segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Tua Dolorosa Paixão

 


Tua Dolorosa Paixão

- A Cruz para ti, o filho, é fazer a Vontade do Pai, que só cumprirás bem se corresponderes, a cada momento, ao desígnio do Meu Coração Imaculado.

- Leva cada dia a tua Cruz e nunca te desvies da Vontade Divina.

- As tuas feridas são incompreensões,

as dúvidas, as perplexidades, os numerosos abandonos.

- Estas são verdadeiras chagas na tua alma, que ninguém vê, mais preciosas que o ouro e cujo sangue Eu sempre recolho para regar o jardim das almas áridas e sedentas dos teus irmãos Sacerdotes.

- A tua subida ao Calvário é o caminho que tens de fazer por Mim, o avançar sozinho e confiante, no meio dos teus muitos medos e do ceticismo orgulhoso de quem te circunda e não crê.

- O imenso cansaço que sentes, a sensação de prostração que tanto te oprime, é a tua sede.

- Os flagelos e as bofetadas são as insídias e as dolorosas tentações do Meu adversário.

- Os gritos de condenação são as serpentes venenosas que impedem o teu caminho e os espinhos que ferem o teu frágil corpo de criança, tantas vezes espancado.

- O abandono a que te chamo é o sabor amargo de te sentires cada vez mais só, longe dos amigos e dos discípulos, rejeitado as vezes até pelos teus mais fervorosos seguidores.

- Mas o teu lado está a Mãe dolorosa; vive com Ela, com amor e confiança, a Tua Paixão Dolorosa, que ninguém consegue ver, mas que te consome todos os dias como vitima imolada por Mim em favor de todos os teus irmãos Sacerdotes.

- A tua morte é o maior silêncio, o escondimento, a humilhação e a marginalização, que sempre te peço.

- O Seio Virginal da Tua Mãe é o sepulcro novo para esta tua Páscoa, que já se perpetua no íntimo do Meu Coração Imaculado, Meu mais pequenino e amado entre os meus filhos prediletos.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 05.04.85

Clique aqui e veja também:

Aridez espiritual

Quando o Filho do Homem voltar

Com Jesus no deserto

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento e Sangue derramado,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

"Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva"

Nenhum comentário:

Postar um comentário