sábado, 4 de julho de 2020

Apocalipse 13 / O número da Besta 666



Texto para acompanhar a Leitura e Meditação de Apocalipse 13, 18

“Filhos prediletos, compreendeis agora o desígnio da vossa Mãe Celeste, a Mulher vestida de sol, que combate com o seu exército na grande luta contra todas as forças do mal, para obter a sua vitória na perfeita glorificação da Santíssima trindade.

- Combatei comigo, pequenos filhos, contra o Dragão, que procura levar toda a humanidade a pôr-se contra Deus.

Combatei comigo, pequenos filhos, contra a Besta Negra, a maçonaria, que quer conduzir as almas a perdição.

- Combatei comigo, pequenos filhos, contra a Besta semelhante a um cordeiro, a maçonaria infiltrada no interior da vida eclesial para destruir Cristo e a sua Igreja. Para atingir este objetivo ela quer construir um novo ídolo, isto é, um falso Cristo e uma falsa Igreja.

- A maçonaria eclesiástica recebe ordens e poder das várias lojas maçônicas e age para conduzir secretamente todos a fazerem parte destas seitas secretas.

- Assim, incita os ambiciosos com a perspectiva de carreiras fáceis; enche de bens os famintos de dinheiro; ajuda os seus membros a se projetarem e a ocuparem os postos mais importantes, marginalizando ao mesmo tempo, de maneira astuciosa mas decidida, todos aqueles que se recusam a participar no seu projeto.

- De fato, a Besta semelhante a um cordeiro exerce todo o poder da primeira Besta, na sua presença, e obriga a terra e os seus habitantes a adorarem a primeira Besta.

- A maçonaria eclesiástica chega até o ponto de construir uma imagem em honra da Besta, obrigando todos a adorarem esta imagem.

- Mas, segundo o Primeiro mandamento da santa Lei do Senhor, só a DEUS se deve adorar e só a Ele deve ser dada toda a forma de culto.

- Então substitui-se DEUS por um IDOLO, poderoso, forte, dominador, um ídolo tão poderoso, que é capaz de condenar a morte todos os que não adoram a imagem da Besta; um ídolo tão forte e dominador, que faz com que todos –pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos- sejam marcados na mão direita ou na fronte, e que ninguém possa comprar ou vender sem ter esta marca, isto é, sem ter o nome da Besta ou o número do seu nome.(Apocalipse 13, 11-18)

- Este grande ídolo, construído para ser adorado e servido por todos é, como já vos revelei na mensagem precedente, um falso Cristo e uma falsa Igreja.

Mas qual é os eu nome?

- No Capitulo 13 do Apocalipse está escrito: “Aqui é preciso sabedoria. Quem tem inteligência calcule o número da Besta: este número representa um nome de um homem. Esse número é 666.

- Com a inteligência, iluminada pela luz da divina Sabedoria, consegue-se decifrar a partir do número 666 o nome de um homem e este nome, indicado por tal número, é o do anticristo.

- Lúcifer, a serpente antiga, o Diabo ou Satanás, o Dragão Vermelho, torna-se nestes últimos tempos, o anticristo.

- Já o Apóstolo João afirmava que todo aquele que nega que Jesus Cristo é Deus é o anticristo.

- A imagem ou o ídolo, construído em honra da Besta para ser adorado por todos os homens, é o anticristo.

- Calculai agora o seu número 666, para compreenderdes como indica o nome de um homem.

- O número 333 indica a Divindade.

- Lúcifer rebela-se contra Deus por Soberba, porque se quer colocar acima de Deus.

- O número 333 indica o mistério de Deus. Aquele que se quer colocar acima de Deus tem o sinal de 666; portanto este número indica o nome de Lúcifer, satanás, isto é, daquele que se põe contra Cristo, o anticristo.

- O número 333 indicado uma vez, isto é, vezes 1, exprime o mistério da unidade de Deus.

- O número 333, indicado duas vezes, isto é, vezes 2, indica as duas naturezas, a divina e a humana, unidas na Pessoa divina de Jesus Cristo.

- O número 333 indicado três vezes, isto é, vezes 3, indica o mistério das três Pessoas divinas, isto é, exprime o mistério da Santíssima trindade.

- O número 333, expresso uma, duas e três vezes, exprime então os principais mistérios da fé católica, que são:

1º: a unidade e a Trindade de Deus;

2º: a Encarnação, a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.

- Se o número 333 indica a Divindade, aquele que se quer pôr acima do próprio Deus é indicado pelo número 666.

- O número 666, indicado uma vez, isto é, vezes 1, exprime o ano de 666.

- Neste período histórico, o anticristo manifesta-se através do fenômeno do Islamismo, que nega diretamente o mistério da Trindade Divina e a Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo.

- O Islamismo, com a sua força militar, lança-se por toda a parte, destruindo todas as antigas comunidades cristãs, invade a Europa e só graças a uma minha materna e extraordinária intervenção, solicitada fortemente pelo Santo Padre, é que não consegue destruir por completo a Cristandade.

- O número 666 indicado duas vezes, isto é, vezes 2, exprime o ano de 1332.

- Neste período histórico, o anticristo manifesta-se através de um ataque radical contra a fé na Palavra de Deus.

- Através de filósofos, que começam a dar valor exclusivo á ciência e depois a razão, tende-se a constituir gradualmente como único critério de verdade só a inteligência humana.

- Nascem os grandes erros filosóficos, que continuam pelos séculos até aos vossos dias.

- A importância exagerada dada a razão, como critério exclusivo de verdade, leva necessariamente a destruição da fé na Palavra de Deus. De fato, com a reforma protestante rejeita-se a Tradição como fonte da divina Revelação e só se aceita a Sagrada Escritura.

- Mas mesmo esta ultima deve ser interpretada por meio da razão, rejeitando-se obstinadamente o Magistério autêntico da Igreja hierárquica, a qual Cristo confiou a guarda do depósito da fé. Cada um é livre de ler e compreender a Sagrada Escritura segundo a sua interpretação pessoal. Deste modo, é destruída a fé na Palavra de Deus.

- Obra do anticristo, neste período histórico, é a divisão da Igreja, a consequente formação de novas e numerosas confissões cristãs, que são gradualmente levadas a uma perda cada vez mais extensa da verdadeira fé na Palavra de Deus.

- O número 666 indicado três vezes, isto é, vezes 3, exprime o ano de 1998.

- Neste período histórico, a maçonaria, ajudada pela maçonaria eclesiástica, conseguirá o seu grande projeto: construir um ídolo para o colocar no lugar de Cristo e da sua Igreja. –um falso Cristo e uma falsa Igreja. Portanto, a imagem construída em honra da primeira Besta, para ser adorada por todos os habitantes da terra, e que assinalará com a sua marca todos aqueles que queiram comprar e vender, é a do anticristo.

- Chegastes assim ao cume da purificação, da grande tribulação e da apostasia.

- A apostasia será então generalizada porque quase todos seguirão o falso Cristo e a falsa Igreja. Abrir-se-á então a porta para o aparecimento do homem ou da própria pessoa do anticristo.

- Eis, filhos prediletos, porque vos quis iluminar sobre as páginas do Apocalipse, que se referem aos tempos em que viveis.

- Para vos preparar comigo para a parte mais dolorosa e decisiva da grande luta que se está combatendo entre a Vossa Mãe Celeste e todas as forças do mal que se desencadearam.

- Coragem! Sede fortes, minhas pequenas crianças. Compete a vós, nestes anos difíceis, permanecer fiéis a Cristo e a sua Igreja, suportando hostilidades, lutas e perseguições. Mas sois parte preciosa do pequeno rebanho, que tem a missão de combater e de vencer, no final, a poderosa força do anticristo.

- A todos vos formo, vos defendo e vos abençoo”.

Nossa Senhora a Pe. Stéfano Gobbi / Movimento Sacerdotal Mariano 17.06.1989

Clique aqui e veja também: A marca na fronte e na mão

Clique aqui e veja também: A constância dos santos

17.junho.1989 / O número da Besta: 666

Índice Analítico

Dragão Vermelho (Ap 12,9; 20,2; Gn 3): Antiga Serpente / Diabo / Satanás.

Dragão Vermelho (Ap 12,9; 20,2): Comunismo ateu, Ateísmo Marxista, Ateísmo teórico e prático.

Besta (Ap 13, 1-10; 2Tes2,9; Mateus 24,24): Anticristos.

666 (Ap13, 18): este número indica o nome de Lúcifer, Satanás, isto é, daquele que se põe contra Cristo, o anticristo.

1ª Besta (Ap 13, 1-10): Besta Negra / 10-chifres / Maçonaria / Falsos Cristos.

2ª Besta (Ap 13, 11-18; 16,13; 19,20; 20,10): Besta semelhante ao de um cordeiro / 2-chifres / Maçonaria Eclesiástica / Falsos Profetas.

10-chifres (Ap 13, 1; 17, 3.7-12): oposição aos 10-Mandamentos de Deus.

7-cabeças (Ap 13, 1; 17, 3.7-12): nações em que o comunismo ateu se estabeleceu e domina com a força do seu poder ideológico, politico e militar. Várias Lojas Maçonicas. 7-Titulos Blasfemos, os 7-Pecados Capitais.

Seduzir e enganar toda a terra:  (Ap 13, 7-8; 2Tes 2, 1-12)


Nenhum comentário:

Postar um comentário