quinta-feira, 15 de julho de 2021

Dareis a Paz do coração

 

Dareis a Paz do coração

Festa da Assunção de Maria ao Céu:

- Olhai para a vossa Mãe Celeste elevada a Gloria do Paraíso também com o Corpo.

- Hoje faço descer uma Chuva de Graças sobre todos vós, Meus filhos.

- A Luz do Meu Corpo Glorioso

ilumina-vos e indica-vos o Caminho que deveis seguir.

- É o Caminho 

da Pureza, do Amor, da Oração, do Sofrimento, da Santidade.

- É o Caminho 

de uma vida intimamente unida a Jesus.

- Assim, também, vós, embora vivendo ainda sobre esta terra,

podereis ser iluminados e envolvidos pela Luz que resplandece aqui no Paraíso.

- A Luz do Meu Corpo Glorioso

resplandece para vós de maneira cada vez mais forte,

especialmente Nestes Tempos tão difíceis e dolorosos,

para vos consolar e encorajar em todas as vossas dificuldades cotidianas.

- Hoje sois chamados a viver as Horas Sangrentas da Purificação,

porque os Grandes Acontecimentos que Eu vos predisse Nestes Anos já chegaram.

- Tendes, então, necessidade da Minha Consolação Materna para não desanimar.

- Olhai para o Paraíso,

para onde a vossa Mãe Celeste foi elevada em Corpo e Alma

e sereis Consolados por Mim.

- Vivei com o coração e a alma no Paraíso,

onde Jesus já preparou um lugar para cada um de vós 

e nada perturbará a vossa Paz.

- A Luz do Meu Corpo Glorioso

vos atrai para a onda do Meu Suavíssimo Perfume.

- É o Perfume de todas as Virtudes 

que adornaram o Jardim da Minha Existência Terrena;

é o Aroma Celeste de toda a Minha Beleza Imaculada.

- Hoje quero derramar sobre todos vós o Suave Perfume:

da Pureza,

da Humildade,

da Simplicidade,

do Silêncio,

da Oração,

da Docilidade,

da Obediência,

da Contemplação.

- Então também vós difundireis o Perfume de Céu da vossa Mãe Imaculada.

- Assim, dareis a todos a Paz do Coração e tornar-vos-eis, hoje, 

instrumentos da Minha Paz.

- Porque vós sois os filhos prediletos da vossa Mãe,

elevada a Glória do Céu e que deseja ser invocada, 

Nestes Tempos,

por todos como Rainha da Paz.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 15.08.86

Clique aqui e veja também:

Dois Exércitos

O Cálice do conforto

Oferecidos a Glória de Deus

Espera do Seu Glorioso Retorno

Oração:

- Se vos peço Amor, não o recuseis:

é tão fácil amar Aquele que é o próprio Amor.

- Se exijo alguma coisa que custe a vossa natureza,

dou-vos ao mesmo tempo a graça e a força necessária para vos vencerdes.

- Deixai-Me pois, entrar em vossa alma e,

se nada tendes que seja digno de Mim,

dizei com humildade e confiança:

Senhor, conheceis as flores e os frutos de meu jardim.

Vinde e dizei-me o que devo fazer para que desde já cresça a flor que desejais.

- A alma que assim Me falar com verdadeiro desejo de Me dar provas de seu amor,

Eu responderei:

- Alma caríssima,

se queres que teu jardim produza a flor de que gosto:

Deixa que Eu próprio o cultive,

deixa-Me lavrar essa terra,

deixa-Me arrancar as raízes que Me estorvam e que tu não tens coragem para tirar.

- Se te peço sacrificares:

teus gostos ou teu caráter,

tal ato de caridade, de paciência ou de abnegação,

tal prova de zelo, de obediência ou de mortificação,

isso é o adubo que fertilizará o solo, permitindo-lhe produzir flores e frutos.

- A vitória que alcançares sobre ti mesma:

dará luz a um pecador.

- Um aborrecimento suportado com alegria:

cicatrizará as feridas que ele Me causou, reparará sua ofensa e expiará sua falta.

- Uma observação aceita com paz e até com alegria:

obterá para as almas, cegas pelo orgulho, a graça de deixarem penetrar luz em si e de pedirem humildemente perdão.

- Farei isto em tua alma se nela me deixares em liberdade.

- Então, nela crescerão flores, rapidamente, e serás o consolo de Meu Coração.

- Estou a busca de consolo e quero encontra-lo em Minhas Almas Escolhidas.

 “Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário