terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Resgate do EU


Resgate do EU

                                        Meu nome é José Paulo Sanitá, moro no Território dos Sentidos no País do Medo, Estado da Desmotivação, Cidade da Solidão á Rua da Perda do Prazer de Viver; sou vizinho da Srª Taquicardia mãe da Falta de Ar que é prima da Hipertensão esposa do Queda de Cabelo. Aqui o sentir é comum aos seus habitantes e a porta de entrada para este Território é o Tato, Paladar, Olfato, Visão e Audição.
                                        Minha profissão é Dor de Cabeça, minha Função é Desanimar meus clientes, o produto que vendo é Sofrimento por Antecipação, Agressividade, Sentimento de Culpa Intenso, Baixa Auto estima e Cansaço exagerado, o produto mais vendido é a Ideia de Desistir da Vida, pois a matéria prima deste produto é bem fácil de se encontrar neste Território e que ao longo da vida são propostos:
- Consumismo (tendência a comprar exageradamente ou além da necessidade);
- Corrupção (cuidados com o mundo e a sedução das riquezas terrenas);
- Hedonismo (considerar o prazer como objetivo de vida);
- Relativismo (ato de afirmar que as verdades que cremos –morais, religiosas, etc... variam conforme a época, lugar, grupo social ou indivíduos).
- Permissivismo [tudo posso, faço, ouço e vejo tudo o que quero, tudo experimento em minha vida. Contrário a Palavra de Deus que diz: “Tudo posso, mas nem tudo me convém” (ICor6,12)]
                                       No Banco Perdas e Frustrações se movimenta a Angústia e o Estresse, as moedas deste Território.
                                       O transporte utilizado aqui é feito da Matéria Prima Corrupção, o nome da empresa é Autossabotagem e o motorista é o Srº Gastrite.
                                       Fui convidado pelo Srº Inconsciente da Equipe de Reedição da Criatividade a conhecer outros Territórios utilizando o Caminho da Transfiguração; atravessar o Rio da Liberdade pela Ponte da Superação, sem bagagem, totalmente desapegado dos Bens Exteriores acumulados no Território dos Sentidos. Orientou-me a ter as seguintes disposições para viajar entre os Territórios:
Atitude Física: Recolhimento; fechar as portas dos sentidos. (conf. Mateus 6,6)
Atitude Psicológica: Raciocínio Anti dialético; predisposição a remover o modo de vida anterior para revestir-se do homem novo. (conf. Rom 12,2; Ef 4, 22-24)
Atitude Espiritual: Desejar a Sabedoria, pois Ela é a perfeição da inteligência. (conf. Sab 6)
Foi assim que cheguei ao Território Psíquico.

                  A Equipe Reinterpretar recebeu-me no Território Psíquico e foi logo dizendo-me que o EU poderia mudar seus Comportamentos através da mudança dos Pensamentos e que após o processo de mudança e Ressignificação dos Pensamentos, voltaria ao Território dos Sentidos, aplicaria o método aprendido conformando este novo comportamento com a vida sensível (Rom 12, 2).
Candidatei-me no Processo seletivo chamado Pensar antes de Agir ou Reagir.
Conquistei o Território Psíquico onde o Inteligir é comum aos habitantes deste Território.
                                        Puxa vida, o EU começou a pensar. Conheci o tão famoso Território Psíquico escondido na Cidade da Alma e em seu interior dois Estados: a Lógica e a Emoção, que tem como projeto social Gerenciar Pensamentos e Administrar Emoções. No alto Comando da Cidade da Alma está a Excelentíssima Vontade cujo defensor é o Exército do Livre Arbítrio, tem um Banco de Dados com divisões e sub divisões de altíssima tecnologia e capacidade de armazenamento chamado Memória. Com Autoridade e Poder a Vontade me exortou:
“Não te guies pelo sentimento, porque nem sempre ele está em teu poder,
mas todo poder e mérito está contido na Vontade” (Diário §1760).
                                          A princípio não entendi porque tudo era diferente da Vida Sensível, mesmo assim fiz novos amigos: Auto imagem, Auto estima, Auto consciência, Auto diálogo e Auto crítica que me encaminharam para Contemplar o Belo, soube que Ele é o Início e o Fim de tudo, Ele é a Sabedoria, Beleza, Bondade, Ordem e Harmonia em Perfeição e que o EU poderia participar de tudo d’Ele e jamais seria o mesmo depois desta experiência; porém, mandou-me Ama-lo como Ele me ama e amar aqueles a quem Ele me confiar como eu passaria a me amar quando voltasse para o Território dos Sentidos e que minha queda ou minha ascensão afetaria toda a comunidade em que vivo e a felicidade do EU é composta de conhecimento e amor (Sab 3,9). Que a restauração e transformação daqueles a quem Ele me confiar se dará pela atração não pela imposição, assim como ocorreu com o meu EU (conf. Mateus 28, 20).
                                        Soube também que o Território Psíquico é intermediário entre o Território dos Sentidos e o Território Eterno e quanto mais convivência e correspondência no Território Intermediário mais Sementes de Valor Eterno serão plantadas para compartilhar e multiplicar no Território dos Sentidos cujos frutos serão colhidos no Território Eterno.
                                        Logo que aceitei o desafio a Equipe da Qualidade de Vida me transferiu para a Cidade Metanoia, lá pratiquei o Sono Reparador a Alimentação Saudável a Arte de Ouvir e a Arte de Dialogar, descobri que é possível Resgatar a Liderança do EU que estava à deriva no Rio do Pensamento Acelerado e no Lago das Ideias fúteis.
                                     Depois de algum tempo mostraram-me uma sala silenciosa chamada Mesa Redonda do Eu onde conheci a Inteligência Multifocal e a Inteligência Existencial, tão logo aprendi a usar estas Inteligências inteligindo, percebi que o domínio dos dois Territórios era possível, poderia desfrutar de uma Vida Saudável, poderia torná-la uma Festa e que é possível também alcançar uma tal de Saúde Financeira, que, a propósito, já o tinha ouvido no Canal Prazer de Viver no Programa Código do EU como Gestor do Intelecto e das Emoções, cujo apresentador é o Ancião Resiliência que é exemplo na superação das tribulações e minha Inspiração consciente; sempre dizia: (IICor4, 8; 16-18)
“Somos atribulados por todos os lados, mas não esmagados;
postos em extrema dificuldade, mas não vencidos pelos impasses;
perseguidos mas não abandonados;
prostrados por terra, mas não aniquilados.
Embora em nós o Homem Exterior vá caminhando para sua ruína,
o Homem Interior se renova dia a dia;
pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno”

                                           Sob a supervisão do mediador Auto controle tenho caminhado confiante, indo e vindo entre os Territórios, buscando acumular Bens Interiores, vivendo dos Bens Necessários e a desapegar dos Bens Exteriores; mesmo que de vez em quando, apressado me deparo com a Autossabotagem me oferecendo carona na Rua das Decisões para chegar mais rápido na Avenida das Escolhas e apesar de ter desejo de viver só na mansão do Território Psíquico e Espiritual o EU é sabedor que AMANHÃ terei que abandonar o Território dos Sentidos e ascender para o Território Eterno onde haverei de levar somente o Território Psíquico e possuir em perfeição os Bens Interiores desejados HOJE, porque o ONTEM não existe mais.

                                           De Território em Território, do desejo de perfeição a perfeição, dos Bens Necessários aos Bens Eternos; estes são os presentes que me foram dados e que me proporcionaram conhecer o outro lado do EU enquanto EU estava a Procura de Mim Mesmo. Eu amo todas as etapas; sou um e outro e o mesmo; minha Alma exulta de alegria e Gratidão ao Belo a oportunidade de conhece-Lo e ama-Lo, porque, sem o conhecimento dos Bens e Amor Eternos jamais seria o que sou HOJE, ou seja, ter a capacidade de compartilhar e respeitar, com toda a criação, dos Bens Passageiros.

Duvidando, Criticando e Determinando no Território dos Sentidos, Silenciando no Território Psíquico, e desejando o Território Eterno, despeço-me com um ósculo santo convidando-o a conhecer o seu EU na sua Cidade da Alma.

Esta é uma experiência compartilhada pelo autor com os integrantes do Curso de Gestão das Emoções para o Sucesso Profissional  / GESP 19º Encontro / Dezembro/2015

Um comentário: