segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Na hora da vossa morte

 


Na hora da vossa morte

- Filhos prediletos, hoje vos recolheis em oração, recordando os vossos irmãos que vos precederam com o sinal da fé e dormem agora o sono da paz.

- Como é grande o número dos Meus prediletos e dos filhos Consagrados ao Meu Coração Imaculado que já entraram no repouso do Senhor.

- Muitos deles participam da plenitude da alegria, na perfeita posse de Deus e, juntamente com os exércitos dos Anjos, são Luzes que brilham na eterna bem aventurança do Paraíso.

- Muitos encontram-se no Purgatório, com a certeza de estarem salvos para sempre, mas encontram-se ainda no sofrimento purificador, porque a sua posse de Deus ainda não é plena e perfeita.

- Hoje quero dizer-vos que estes vossos irmãos estão particularmente perto de vós e constituem a parte mais preciosa do Meu exército vitorioso.

- O Meu exército é um só, como uma só é a Minha Igreja, reunida na alegre experiência da Comunhão dos Santos.

- Os Santos intercedem por vós,

iluminam o vosso caminho,

ajudam-vos com o seu puríssimo amor,

defendem-vos das astuciosas insídias que o Meu adversário vos arma e

esperam, ansiosos, pelo momento em que se encontrarão convosco.

- As almas do Purgatório rezam por vós, oferecem os seus sofrimentos pelo vosso bem e são ajudadas, pelas vossas orações, a libertarem-se daquelas imperfeições humanas que lhes impedem de entrar na felicidade eterna do Paraíso.

- Os Santos que viveram na terra a Consagração ao Meu Coração Imaculado, compondo uma coroa de amor para aliviar as dores da vossa Mãe Celeste, formam aqui no Paraíso a minha mais bela coroa de glória.

- Eles estão ao lado do Meu trono e seguem a vossa Mãe Celeste para onde quer que vá.

- As almas do Purgatório, que fizeram parte do Meu exército na terra, gozam agora duma particular união comigo, sentem de maneira especial a Minha presença, que adoça a amargura do seu sofrimento e abrevia o Tempo da sua Purificação.

- Sou Eu mesma que vou ao seu encontro para as acolher nos Meus braços, para as introduzir na Luz incomparável do Paraíso.

- Assim, estou sempre ao lado de todos vós, meus prediletos e filhos Consagrados ao Meu Coração, durante a vossa dolorosa peregrinação terrena, mas estou de modo especialíssimo ao vosso lado na hora da vossa morte.

- Quantas vezes, recitando o Santo Terço, Me repetistes esta oração:

“Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte

- Esta é uma invocação que Eu escuto com grande alegria e é sempre atendida por Mim.

- Se como Mãe, estou ao lado de cada um dos Meus filhos, na hora da morte estou particularmente junto de vós que sempre vivestes, por meio da vossa Consagração, no refúgio seguro do Meu Coração Imaculado.

- Na hora da vossa morte, estou perto de vós com o esplendor do Meu corpo glorioso, acolho as vossas almas nos Meus braços maternos e levo-as diante do Meu Filho Jesus, para o seu Juízo Particular.

- Pensai como deve ser alegre o encontro com Jesus para aquelas almas que Lhe são apresentadas pela sua própria Mãe.

- Isto porque Eu as cubro com a Minha beleza,

dou-lhes o perfume da Minha santidade,

o candor da Minha pureza,

a cândida veste da Minha caridade e, se ficou alguma mancha, passo com a Minha mão materna para a apagar e vos dar aquele esplendor que vos permite entrar na eterna bem aventurança do Paraíso.

- Bem aventurados aqueles que morrem ao lado da vossa Mãe Celeste.

- Sim, bem aventurados, porque morrem no Senhor, encontrarão o repouso de suas fadigas e o bem que fizeram os acompanha.

- Meus prediletos e filhos Consagrados ao Meu Coração Imaculado, hoje convido-vos a entrar numa grande intimidade comigo, durante a vossa vida, se quereis experimentar a grande alegria de Me ver ao vosso lado, para acolher nos Meus braços maternos as vossas almas, na hora da vossa morte.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 02.11.92

Clique aqui e veja também:

Maria, caminho fácil, curto e perfeito

Vontade, porta de entrada da alma

Obediência e desobediência

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário