quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Sou a Aurora que surge

 

Sou a Aurora que surge

Dongo | Itália.

Festa da Mãe de Deus.

- Eu Sou a Mãe de Deus.

- O Verbo depôs-Se no Meu Seio Virginal,

depois de ter pronunciado,

com muito Amor e Alegria,

o Meu “Sim” a Vontade do Pai.

Mãe de Deus

- Naquele momento,

o Espírito Santo envolveu-Me

no Seu Amor Esponsal

e tornou-Me o Berço Precioso

para a Encarnação do Verbo.

- O Meu Seio Virginal abriu-se

para receber este Dom de Deus.

- O Meu Coração Imaculado abriu-se

ao Amor Materno

para o Fruto do Meu Puríssimo Seio.

- Assim tornei-Me verdadeira Mãe de Deus.

Mãe de toda a Humanidade

- Mas Eu Sou também Mãe de toda a Humanidade.

- Jesus quis dar a Sua Mãe

a Humanidade Redimida

pelo Seu Imenso e Sangrento Sofrimento.

- Ainda hoje recordo a cena do Seu Inefável Dom de Amor:

na Cruz,

onde foi pregado como Vitima Imolada,

Jesus está para viver os últimos instantes

da Sua Horrível Agonia.

- O Seu Coração,

que começou a Bater no Meu Seio Virginal,

está agora prestes a parar no Silêncio da morte,

quando sente um Amor Incomensurável por cada um de vós

e não quer que nenhum dos Seus Irmãos,

por Ele Redimidos com tanta dor,

seja abandonado.

- Então,

num ímpeto de extrema doação,

abre-Se ao Seu último gesto:

“Eis a tua Mãe”

- Foi assim que Me tornei a Mãe de todos.

- Hoje quero cobrir o mundo inteiro com

o Manto Imaculado da Minha Maternidade Virginal.

- Entrais num período em que se cumprem

os acontecimentos que vos foram preditos.

- Entrais no Tempo do Castigo e da Salvação,

do Sofrimento e da Grande Misericórdia.

- Neste ano,

já se cumprirão alguns importantes acontecimentos.

- Quantos sofrimentos

e quantas dores vejo nos vossos caminhos,

no início deste novo ano.

- Correspondei,

então,

ao Convite do Meu Papa João Paulo II,

que quer confiar a Igreja e toda a Humanidade

ao Amor Materno do Meu Coração Imaculado.

- Estes são os Meus Tempos.

- Agora deve ser reconhecida por toda a Igreja

a Missão que Me foi confiada pela Santíssima Trindade.

- Durante este ano começais um Jubileu Extraordinário

em honra da vossa Mãe Celeste,

enquanto o Meu Papa se prepara

para difundir na Igreja uma Carta Encíclica

sobre o lugar que o Senhor Me deu e

sobre a importante Missão que Me foi confiada Nestes Tempos.

- Isto provocará uma reação ainda mais forte

da parte do Meu Adversário,

que já sente estar próximo o fim do Seu Domínio Universal.

- Por isso vos Convido

a começar o Novo Ano Comigo.

- Rezai,

Amai,

Reparai.

- Eu Sou a Mãe Celeste

que vos conduz ao vosso Deus

e vos leva a paz.

- Eu Sou a Rainha da Paz

e o Arco-íris da Nova Aliança.

- Eu Sou a Aurora que surge

para anunciar o Grande Dia do Senhor.

- Nestes anos,

A Igreja e a Humanidade inteira ficarão estupefatas

perante o Grande Evento de Graça e de Salvação

que o Coração Imaculado da vossa Mãe Celeste vos trará.

- Com o Meu Papa,

com todos os Meus prediletos

e filhos a Mim Consagrados,

vos abençoo

em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano | Padre Stefano Gobbi | 01.01.1987

Clique aqui e veja também:

Sob o Meu Manto Imaculado

Sou a Mãe e Rainha do Brasil

Olha para o coração

(Vou escolhendo como Meus instrumentos preferidos 

aqueles de que ninguém nota,

e que sabem: calar, rezar, sofrer e amar.)

Os Meus Tempos chegaram

Carta Encíclica Redemptoris Mater

(25.03.87 Carta Encíclica Redemptoris Mater do Sumo Pontífice João Paulo II

sobre a Bem-aventurada Virgem maria na vida da Igreja que está a caminho)

Rezai e Reparai

Arca da Nova Aliança

Eu Sou a Aurora

 

- Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo,

adoro-vos profundamente e ofereço-Vos

o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade

de Nosso Senhor Jesus Cristo,

presente em todos os Sacrários da terra,

em Reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças

com que Ele mesmo é ofendido.

- E pelos méritos infinitos

do Seu Santíssimo Coração e

do Coração Imaculado de Maria,

peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.

- Meu Deus!

- Eu creio, adoro, espero e amo-Vos!

- Peço-Vos perdão por aqueles que

não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Oração do Anjo aos Três Pastorzinhos em Fátima.

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário