cega.
- Não achareis certamente a felicidade que buscais neste mundo e oxalá, depois de vos terdes metido em tão perigosa situação, a encontrareis no outro.

Almas que chamo
- E que dizer de tantas almas que chamo ao caminho da perfeição e do amor e que fazem como se não ouvissem a Minha Voz.

Almas dispostas
- Quantas ilusões naquelas que Me dizem estarem dispostas a fazer-Me a Vontade e unir-se a Mim e todavia enterram na Minha Cabeça os espinhos da coroa.

Almas Esposas
- As almas que desejo como Esposas, conheço-as até os mais íntimos refolhos do coração, e, amando-as como as amo, com infinita delicadeza, as atraio para onde as vejo, na Minha Sabedoria, que encontrarão os meios necessários para chegarem a santidade:
  • Ali lhes descobrirei o Meu Coração, ali elas Me darão mais amor e mais almas.
Almas cegas
- Mas, quantas resistências e decepções.
- Quantas almas cegas pelo orgulho e por necessidade exagerada de estima, e pelo desejo de satisfazerem a natureza com mesquinha ambição de se tornarem ‘alguém’, deixam-se invadir por vãos raciocínios e afinal recusam entrar no caminho traçado pelo Amor.

Atos de humildade e submissão
- Almas que Eu escolhera, credes, porventura que, seguindo vosso gosto, dar-Me-eis a glória que de vós esperava?
- Credes fazer Minha Vontade, resistindo a Minha Graça que vos chama a esse Caminho que vosso orgulho repele?
- Ah, desejaria que multiplicasses HOJE atos de humildade e de submissão a Vontade Divina, para obter que muitas almas se deixem guiar na senda que Eu lhes preparo com tanto amor.

É preciso que se cumpram as Escrituras
- Coroado de espinhos e coberto com o manto de purpura, os soldados Me conduziam a Pilatos, acabrunhando-Me a cada passo, com gritos, insultos e escárnios.
- Não achando em Mim nenhum crime digno de castigo, Pilatos Me interrogou novamente e perguntou-Me porque não lhe respondia, sabendo que tinha o poder sobre Mim.
- Então saindo de Meu Silêncio, disse-lhe:
“Não terias poder algum se não te fosse dado do Alto,
mas é preciso que se cumpram as Escrituras”
e fechando novamente os lábios, abandonei-Me.
- Pilatos perturbado com o aviso de sua mulher e perplexo entre os remorsos da consciência e o temor de ver o povaréu amotinado revoltar-se contra ele se recusasse a Minha morte; apresentou-Me a multidão no estado lamentável a que Me haviam reduzido e propôs dar-Me liberdade e condenar em Meu lugar Barrabás, que era um ladrão de fama.
- Mas a multidão vociferou em côro:
“Morra Ele, queremos que Ele morra e Barrabás seja libertado”
- Ó vós que Me amais, vede como Me compararam a um ladrão ou como Me puseram abaixo do mais perverso malfeitor; ouvi os gritos de ódio que vociferam contra Mim, pedindo a Minha Morte.
- Longe de evitar tamanha afronta, ao contrário, abracei-a por amor as almas e por vosso amor.
- Quis mostrar-vos que este Amor não Me conduzia somente a morte:
  • mas ao desprezo,
  • a ignominia,
  • ao ódio daqueles por quem Meu Sangue ia ser derramado em profusão.
- Trataram-Me de perturbador, insensato e louco; aceitei tudo com a maior doçura e a mais profunda humildade.

Experiência da dor
- Não creias, porém, que deixei de sentir então repugnância e dor.
- Pelo contrário, quis que a Minha natureza humana experimentasse todas as que vós mesmos experimentais, a fim de que Meu exemplo vos fortificasse em todas as circunstancias de vossa vida.
- Também, quando soou para Mim aquela hora dolorosíssima que Eu poderia tão facilmente evitar, abracei-a amorosamente para cumprir:
  • A Vontade do Pai
  • Reparar Sua Glória
  • Expiar os pecados do mundo e
  • Comprar a Salvação de muitas almas.
Almas orgulhosas
- Aquelas almas chamadas ao estado de perfeição e que, muitas vezes, entretanto discutem com a Voz da Minha Graça e assim lhe respondem:
  • Como me resignar a viver nesta contínua obscuridade?
  • Minha família, meus amigos julgar-me-ão ridículo, pois tenho capacidade, e seria mais útil em outra parte, etc...
- A essas almas vou responder:
  • Quando tive que nascer de pais nobres e ignorantes, longe de minha terra e de minha casa, num estábulo durante a mais fria e mais escura noite, recusei? Vacilei?
Minha missão humana
- Durante trinta anos conheci os rudes trabalhos da vida operária.
- Sofri com Meu Pai São José, os desprezos daqueles para quem trabalhava.
- Não achei indigno de Mim ajudar Minha Mãe no cuidado da pobre casa; e entretanto não tinha Eu mais talento do que o necessário para desempenhar o modesto ofício de carpinteiro?
- Eu que já aos doze anos de idade instruíra os doutores no templo?
- Era, porém, aquela Vontade de Meu Pai Celeste, e era assim que mais glória Lhe podia dar.
- Desde o começo de Minha Vida pública podia ter-Me dado a conhecer por Messias e Filho de Deus para dominar as multidões e torna-las atentas a Meus ensinamentos.
- Não o fiz porque Meu único desejo era cumprir em tudo a Vontade de Meu Pai.

Repugnâncias da natureza
- E quando chegou a hora da Minha Paixão:
  • no meio da crueldade de uns e das afrontas de outros,
  • do abandono dos Meus,
  • da ingratidão do povo,
  • no meio do indizível martírio do Meu Corpo e das vivíssimas repugnâncias de Minha natureza humana,
foi com mais Amor ainda que Meu Coração abraçou aquela Santa Vontade.
- E sabei, Almas escolhidas:
  • que quando dominardes as repugnâncias naturais,
  • a oposição de vossas famílias,
  • os juízos do mundo,
  • quando vos entregardes generosamente a Vontade de Deus,
então chegará a hora em que, estreitamente unida ao Esposo Divino, gozareis das mais inefáveis doçuras.
- O que digo as almas que sentem repugnâncias pela vida humilde e escondida, repito-o também aquelas que, inversamente, são chamadas a prodigalizar sua vida a serviço do mundo, quando seus atrativos as levariam para a solidão e obscuridade.

Verdadeira felicidade
- Compreendei, almas queridas:
  • viver conhecidas ou desconhecidas dos homens,
  • utilizar ou não os talentos recebidos,
  • ser pouco ou muito estimada,
  • gozar ou não de saúde,
nada disso constitui, por si mesmo, vossa felicidade.
- Conheceis a única coisa que vo-la garantirá?
  • Fazer a Vontade de Deus,
  • Abraça-la com amor,
  • Unir-vos e conformar-vos com tudo que ela exija para sua Glória e para santificação vossa.
- Ama e abraça alegremente a Minha Vontade, pois bem sabes que em tudo foi traçada pelo Amor.

Eu preciso desta graça
- Na mesma tarde Josefa, confessa humildemente que essa recomendação do Mestre não fora inútil.
- Ele quer que ela obtenha, com sua própria vitória sobre as repugnâncias da natureza, graça semelhante para muitas almas que dela precisam.
- Grande lição que retiramos da seguinte confidência feita pela sua humildade:
“Sinto em mim, de novo,
contra este gênero de vida tão extraordinário,
uma espécie de revolta que me tira a paz,
porque eu queria tanto trabalhar”
- Nosso Senhor, porém, não faz caso dessa repulsa que não pode entravar nem a Sua Vontade nem a de Josefa, e logo na manhã seguinte, sábado da Paixão, 24 de março de 1923, Ele continua...

Sofrimento do Meu Coração
- Ocupemo-nos da Minha Paixão.
- Medita por um momento no sofrimento de Meu Coração terníssimo e delicado, quando se viu posto abaixo de Barrabás.
- Vendo-Me assim desprezado, fui traspassado no mais íntimo da alma pelos gritos da multidão que reclamava a Minha Morte.
- Como recordei então:
·         as ternuras de Minha Mãe quando Me estreitava ao Coração,
·         os cansaços e cuidados que Meu Pai adotivo suportara por Meu Amor.
·         Como repassava os benefícios tão prodigamente derramados sobre esse povo:
o   A vista aos cegos,
o   A saúde aos enfermos,
o    As multidões alimentadas no deserto,
o   Os próprios mortos ressuscitados.
- E agora, contemplai-Me reduzido ao estado mais desprezível, objeto mais que qualquer outro do ódio dos homens e condenado como um ladrão infame.
- A multidão pede a Minha Morte e Pilatos pronunciou a sentença.
- Almas que amo, considerai atentamente o sofrimento de Meu Coração.

Escola do Amor
- Depois de Me ter traído no Horto das Oliveiras, Judas andou errante e fugitivo sem poder abafar os gritos de sua consciência que o acusava do mais horrível sacrilégio.
- Quando lhe chegou aos ouvidos a sentença de morte pronunciada contra Mim, caiu no mais terrível desespero e se enforcou.
- Quem poderá compreender a dor intensa e profunda de Meu Coração quando vi precipitar-se, na eterna perdição, aquela alma que tinha passado tantos dias na Escola de Meu Amor?
- Que tinha recolhido Lições, e tantas vezes ouvido cair de Meus Lábios perdão para os maiores pecados?
- Ah, Judas, por que não vens atirar-te a Meus Pés a fim de que Eu te perdoe também?
- Se não ousas aproximar-te de Mim, por medo dos que Me cercam com tanto ódio, ao menos olha para Mim e logo encontrarás Meus Olhos fixos em ti.

Hoje, é o dia da Salvação (IICor 6,2)
- Vós, que estais mergulhados no mal e que há mais ou menos tempo viveis errantes e fugitivos por causa de vossos crimes:
  • Se os pecados de que sois culpados vos endureceram e cegaram o coração,
  • Se para satisfazerdes as vossas paixões, caistes nos piores escândalos.
- Ah, quando vossa alma reconhecer o seu estado, e os motivos ou os cumplices de vossas faltas vos abandonarem, não deixeis que de vós se apodere o desespero.
Enquanto o homem tiver um sopro de vida,
poderá ainda recorrer a Misericórdia e implorar perdão.
- Se sois jovens e já as desordens de vossa mocidade vos deixaram em estado de degradação aos olhos do mundo, não temais.
- Mesmo que o mundo vos trate de criminoso, vos despreze e vos abandone, Vosso Deus não consentirá que vossa alma seja presa do inferno.
- Pelo contrário, deseja, e com ardor, que dele vos aproximais para vos perdoar.
- Se não ousais falar-Lhe, dirigi para Ele vossos olhares e os suspiros do vosso coração e em breve vereis que Sua Mão Bondosa e Paternal vos conduz a Fonte do Perdão e da Vida.
- Se, passastes, voluntariamente a maior parte da vida na impiedade ou na indiferença e, de repente, ao se aproximar a eternidade, o desespero tente vos vendar os olhos... ah, não vos deixeis enganar, é ainda tempo de perdão.
- Mesmo se não vos resta senão um segundo de vida, neste segundo podeis comprar a eternidade.
- Se vossa existência mais ou menos longa se escoou na ignorância e no erro, se fostes causa de grandes males para os homens, a sociedade e mesmo para a religião e se por qualquer circunstância vindes a reconhecer que vos enganastes, não vos deixeis acabrunhar pelo peso de vossas faltas e do mal de que fostes instrumento.
- Mas vossa alma, penetrada do mais vivo arrependimento se lance num abismo de confiança e corra Aquele que vos espera sempre para perdoar todos os erros de vossa vida.

Alma acomodada
- Falarei também para aquela alma que viveu primeiro na fiel observância da Minha Lei, mas que se foi esfriando pouco a pouco até a tibieza de uma existência cômoda.
- Ela esqueceu a própria alma, pode-se dizer e também suas elevadas aspirações.
- Deus pedia-Lhe mais esforços, mas os defeitos habituais cegaram-na e caiu nos gelos da tibieza, piores que os do pecado, pois a consciência, surda e adormecida, não sente mais remorsos e não ouve mais a Voz de Deus.
- Venha uma forte sacudidela que a desperte subitamente:
  • Sua vida lhe parece então inútil e vazia para a eternidade.
  • Perdera inúmeras graças, e o demônio, que não quer largar a presa, explora-lhe a angustia, mergulha-a no desânimo, na tristeza, no abatimento, e pouco a pouco, submerge-a no temor e no desespero.
- Almas que amo, não deis ouvidos a esse cruel inimigo.
- Vinde depressa atirar-vos a Meus Pés e penetradas de viva dor, implorai Minha Misericórdia e não temais. Perdoo-vos.
- Começai novamente vossa vida de fervor, recuperareis os méritos perdidos e Minha Graça não vos faltará.

Alma escolhida
- Será preciso, enfim, dirigir-Me as Minhas escolhidas?
- Haverá alguma que tenha passado longo anos na prática constante da Regra e dos deveres religiosos?
- Sim, uma alma que Eu favorecera com Minhas Graças e instruíra com Meus conselhos, uma alma, por longo tempo fiel a Voz da Graça, as inspirações Divinas.
- Eis que:
  • por uma pequena paixão,
  • uma ocasião não evitada,
  • uma satisfação concedida a natureza,
  • um relaxamento no esforço necessário.
- Esfriou pouco a pouco, caiu numa vida ordinária, vulgar e finalmente tíbia.
- Ah, se por uma ou outra causa, saís um dia de vosso sono, sabei que no mesmo instante o demônio, com inveja de vosso bem:
  • Vos assaltará de mil maneiras,
  • Tentará persuadir-vos que é tarde demais e que tudo é inútil,
  • Encher-vos-á de temor e repugnância para descobrir o estado de vossa alma,
  • Apertar-vos-á a garganta para vos impedir de falar e de vos abrirdes a Luz,
  • Trabalhará para abafar em vós a confiança e a paz.
Jesus escondido (Marcos 16,12)
- Escutai primeiro a Minha Voz, dizendo-vos o que deveis fazer:
  • Desde que a Graça vos tocar e antes que a luta se trave, correi a Meu Coração...
  • Pedi-Lhe que derrame sobre vós uma gota de Seu Sangue.
- Sim, vinde a Mim.
- Sabeis que estou sempre nos braços paternais de vossos Superiores, sejam quem forem.
- Ali estou, escondido, sob o véu da fé; levantai aquele véu e dizei-Me com inteira confiança vosso sofrimento, vossas misérias, vossas quedas.
- Recebei a Minha Palavra com respeito e nada temais pelo passado; Meu Coração submergiu-o no abismo de graças.
- A lembrança de vossa vida passada não será então motivo para vos humilhardes e aumentardes vossos méritos e, se quereis dar-Me maior prova de amor, contai com o Meu Perdão e crede que vossos pecados nunca conseguirão ultrapassar Minha Misericórdia que é infinita.

- Josefa, fica escondida no abismo de Meu Amor e reza para que as almas se deixem penetrar dos mesmos sentimentos. 
22 a 25.março.1923 (410-422)
“Apelo ao Amor” A mensagem do Coração de Jesus ao Mundo e Sua Mensageira Irmã Josefa Menéndez da Sociedade do Sagrado Coração.

Veja também: