sábado, 17 de abril de 2021

No Calvário deste Século

 

No Calvário deste Século

Sexta feira Santa:

- Subi Comigo, filhos prediletos, o Calvário deste século e vivei, com a vossa Mãe Dolorosa, os momentos Sangrentos da Paixão, Crucificação e Morte do Meu Filho Jesus.

- Participai também vós do Seu Padecer.

- Revivei na alma todas as Suas Dores:

a traição,

a renegação,

o julgamento e

a condenação por parte do Tribunal Religioso.

- Aqui a Sua contínua marginalização atinge o ápice mais doloroso com a Sua Rejeição Oficial, até o ponto de ser Condenado a Morte.

- Segui Jesus quando é conduzido para o processo, diante de Pilatos, e é ultrajado, vilipendiado, flagelado, coroado de espinhos, conduzido ao Patíbulo e Crucificado.

- Revivei Comigo estes momentos,

que já estão acima do tempo, porque fazem parte de um Divino e Eterno Desígnio de Amor.

- Subi Comigo o Calvário deste vosso século,

para compreenderdes como ainda hoje se repete a Paixão.

- No Calvário deste século, Jesus ainda é abandonado por todos aqueles que se rebelam contra Deus e repetem as horríveis palavras da Sua Rejeição:

“Não queremos que Esse reine sobre nós”

- Como é grande, hoje, o mar da Negação de Deus;

como é inumerável a multidão daqueles que querem viver prescindindo Dele.

- No Calvário deste século, Jesus ainda é atraiçoado por aqueles que não são fiéis aos Compromissos do Próprio Batismo.

- Deixam-se guiar por Satanás e tornam-se vitimas de todas as suas fáceis Seduções.

- Assim, seguem pelos Caminhos:

do mal, do prazer, do egoísmo, da soberba, do ódio, e da impiedade.

- Jesus é atraiçoado também na Igreja pelos Pastores que se afastam da Verdadeira Fé e da Verdade do Evangelho, arrastando atrás de si um grande número de almas para o Caminho da Infidelidade.

- No Calvário deste século, Jesus ainda é renegado por muitos dos Seus Discípulos, que não tem a coragem de dar Testemunho d’Ele diante de todos e que, por medo de perderem a consideração e a estima e de serem ridicularizados e marginalizados, repetem continuamente:

“Não conheço esse homem”

- Jesus é Flagelado no Seu Corpo pela Difusão dos Pecados de Impureza,

por esta onda de lama que tudo submerge e por tantas ofensas que se cometem contra a dignidade da pessoa humana.

- Jesus é ainda Coroado de Espinhos pelos erros que se propagam e pela perda da Verdadeira Fé por parte de muitos.

- No Calvário deste século, Jesus é continuamente Crucificado e Morto nos milhões de crianças inocentes, que são subtraídas a vida ainda no seio das próprias mães e em todas as outras vitimas do ódio, da violência e das guerras.

- Jesus é Crucificado nos pobres, nos explorados, nos fracos, nos oprimidos, nos perseguidos.

- Jesus é ainda espancado nos pequeninos, nos marginalizados, nos abandonados, nos doentes e nos moribundos.

- No Calvário deste século, indiferente e cruel, Jesus repete ainda a Sua Sangrenta Paixão.

- Mas aos Pés da Cruz deste século, está sempre presente a vossa Mãe Dolorosa.

- Como João, ficai também todos vós Comigo, Meus filhos prediletos.

- Acolhamos nos nossos Braços Jesus que é deposto da Cruz, no Calvário, e rodeemo-Lo de Amor e de Terna Piedade.

- Depositemo-Lo no Sepulcro Vazio, cavado na rocha dura e gelada deste vosso século,

marcado pelo triunfo de Satanás e pelo seu tenebroso reino de ódio e de morte.

- E vigiemos na Oração, na esperança e na espera.

- Vigiai sempre Comigo, vossa Mãe Dolorosa, que ainda mantém acesa, na noite profunda deste século, a Luz da Confiança e da certeza do Seu Glorioso Retorno.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 17.04.87

Clique aqui e veja também:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Renovação das Promessas do Batismo

Dois Exércitos

O Meu Refúgio Seguro

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento, Sangue derramado e Morte na Cruz,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário