domingo, 22 de novembro de 2020

Oráculo do Senhor

 

Oráculo do Senhor

- Filhos prediletos, hoje participais da grande alegria da Igreja Celeste e Terrena, que, unida aos Coros das Hierarquias Angélicas, se prostra em Ato de Profunda Adoração a Jesus Cristo, Rei do Universo.

- Jesus Cristo é Rei, porque é o Verbo Eterno, o Filho Unigênito do Pai, a Imagem da Sua Substância, o Esplendor da Sua Glória.

- Por meio Dele tudo foi criado e, portanto, todas as coisas que existem fora de Deus, estão sujeitas ao Seu Domínio Régio e Universal.

“Oráculo do Senhor ao Meu Senhor:

Senta-te a Minha direita, até que Eu ponha teus inimigos como escabelo de teus pés.

O Senhor estenderá de Sião o cetro do teu poder e tu dominarás no meio dos teus inimigos.

A ti, o principado no dia do teu poder, entre os santos esplendores;

Do seio da aurora, como orvalho, Eu te gerei.” Salmo 109

- Jesus Cristo é Rei, também por causa da Sua Conquista.

- De fato, no momento da Encarnação, o Verbo Assume na Sua Pessoa Divina a Natureza Humana e, nesta União Hipostática, a Humanidade é elevada a uma Comunhão Pessoal com a Própria Divindade.

- Com a Obra da Redenção consumada no Calvário, Jesus liberta o Universo criado da escravidão de Satanás, ao qual tinha ficado submetido por causa do pecado cometido pelo primeiro homem, pagando Ele mesmo, na Cruz, o preço devido a Justiça Divina.

- Assim, todo o Universo, Redimido do maligno e Reconduzido a uma Plena Comunhão de Vida com o Pai Celeste, pertence ao Domínio Régio de Cristo e participa do Seu Próprio Desígnio de Vencedor do pecado e da morte, de Filho de Deus e de Cidadão da Jerusalém Celeste.

“Eu Sou o Primeiro e o Último, o que vive.

Estive morto, mas agora vivo para sempre.

E tenho as chaves da morte e da morada dos mortos. (Ap 1,18)

Ao vencedor, ao que praticar até o fim as Minhas obras, darei poder sobre as nações:

há de regê-las com cetro de ferro e quebra-las, como se quebram vasos de barro,

conforme o poder que recebi de Meu Pai.

E lhe darei a Estrela da manhã. (Ap 2, 26-28)

Não apagarei o seu nome do livro da vida,

mas reconhecê-lo-ei diante de Meu Pai e dos Seus Anjos. (Ap 3, 5)

“Farei dele uma coluna no templo do Meu Deus e jamais sairá dele;

escreverei sobre ele o Nome do Meu Deus e o nome da Cidade Santa,

a Nova Jerusalém, que desce do Céu de junto de Meu Deus,

e também o Meu Nome Novo.” (Ap 3, 12)

- Jesus Cristo é Rei, porque faz parte da Sua Missão Divina Reconduzir o Universo criado a Perfeita Glorificação do Pai, Purificando-o com o Fogo Abrasador do Espírito Santo, de modo que seja completamente libertado de todo o espírito do mal, de toda a sombra de pecado e possa, assim, abrir-se ao encanto de um Novo Paraíso terrestre. (Iluminação da Consciência)

- Então o Pai será Glorificado e o Seu Nome será Santificado por toda a Criação.

- Será nesta Criação, Renovada por uma Perfeita Comunhão de Vida com o Pai, que Jesus Cristo instaurará o Seu Reino de Glória, a fim de que a Obra da Sua Divina Redenção possa ter o seu Perfeito Cumprimento.

- O Espírito Santo abrirá os corações e as mentes, a fim de que todos possam cumprir a Vontade do Pai e do Filho, de modo que a Vontade Divina seja realizada perfeitamente também na terra, tal como no Céu. (Iluminação da Consciência)

- Para chegar a estes Novos Céus e a esta Nova Terra, é preciso passar pela Prova Dolorosa e Sangrenta da Purificação, da Grande Tribulação e do Castigo.

Meus prediletos e filhos Consagrados ao Meu Coração Imaculado, escutai as Palavras da vossa Mãe Celeste, que docemente vos prepara e vos leva a viver estes acontecimentos, porque já chegaram os Tempos que vos foram preditos pelo Profeta Zacarias:

“Oráculo do Senhor:

Ferirei o pastor e o rebanho se dispersará;

então voltarei a Minha mão para os fracos.

“Oráculo do Senhor:

Em toda a terra, dois terços serão exterminados e perecerão,

e um terço será poupado.

Farei passar este terço pelo fogo;

purificá-lo-ei como se purifica a prata

prová-lo-ei como se prova o ouro.

Ele invocará o Meu Nome e Eu o ouvirei; e direi:

‘Este é o Meu povo’

E ele dirá:

‘O Senhor é o Meu Deus’”

(Zacarias 13, 7-9)

- Neste dia, em que celebrais a Solenidade Litúrgica de Jesus Cristo, Rei do Universo, convido-vos a prestar-Lhe a vossa homenagem de uma Fé Heroica, de uma Segura Esperança e de uma Ardente Caridade, esperando pelo Seu Glorioso Retorno, que vos conduzirá a vossa já próxima libertação.

- Pois, como atesta a Sagrada Escritura:

“Jesus Cristo é a Testemunha Fiel,

o Primogênito dos mortos,

o Chefe dos reis da terra.

Jesus Cristo ama-nos e libertou-nos dos nossos pecados com o Sacrifício da Sua vida.

Ele nos fez reinar com Ele, como Sacerdotes ao Serviço de Deus, Seu Pai.

A Ele a Glória e o Poder para sempre. Amém.

Atenção!

Jesus Cristo virá por entre as nuvens e todos O verão,

mesmo aqueles que O mataram;

os povos da terra ficarão transtornados.

Sim! Amém!

Eu Sou o Primeiro e o Último, diz o Senhor Deus,

o Senhor que é, que era e que vem,

o Dominador de todo o Universo” (Ap 1, 5-8)

- Com a alegria de uma Mãe que Se vê cada vez mais ouvida e seguida pelas suas pequenas crianças, pelo caminho traçado por Mim, como Profetiza destes Últimos Tempos em que viveis, e com o Meu Filho Jesus Cristo, hoje adorado no esplendor da Sua Divina Realeza, abençoo-vos em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 22.11.92

Clique aqui e veja também:

Cristo, ama-lo pela Sua Paixão

Amor de Cristo

Tudo já foi revelado

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário