sexta-feira, 9 de abril de 2021

Foi assim que encontrei Meu Filho

 

Foi assim que encontrei Meu Filho

Sexta feira Santa:

- Aproximai-vos, filhos prediletos,

da Fonte da Graça e da Misericórdia,

que brota do Coração transpassado de Jesus Crucificado.

- Deixai-vos levar hoje Comigo ao Calvário,

para vivermos juntos as Horas Dolorosas e Preciosas da Sua Agonia.

- Ele é pregado na Cruz por volta do meio-dia,

depois de ter chegado, com muita dificuldade,

ao cume do Gólgota.

- O Seu Corpo é esmagado pelo sofrimento:

a Flagelação cobriu-O de Chagas Sangrentas;

a Coroa de Espinhos envolveu Sua Cabeça de Rios de Sangue,

que escorrem e Lhe desfiguram o Rosto;

o Seu Coração é oprimido pelo peso imenso da ingratidão;

os Seus Olhos, tão vivos e profundos, estão agora obscurecidos pelo véu da Traição e do Abandono.

- Foi assim que encontrei o Meu Filho no Caminho do Calvário,

na Sexta-feira da Sua Paixão.

- Ao Meu lado está João e, aos Pés da Cruz, vivemos juntos as Horas Tremendas da Sua Agonia.

- Vemos os Cravos transpassarem-Lhe as Mãos e os Pés, o Seu Corpo Martirizado;

ouvimos o embate da Cruz no solo, que O faz estremecer de dor,

os Seus lamentos aflitos,

a Sua oração silenciosa,

o forte brado lançado ao Céu,

o estremecimento do Seu Coração que dá as Suas Últimas Palpitações.

- Ó Meus prediletos,

vivei Comigo e com o vosso irmão João,

aos Pés da Cruz,

na qual o Meu Filho está pregado, agoniza e morre por amor e pela salvação de todos.

- É assim que Eu encontro ainda hoje a Igreja, Corpo Místico de Jesus Crucificado.

- Também ela sobe ao Calvário, levando uma pesada Cruz;

também ela tem o Seu Corpo Martirizado pelo Flagelo dos Pecados que a ferem e

dos Sacrilégios que lhe abrem profundas chagas.

- Todavia, a Igreja olha para esta Humanidade perdida com olhos maternos e misericordiosos e dirige-se, confiante, para o cimo do Gólgota, para a sua crucificação e agonia.

- É assim que Eu encontro hoje a Minha filha.

- Eu estou perto dela na hora dolorosa da sua “Sexta-feira Santa”.

- Com João, que revive em todos os Meus filhos prediletos Consagrados ao Meu Coração Imaculado, juntos queremos ajuda-la nesta sua agonia.

- Beijemos as suas mãos ainda transpassadas;

cubramos de amor o seu corpo ainda despido;

derramemos bálsamo sobre numerosas feridas;

rodeamos de oração e de esperança os momentos sangrentos da sua crucifixão.

- Permaneçamos na firme esperança da sua ressurreição.

- Pelo Poder do Espírito Santo, toda ela será renovada e conhecerá um Esplendor Maravilhoso.

- Após a Sexta-feira Santa da sua paixão se seguirá, certamente, também para ela, a alegre Páscoa e um Novo Pentecostes de Graça e de Vida.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stefano Gobbi / 09.04.82

Clique aqui e veja também:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria 

As Potências do Inferno não prevalecerão

Vossa Materna Pastora

O Deserto onde Me retiro

“Senhor, que vosso Amor, Sofrimento, Sangue derramado e Morte na Cruz,

não tenha sido em vão pelas nossas almas e

pelas almas dos Vossos Sacerdotes, Filhos Prediletos de Nossa Senhora.”

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário