sábado, 3 de julho de 2021

Um espírito de alegria e de consolação


Um espírito de alegria e de consolação

- Filhos prediletos,

não vos quero deixar descer deste monte,

onde permanecestes, durante uma semana inteira unidos Comigo:

numa Oração Incessante,

numa Fraternidade vivida, querida e guiada por Mim,

sem vos dizer toda a alegria que experimenta nestes dias

o Coração Imaculado da vossa Mãe Celeste, tão dolorosa.

- O vosso amor foi um doce bálsamo sobre cada uma das Minhas feridas.

- A vossa Oração, feita Comigo,

foi uma poderosa força que Me destes para oferecer a Justiça do Pai,

a fim de que Eu vos possa obter, muito em breve,

a Chuva de Fogo e de Graça do Espírito Santo que transformará e renovará o mundo inteiro,

dando assim cumprimento ao Maior Milagre do Amor Misericordioso do Meu Filho Jesus.

- Não vos quero deixar descer deste monte,

sem vos manifestar primeiro, a todos e a cada um de vós,

a Minha Materna Gratidão.

- Nestes dias, entrastes no Jardim Celeste do Meu Coração Imaculado.

- Olhai para o Meu Coração;

entrai no Meu Coração;

vivei sempre no Meu Coração

e descerá sobre vós um Espírito de Alegria e de Consolação.

- Viestes aqui, com muitas preocupações,

marcados por muitos sofrimentos,

envolvidos também por um desconforto tão humano.

- Subistes aqui perguntando-vos, no vosso coração,

o que vos diria de novo neste ano a vossa Mãe do Céu.

- Filhos prediletos,

olhai para o Meu Coração Imaculado

e descerá sobre vós um Espírito de Alegria e de Consolação.

- Eu sou a vossa Mãe:

vejo as dificuldades que viveis;

a pesada dor destes vossos dias;

as horas sangrentas que vos esperam na Purificação que estais vivendo.

- Vejo quanta tristeza marca as vezes a vossa vida.

- Vejo também os momentos em que sois oprimidos pelo desencorajamento e pelo desânimo,

porque hoje o Meu adversário vos insídia sobretudo com a dúvida e a falta de confiança.

- Olhai para o Meu Coração Imaculado e,

dentro de vós, como fonte que jorra,

brotará um Espírito de Alegria e de Consolação.

- Porque duvidais?

- Porque estais tristes?

- Eu estou ao vosso lado em cada momento; nunca vos deixo.

- Sou Mãe e sou atraída para junto de vós pelo peso das Grandes Dificuldades que hoje viveis.

- Do Meu Coração sai um Raio de Luz;

é a Luz da vossa Mãe, a Virgem Fiel, que Ilumina a vossa mente,

levando-a docemente a compreender o Mistério da Palavra de Deus,

a penetrar em profundidade no Segredo do Evangelho.

- No meio da escuridão que desceu sobre o mundo e que se difunde na Igreja:

quantas mentes são obscurecidas pelos erros e

se tornam áridas pela difusão cada vez mais vasta das dúvidas;

quantas inteligências são contagiadas pelo erro,

que leva a muitos a se perderem e a se afastarem do Caminho da Verdadeira Fé.

- Estes são os tempos em que muitos, na Igreja, perdem a fé,

mesmo entre os Meus filhos prediletos.

- Se olhardes para o Meu Coração Imaculado e

vos deixardes penetrar pelo Raio da Minha Luz,

as vossas mentes obterão o Dom da Divina Sabedoria e

serão atraídas pela Beleza da Verdade que Jesus vos revelou.

- O alimento cotidiano da vossa mente será somente a Palavra de Deus:

- Amai-a,

procurai-a

guardai-a,

defendei-a,

vivei-a.

- Assim, enquanto a Grande Apostasia se difunde,

caminhareis na Alegria e na Consolação

de permanecer sempre na Verdade do Evangelho.

- Quando subistes aqui,

Eu olhei para as vossas almas,

para o Jardim do Meu Celeste e Materno Domínio,

e vi-as ainda obscurecidas pelos pecados que cometeis frequentemente por causa da vossa fragilidade humana.

- Em vós não há grandes pecados, pois agora procurais não os cometer mais,

mas desagradam ao Meu Coração Imaculado, os pequenos, aqueles que vós chamais de Veniais.

- Podem ser:

o egoísmo,

o apego a vós próprios,

a incapacidade de crer e de vos entregardes a Mim com docilidade de criancinhas,

os compromissos cotidianos com o mundo,

os apegos as criaturas

e ao vosso modo de pensar.

- São pequenas sombras que obscurecem a beleza da vossa alma.

- Nestes dias, a Minha Mão Materna passou a apagar todas estas sombras.

- Caminhai na Alegria e na Consolação

de vos sentirdes amados e conduzidos por Mim para vos tornardes:

mais puros, melhores, mais caridosos, mais santos, mais belos.

- Deste monte as vossas almas devem voltar mais luminosas,

renovadas pela Graça de Jesus,

enquanto o Pai Se inclina sobre elas com Amor e Predileção

e o Meu Esposo Divino, o Espírito Santo, as transforma a Imitação Perfeita do Meu Filho.

- Subistes aqui e Eu vi, um a um, os vossos corações:

estão consumidos por uma grande aridez,

fechados em si próprios e

endurecidos pelas provas que estais vivendo.

- Então, como Mãe:

aproximei-Me de cada um de vós,

tomei o vosso coração nas Minhas Mãos;

coloquei-o na Fornalha Ardente do Meu Coração de Mãe e

introduzi-o no íntimo do Coração Divino do Meu Filho Jesus.

- Olhai para este Coração: foi transpassado por vós.

- Entrai na Ferida do Coração de Jesus e

deixai-vos transformar cada dia pelo Fogo Ardente da Sua Caridade Divina.

- Este Coração é um mar de Amor Infinito e:

recolhe toda a fraqueza humana,

queima todo o pecado,

convida a uma caridade cada vez maior,

porque o Amor deve ser amado

e cada Dom pede uma resposta.

- Aqui dentro, os vossos corações são transformados continuamente,

como o ouro no crisol, pela chama duma Ardente Caridade;

assim, tornareis cada vez mais dóceis, humildes, mansos, misericordiosos, bons, pequeninos e puros.

- Formados no Mar Infinito do Amor Divino,

nascem os vossos Novos Corações 

e os vossos Novos Espíritos,

para que possais ser testemunhas de amor,

para que o leveis por toda a parte

e vos torneis assim, vós próprios,

espíritos de Alegria e de Consolação para todos.

- Não compreendeis ainda que estes são os anos da Dolorosa Purificação

que está para chegar ao seu fim mais sangrento?

- Porque fazeis ainda perguntas?

- Estes são os Meus Anos.

- Eis a razão por que vos quis aqui e,

durante estes Exercícios Espirituais que foram um Cenáculo Contínuo,

concedi Graças Extraordinárias a cada um de vós.

- Por enquanto não compreendeis,

porque estas são como semente depositadas nas vossas almas;

compreendereis mais adiante e

então olhareis aqui em cima, para este Monte, e

compreendereis o que fiz por vós Nestes Dias.

- Aqui realizou-se um verdadeiro Cenáculo, como o de Jerusalém.

- Aqui, vós, Meus Apóstolos, unistes-vos em Oração Comigo,

porque o Novo Pentecostes está as portas.

- Aqui introduzi-vos na Compreensão do Segredo do Meu Coração Imaculado,

para que, aos descer deste Monte,

vós próprios vos torneis o meu Sinal de Alegria e de Consolação para todos.

- Não podeis voltar como subistes aqui:

Descei Comigo.

- Olhai para esta Humanidade que se tornou árida.

- Quantos dos Meus filhos estão mortos:

mortos por causa do pecado, do ódio, da violência,

da impureza, vitimas do vício e da droga.

- São Meus filhos, desesperados e aflitos, que tem necessidade de ajuda.

- Com o vosso amor,

comunicai-lhes a Minha Palavra Materna e

sede para eles o Meu Sinal de Alegria e de Consolação.

- Depois entrai no Coração da Minha Igreja.

- Sede sinais de Alegria e de Consolação para o Papa João Paulo II,

o Meu primeiro filho predileto, que hoje tanto sofre, é abandonado, criticado, contestado.

- Sede vós o sustento de amor que o Meu Coração Materno lhe quer dar.

- Porque hoje também Ele tem necessidade de um Espírito de Alegria e de Consolação

e Eu quero dá-lo por meio de vós, Meus Sacerdotes e filhos prediletos.

- Amai o Papa; segui-o; defendei-o.

- Entrai na Compreensão do Mistério da Igreja como Corpo Místico de Cristo,

hoje dividido e dilacerado e que vós deveis recompor na sua Unidade.

- Hoje, este Corpo ainda é vilipendiado e flagelado pelos pecados que se difundem cada vez mais.

- Reparai todos os pecados,

ajudando muitos dos Meus filhos a libertarem-se dele,

através da administração do Sacramento da Reconciliação,

que deve voltar a resplandecer, por meio de vós, em toda a Igreja.

- Inclinai-vos Comigo para beijar as feridas desta Minha Filha amadíssima,

da qual também vós sois filhos,

porque a Igreja só poderá ser Renovada pela força do vosso amor Sacerdotal.

- Então vos tornareis os Sinais da Nova Era que já começa,

no mais rigoroso inverno da Sua Dolorosíssima Purificação.

- Na agonia que ainda está vivendo,

vós sois o Cálice de Conforto que o Coração Imaculado da vossa Mãe Celeste lhe dá para beber,

para que possa recobrar forças e caminhar com alegria.

- Então vos tornareis hoje Espírito de Alegria e de Consolação para toda a Igreja.

- Não vos deixeis desanimar.

- O Meu Triunfo já começou.

- Nos vossos corações,

no silêncio das vossas vidas Sacerdotais a Mim Consagradas e por Mim Imoladas,

o Triunfo do Meu Coração Imaculado já começou.

- Obrigado pelo conforto que Me destes.

- Acolho os desejos e os pedidos que Me fazeis.

- Abençoo o Apostolado, as almas que vos estão confiadas, o vosso difícil Ministério.

- Abençoo as vossas vidas, são preciosas para Mim.

- Amanhã descereis deste Monte para voltar as vossas casas.

- Eu vos acompanho com a Minha Benção Materna.

- Nunca mais tenhais medo.

- Eu estou sempre convosco.

- Em vós e por meio de vós:

sou o Início dos Novos Tempos,

sou a Mãe da Esperança e da Consolação,

sou a Rainha da Paz.

- Abençoo-vos em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 04.07.86

Clique aqui e veja também:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Cristo, ama-lo pela Sua Paixão

Montanha Santa

Segredo do Meu Coração Imaculado

O Meu Coração Imaculado Triunfará

Na Fornalha Ardente do Coração de Jesus

- Ó Deus infinitamente Santo!

- Pai Infinitamente Misericordioso, eu vos adoro!

- Desejo reparar todos os ultrajes que recebeis dos pecadores:

* em todos os lugares da terra,

* em todos os momentos do dia e da noite.

* Mas, sobretudo, ó Meu Pai,

quisera reparar as ofensas e pecados que se cometem nesta hora.

- Para isso, Vos apresento todos os Atos de Adoração e Reparação das almas que vos amam e sobretudo o Holocausto Contínuo do Vosso Divino Filho, Imolando-Se sobre o altar em todos os recantos da terra e em cada instante desta hora.

- Ó Pai Terno e Compassivo!

- Recebei este Sangue Divino e Puríssimo em Reparação de todos os ultrajes que Vos fazem os homens, e por Ele, perdoai-Lhes os pecados e usai para com eles de Misericórdia.

Amém.

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário