domingo, 20 de setembro de 2020

Peço a todos a Consagração

 


Peço a todos a Consagração

- Olhai para o momento inefável da Anunciação do Arcanjo Gabriel,

enviado por Deus para colher o “Meu Sim”

para a realização do Seu Eterno Desígnio de Redenção e

do Grande Mistério da Encarnação do Verbo no Meu Seio Virginal.

- Então compreendereis porque vos peço

para Consagrardes ao Meu Coração Imaculado.

- Sim, Eu Mesma manifestei a Minha Vontade em Fátima,

quando apareci em 1917.

- Pedi esta Consagração várias vezes a Minha filha, Irmã Lúcia,

que se encontra ainda na terra, para cumprir esta missão que lhe confiei.

- Nestes anos, pedi-a insistentemente

através da Mensagem confiada ao Meu Movimento Sacerdotal.

- Hoje peço novamente a todos a Consagração ao Meu Coração Imaculado.

- Peço-a antes de mais nada ao Papa João Paulo II,

primeiro filho predileto que a realiza por ocasião desta festa,

de maneira solene,

depois de ter escrito aos Bispos do mundo inteiro para a fazerem em união com ele.

- Infelizmente, o convite não foi acolhido por todos os Bispos.

- Circunstâncias particulares ainda não permitiram

que Me fosse Consagrada expressamente a Rússia, como pedi várias vezes.

- Tal como já disse, esta Consagração ser-Me-á feita

quando acontecimentos sangrentos já estiverem em vias de se realizar.

- Bendigo este Ato Corajoso do “Meu” Papa,

que quis confiar o mundo e todas as nações ao Meu Coração Imaculado;

Eu o acolho com amor e gratidão e,

em atenção a ele,

prometo intervir para abreviar muito as Horas da Purificação e

para tornar a provação menos pesada.

- Mas Eu peço esta Consagração também:

a todos os Bispos,

a todos os Sacerdotes,

a todos os Religiosos e

a todos os fiéis.

- Esta é a hora em que toda a Igreja

se deve recolher no Refúgio Seguro do Meu Coração Imaculado.

- Porque é que vos peço a Consagração?

- Quando uma coisa é Consagrada,

fica subtraída a qualquer outro uso,

para ser destinada só para o uso sagrado.

- Assim acontece com um objeto quando é destinado ao Culto Divino.

- Mas o mesmo pode acontecer também com uma pessoa,

quando ela é chamada por Deus para lhe dar um Culto Perfeito.

- Deveis compreender por isso,

que o verdadeiro Ato da Vossa Consagração é o Batismo.

- Com este Sacramento instituído por Jesus,

vos é comunicada a Graça que vos insere numa ordem de vida superior a vossa,

isto é, na Ordem Sobrenatural.

- Assim, participais da Natureza Divina,

entrais numa Comunhão de Amor com Deus

e as vossas ações passam a ter, por isso, um novo valor,

que supera o da vossa natureza,

porque possuem um verdadeiro valor Divino.

- Depois do Batismo,

já estais destinados a Perfeita Glorificação da Santíssima Trindade

e Consagrados a viver:

no Amor do Pai,

na Imitação do Filho e

na Plena Comunhão com o Espírito Santo.

- O que caracteriza o Ato de Consagração é a sua totalidade:

quando vos Consagrais,

ficais totalmente Consagrados e para sempre.

- Quando vos peço a Consagração ao Meu Coração Imaculado

é para vos fazer compreender que vos deveis entregar a Mim,

completamente, de maneira total e contínua,

para que Eu possa dispor de vós segundo a Vontade de Deus.

- Deveis entregar-vos de modo completo, dando-Me tudo.

- Não deveis dar-Me alguma coisa

e reter ainda qualquer coisa para vós;

deveis ser verdadeira e exclusivamente todos meus (totus tuus).

- Além disso, não deveis entregar-vos a Mim um dia sim outro não,

ou por um certo período de tempo, só até quando quiserdes,

mas para sempre.

- É para sublinhar este importante aspecto de completa e duradoura pertença a Mim,

vossa Mãe Celeste,

que Eu peço a Consagração ao Meu Coração Imaculado.

- Como deveis viver a Consagração?

- Se olhardes para o Mistério Inefável

que a Igreja hoje (Festa da Anunciação de Maria Santíssima) recorda,

compreendereis como deve ser vivida a Consagração que vos pedi.

- O Verbo do Pai entregou-Se completamente a Mim por amor.

- Após o “Meu Sim”, desceu ao Meu Seio Virginal.

- Entregou-Se a Mim com a Sua Divindade.

- O Verbo Eterno,

a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade,

depois da Encarnação,

escondeu-Se e recolheu-Se na Pequena Morada,

preparada milagrosamente pelo Espírito Santo,

no Meu Seio Virginal.

- Entregou-Se a Mim com a Sua Humanidade,

de maneira tão profunda tal como cada filho se entrega a mãe, de quem tudo espera:

sangue, carne, respiração, alimento e amor para crescer cada dia no seu seio e

depois do nascimento continua, ano após ano, sempre ao lado da mãe.

- Por isso,

assim como sou Mãe da Encarnação,

assim sou também Mãe da Redenção,

a qual já tem aqui o seu admirável inicio.

- Eis-Me assim intimamente associada ao Meu Filho Jesus.

- Colaboro com Ele na Sua Obra de Salvação,

durante a Sua infância,

na adolescência,

nos trinta anos da Sua Vida oculta em Nazaré;

no Seu Ministério Público,

durante a Sua Dolorosa Paixão, até a Cruz,

onde ofereço e sofro com Ele e recolho as Suas Últimas Palavras de amor e de dor,

com as quais Me entrega como verdadeira Mãe de toda a Humanidade.

- Filhos prediletos,

chamados a Imitar Jesus em tudo, por serdes os seus ministros,

imitai-O também nesta Sua Completa entrega a Mãe Celeste.

- Por isso vos peço que vos ofereçais a Mim com a vossa Consagração.

- Poderei ser para vós Mãe atenta e solicita

em fazer-vos crescer no Desígnio de Deus e

realizar na vossa vida o grande Dom do Sacerdócio a que fostes chamados.

- Levar-vos-ei cada dia a uma imitação cada vez mais perfeita de Jesus,

que deve ser o vosso Único Modelo

e o vosso Maior Amor.

- Sereis Seus verdadeiros instrumentos,

colaboradores fiéis da sua Redenção.

- Hoje, isto é necessário para a salvação de toda a Humanidade,

tão doente e afastada de Deus e da Igreja.

- O Senhor pode salvá-la com uma intervenção extraordinária do Seu Amor Misericordioso;

e vós, Sacerdotes de Cristo e Meus filhos prediletos,

sois chamados a ser os Instrumentos do Triunfo do Amor Misericordioso de Jesus.

- Hoje, isto é indispensável para a Minha Igreja,

que deve ser curada das chagas da infidelidade e da Apostasia,

para voltar a uma renovada santidade e ao seu esplendor.

- A vossa Mãe Celeste quer curá-la através de vós, Meus Sacerdotes.

- Em breve o farei,

se Me deixardes agir em vós,

se vos entregardes com docilidade e simplicidade

a Minha Ação Materna Misericordiosa.

- Por isso, ainda hoje,

peço a todos com aflita súplica,

que vos Consagreis ao Meu Coração Imaculado.

MSM-Movimento Sacerdotal Mariano / Padre Stéfano Gobbi / 25.03.84

Clique aqui e veja também:

Consagração a Jesus Cristo por Maria

Renovação das Promessas do Batismo

(Renovar ao menos por ocasião do dia do seu aniversário de Nascimento e Batismo)

Maria, Medianeira de Graças

As minhas crianças mais pequeninas

Indisciplina, segundo sinal

Oração da Unidade:

Que nossos pés viajem juntos.

Que nossas mãos se unam.

Que nossos corações batam em uníssono.

Que nossas almas estejam em harmonia.

Que nossos pensamentos sejam como um.

Que nossos ouvidos ouçam o silêncio juntos.

Que nossos olhares se penetrem profundamente.

Que nossos lábios orem juntos para obter Misericórdia do Pai Eterno.

Fórmula ensinada por Jesus a Elizabeth Kindelmann 05.1962

“Senhor, sou teu servo, filho de Tua Serva.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário