segunda-feira, 10 de março de 2014

Maria, efeitos em uma alma fiel

Maravilhosos efeitos desta Devoção em uma alma que lhe é fiel
§212. Meu querido irmão, convence-te de que, se fores fiel às práticas interiores e exteriores da “Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria”, que te indicarei adiante, participarás dos frutos maravilhosos que ela produz na alma fiel. Ei-los:

Conhecimento e desprezo de si mesmo
§213. Conhecerás, pela luz que o Espírito Santo te dará por intermédio de Maria, sua querida esposa, o teu fundo mau, a tua corrupção e incapacidade para todo bem. E em consequência desse conhecimento, desprezar-te-ás e sentirás horror ao pensar em ti. Considerar-te-ás como um caracol, que tudo estraga com a sua baba, ou como um sapo, que tudo envenena com a sua peçonha, ou como uma serpente maliciosa, que só procura enganar. Finalmente, a humilde Maria te comunicará a sua profunda humildade e fará com que te desprezes a ti mesmo, mas não aos outros, e gostes de ser desprezado (Imitação de Cristo, L. I, cap. 2).

Participação da Fé de Maria
§214. A Santíssima Virgem far-te-á participar da sua fé, que foi a maior que já houve na Terra, maior até que a dos Patriarcas, Profetas, Apóstolos e todos os Santos. Agora que reina nos céus, já não tem essa fé, pois vê claramente todas as coisas em Deus, pela luz da glória (1 Cor 13, 8-13). No entanto, por permissão do Altíssimo, não perdeu a sua fé ao entrar na glória: guardou-a a fim de conservá-la na Igreja militante para os Seus mais fiéis servos e servas.
- Por isso, quanto mais benevolência granjeares desta augusta princesa e Virgem Fiel, mais pura fé terás em todo o teu proceder:
  • Uma fé pura, que fará com que não te preocupes mais com o que é sensível e extraordinário;
  • Uma fé viva e animada de caridade, que te levará a fazer tudo unicamente movido por Puro Amor;
  • Uma fé firme e inquebrantável como um rochedo, que te fará permanecer constante e firme no meio das tempestades e tormentas;
  • Uma fé ativa e penetrante que, como uma chave misteriosa ou gazua, te dará entrada em todos os mistérios de Jesus Cristo, nos novíssimos do homem, e no Coração do próprio Deus;
  • Uma fé corajosa que, sem hesitações, te fará empreender e levar a cabo grandes coisas pela causa de Deus e salvação das almas;
  • Uma fé reluzente, enfim, que será o teu archote luminoso, a tua vida divina, o teu tesouro escondido da divina Sabedoria, a tua arma onipotente de que te servirás para iluminar os que estão nas trevas e sombras da morte, para abrasar os que são tíbios e precisam do ouro ardente da caridade, para dar vida aos que morreram pelo pecado, para tocar e prostrar, com as tuas palavras doces e poderosas, os corações de mármore e os cedros do Líbano e, finalmente, para resistir ao demônio e a todos os inimigos da salvação.
Quanto mais benevolência granjeares desta Augusta Princesa e Virgem Fiel, 
mais pura fé terás em todo o teu proceder!

A Graça do Puro Amor
§215. Esta Mãe do Amor Formoso (Eclo 24, 24) tirará do teu coração todo escrúpulo e temor servil. Abri-lo-á e dilatá-lo-á para que corra pelo caminho dos mandamentos de seu Filho (Sl 118, 32), com a santa liberdade dos filhos de Deus, e para infundir nele o Puro Amor, do qual Ela é a tesoureira (§169).
E assim, no teu comportamento para com Deus, que é Caridade, já não procederás com receio e temor, como até agora tendes feito, mas sim por Puro Amor.
- Olhá-lo-ás como teu Pai bondoso, a quem procurarás agradar incessantemente, a quem falarás confiadamente como um filho fala a seu bom pai. Se, por infelicidade, vieres a ofendê-lo, humilhar-te-ás imediatamente na sua presença, pedir-lhe-ás humildemente perdão, estender-lhe-ás a mão com toda a simplicidade, levantar-te-ás amorosamente, sem perturbação nem inquietação, e continuarás a caminhar para Ele sem desânimo.

Grande Confiança em Deus e em Maria
§216. A Santíssima Virgem encher-te-á duma grande confiança em Deus e n'Ela própria:
1º. Porque já não te aproximarás de Jesus por ti mesmo, mas sempre por esta boa Mãe;

2º. Porque, tendo-lhe dado todos os teus méritos, graças e satisfações, para que deles disponha à sua vontade, Ela te comunicará as suas virtudes e te revestirá de Seus méritos. Deste modo poderás dizer confiadamente a Deus: “Eis Maria, a Vossa escrava, faça-se em mim segundo a Vossa palavra” (Lc 1, 38);

3º. Porque te deste inteiramente a Ela, de corpo e alma, Ela que é liberal com os liberais, e ainda mais do que eles, retribuirá entregando-se a ti de maneira maravilhosa, sim, mas verdadeiramente real.
- E depois disso poderás dizer-lhe com santa ousadia: “Eu sou Vosso, Virgem Santíssima, salvai-me” (Sl 118, 94); ou então, com o discípulo amado, como já disse antes (§179): “Eu Vos recebi, ó Santa Mãe, como todo o meu bem”.
- Poderás dizer ainda, com São Boaventura: “Minha querida Senhora e salvadora agirei com confiança e sem temor, porque Vós sois a minha força e o meu louvor no Senhor!” (Is 12, 2).
- E noutra passagem: “Eu sou todo Vosso, e tudo o que tenho Vos pertence, ó gloriosa Virgem, bendita acima de todas as coisas criadas. Colocar-Vos-ei como um selo sobre o meu coração, porque o Vosso Amor é forte como a morte” (Ex 15). Poderás dizer a Deus, com os sentimentos do profeta: “Senhor, nem o meu coração , nem os meus olhos têm motivo algum para se elevar e orgulhar, nem para buscar coisas grandes e maravilhosas. Mas nem por isso sou humilde: levantei e animei a minha alma pela confiança. Sou como um menino desmamado e encostado ao seio de sua mãe, e é nesse seio que sou cumulado de bens”.

4º. O que aumentará ainda mais a tua confiança n'Ela é que a fizeste depositária de tudo o que tinhas de bom, para guardar ou para o dar aos outros. Terás menos confiança em ti e muito mais n'Ela, que é o teu tesouro. Oh! Que confiança e que consolação para uma alma poder dizer que o tesouro de Deus, onde Ele guardou o que tem de precioso, é também o seu tesouro! Como diz um santo: “Ela é o tesouro do Senhor.”

Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria

São Luis Maria Grignion de Monfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário