terça-feira, 11 de agosto de 2020

Nova Jerusalém

Texto para acompanhar a Leitura e Meditação de Apocalipse 7,14;

- Hoje é a festa de todos os santos e amanhã recordais aqueles que se salvaram, mas que se encontram ainda mergulhados no sofrimento purificador do Purgatório.

- Nestes tempos da Grande Tribulação (Ap 7,14), deveis viver fortemente a comunhão dos Santos.

- Sou a Rainha de todos os santos.

- Sou a Comandante de um único exercito.

- Os Anjos do Senhor receberam de Mim a missão de responderem, com força e poder a todas as insídias que o Dragão, a Besta Negra, a Besta semelhante a um cordeiro e os espíritos malignos vos armam cada dia.

- Como é grande, hoje, o seu poder celeste, porque são enviados por Mim para rebater a tática do meu adversário, que é afastar muitos dos meus pobres filhos da adoração devida ao nosso Deus, através da difusão cada vez maior do culto satânico e das missas negras.

- A esta perversa e blasfema ação dos demônios, os Anjos respondem com o seu contínuo, profundo e incessante ato de adoração e de Glorificação ao Senhor. (Ap 15,8; 16,9; 19,7)

- Os Santos do Paraíso respondem com a sua poderosa assistência e intercessão aos perigos que os maus vos armam, nestes tempos, procurando encher de obstáculos, dificuldades e oposições astuciosas o caminho que deveis seguir.

- As tramas ocultas e obscuras que a maçonaria tece contra vós, para vos fazer cair na sua rede, são desmascaradas e destruídas pelos Santos, que fazem descer do Paraíso uma forte luz, que vos envolve, para perfumar de fé, de esperança, de amor, de pureza e de santidade toda a vossa existência.

- A Comunhão de vida com os Santos do Paraíso é o Remédio que Eu vos dou contra os perigos traiçoeiros e tão insidiosos que a Besta Negra da Maçonaria hoje vos arma.

- Recorrei a uma contínua comunhão de oração com as santas Almas do Purgatório, para enfrentar as dificuldades, as zombarias, as marginalizações que a Besta semelhante a um cordeiro usa contra vós, meus filhos prediletos.

- Esta comunhão de oração com as Almas do Purgatório lhes dá a luz e o conforto de abreviar o tempo da sua purificação e concede-vos a segurança e a coragem de realizar na vossa vida o meu desígnio, que consiste em ajudar-vos a cumprir em cada momento a Vontade divina do Senhor.

- Hoje contemplo-vos com alegria, todos reunidos no Celeste Jardim do Meu Coração Imaculado, vivendo esta maravilhosa realidade da comunhão dos Santos, que vos une, vos ajuda e vos compromete a todos no combate pelo pleno triunfo de Cristo, no advento do mundo do seu glorioso Reino de amor, de santidade, de justiça e de paz.

- Assim, contribuís desde já para construir a Nova Jerusalém, a Cidade Santa, que deve descer do Céu, como noiva adornada para o seu Esposo e formais a morada de Deus entre os homens, para que todos se tornem o seu povo, onde serão enxugadas todas as lágrimas dos seus olhos e não haverá mais morte, nem luto, nem gemidos, nem dor, porque as coisas de antes terão desaparecido. (Ap 21, 1-8)

Movimento Sacerdotal Mariano - Padre Stefano Gobbi - A Nova Jerusalém / 01.11.1989

Clique aqui e veja também: A Besta semelhante a um cordeiro

 

01.11.1989 / A Nova Jerusalém

Índice Analítico

Dragão Vermelho (Ap 12,9; 20,2; Gn 3): Antiga Serpente / Diabo / Satanás.

Dragão Vermelho (Ap 12,9; 20,2): Comunismo ateu, Ateísmo Marxista, Ateísmo teórico e prático.

Besta (Ap 13, 1-10; 2Tes2,9; Mateus 24,24): Anticristos.

1ª Besta (Ap 13, 1-10): Besta Negra / 10-chifres / Maçonaria / Falsos Cristos.

2ª Besta (Ap 13, 11-18; 16,13; 19,20; 20,10): Besta semelhante ao de um cordeiro / 2-chifres / Maçonaria Eclesiástica / Falsos Profetas.

10-chifres (Ap 13, 1; 17, 3.7-12): oposição aos 10-Mandamentos de Deus.

7-cabeças (Ap 13, 1; 17, 3.7-12): nações em que o comunismo ateu se estabeleceu e domina com a força do seu poder ideológico, politico e militar. Várias Lojas Maçonicas. 7-Titulos Blasfemos, os 7-Pecados Capitais.

O rio de águas (Ap 12, 15): é formado pelo conjunto de todas as novas doutrinas teológicas.

A Grande Águia (Ap 12, 14): é a Palavra de Deus, sobretudo o Evangelho de Jesus.

As duas asas da Águia (Ap 12, 14):

·         A Palavra de Deus acolhida, amada e guardada com a fé (Fé);

·         A Palavra de Deus vivida com a Graça e a Caridade (Caridade).

- O deserto (Ap 12, 16.14): em que estabeleci a minha morada habitual é o coração e a alma de todos os filhos:

·         que Me acolhem,

·         Me escutam,

·         se entregam completamente a Mim

·         e se consagram ao Meu Coração Imaculado.

Seduzir e enganar toda a terra:  (Ap 13, 7-8; 2Tes 2, 1-12) 

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário