terça-feira, 1 de setembro de 2020

Com Jesus no deserto

 


Com Jesus no deserto

- Filhos prediletos, neste tempo de mais intensa oração e de penitência, entrai vós também, com Jesus no deserto.

- Oferecei-vos com Ele para o perfeito cumprimento do desígnio do Pai.

- Preparai-vos para a importante missão que vos aguarda, pois o meu tempo chegou e tenho que estar certa de poder contar com cada um de vós.

- O meu desígnio mão corresponde ao vosso e os meus caminhos não são os vossos.

- Só podereis compreender o meu desígnio e seguir os meus caminhos se tiverdes o coração puro:

“Bem aventurado os puros de coração, porque verão a Deus” (Mt 5,8)

- No deserto, tornarei os vossos corações cada vez mais puros, para que possais ver, na Luz da Sabedoria, o desígnio do Pai e dispor-vos também, como Jesus, a cumpri-lo, bebendo até a última gota do cálice que já vos foi preparado.

- Por isso, os vossos corações terão de ser mais purificados por Mim.

- O deserto é o lugar onde vos conduzo para esta minha materna obra de purificação.

- No deserto Jesus sofreu a fome e a sede, o frio da noite e o calor do dia.

- No deserto onde vos conduzo, sentireis grande fome e sede da Palavra de Deus, e sentireis ao mesmo tempo como que náusea de qualquer outra palavra.

- Far-vos-ei sentir também o frio doloroso por causa do pecado que se abateu sobre o mundo tornando-o árido e frio, e o calor ardente do Espírito de Deus, que derramará em toda a parte a chama do Seu Amor, para que todas as coisas sejam renovadas e tudo possa assim florescer.

- No deserto Jesus viveu sozinho.

- Eu levar-vos-ei, com Jesus, a solidão interior, desapegando-vos de vós próprios, das criaturas, do mundo em que viveis, das vossas ocupações, para que possais escutar a voz do Grande Silêncio.

- Só no berço deste Grande Silêncio é que o vosso coração se poderá formar no puro e perfeito amor para com Deus e para com o próximo.

- No deserto Jesus rezava ao Pai, sem interrupção.

- Assim, com Jesus, conduzo-vos a oração, que se deve tornar incessante e continua.

- Rezai sempre:

com a vossa vida,

com o vosso coração,

com o vosso trabalho,

com a vossa fadiga,

com o vosso cansaço e

com as vossas feridas.

- Ó filhos prediletos, só no deserto é que a vossa Mãe Celeste vos pode formar no gosto pela oração, para que possais sentir assim, sempre ao vosso lado, o Pai que vos ama, que vos conduz e vos protege.

- No deserto Jesus foi tentado.

- Neste deserto, onde vos conduzo, também vós haveis de ser provados com o fogo de inúmeras tentações e tribulações e a vossa fidelidade e confiança serão submetidas a uma Grande Prova.

- Foi concedido ao meu adversário um período de tempo para vos tentar.

- Assim, ele insidiar-vos-á de todos os modos:

com o orgulho,

com a concupiscência,

com a dúvida,

com o desânimo,

com a curiosidade.

- Sereis peneirados como o trigo e muitos serão atraídos pelas suas perigosas insídias.

- Segui Jesus, rejeitando sempre as suas seduções;

Sobretudo vigiai, pois hoje são muitos os Falsos cristos e os Falsos profetas que seduzem e levam a perdição muitas almas. (Ap 13, 1-18)

- Não desanimeis, filhos prediletos, estou ao vosso lado para vos desvendar as insídias do meu adversário e para vos ajudar a vencer as suas seduções.

- Assim, fortaleço-vos com a Palavra de Deus, que foi a Luz que guiou a vossa Mãe Celeste na sua vida.

- No deserto, também vós sereis preparados, como Jesus, para a missão que deveis cumprir.

- Por isso, os vossos corações terão de se tornar mais puros,

devereis sentir fome e sede da Palavra de Deus,

devereis rezar e sofrer para dizer, com o vosso Irmão Jesus, sobre o meu Coração Imaculado:

“Pai, seja feita só Tua Vontade.

Não te agradaram sacrifícios nem holocaustos, mas formaste-me um corpo.

Eis que venho, ó Deus, para fazer a Tua Vontade”. (Hb 10, 5-7)

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 01.03.80 

Clique aqui e veja também:

Aqui deve constar a constância dos santos

A Besta semelhante a uma pantera

Nenhum comentário:

Postar um comentário