sábado, 31 de dezembro de 2016

Ano Litúrgico 2017


Para baixar clique aqui: Ano Litúrgico 2017

Ano Litúrgico
- O ano litúrgico é o conjunto das celebrações com que a Igreja celebra anualmente o mistério de Cristo.
- O ano litúrgico, também chamado de ‘Ano da Igreja’, difere do ano civil, ou seja, não obedece aquela ordem cronológica de doze meses, e trezentos e sessenta e cinco dias.
- Dentro do ano litúrgico, a Igreja, sabiamente distribui o tempo em diversos períodos, enfatizando assim, alguns aspectos peculiares do Mistério Salvífico.
- Os tempos referentes ao Ano litúrgico são:
Advento, Natal, Comum, Quaresma e Páscoa.

Tempo do Advento
- Tempo de preparação para as solenidades do Natal, onde se celebra a primeira vinda do Filho de Deus no meio dos homens; e se recorda a esperança da Segunda vinda de Cristo.
- O advento, muito mais que um tempo de penitência, é um tempo de esperança e preparação.

Tempo do Natal
- Neste período, a Igreja celebra a festa do nascimento do Senhor e de suas primeiras manifestações ao mundo.
- O tempo do Natal se estende desde o dia vinte e quatro de dezembro, e vai até o dia seis de janeiro, inclusive.
- O Natal é a Segunda festa mais importante da Igreja, por isso, todo este período é expresso com alegria e festa.

Tempo Comum
- Durante trinta e três ou trinta e quatro semanas do ano, a Igreja deixa de celebrar aspectos importantes da vida de Cristo, celebrando todos os domingos a entrega de Jesus a nós, a Eucaristia.
- O Tempo Comum inicia no dia de semana que segue a festa do Batismo do Senhor e prolonga-se até a terça-feira antes da quaresma, inclusive; e recomeça depois da segunda-feira depois do Domingo de Pentecostes e volta a terminar um dia antes do 1º Domingo do Advento.

Tempo da Quaresma
- Inicia-se na quarta-feira de Cinzas e termina na quarta-feira da semana santa.
- Visa preparar a celebração da Páscoa.
- É um tempo de recolhimento espiritual de jejum, oração e penitência, é um período onde o fiel é chamado a rever sua vida de cristão para o grande acontecimento cristão:
A Ressurreição de Jesus Cristo.

Tempo da Páscoa
- É neste tempo que a Igreja celebra a sua maior festa: a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.
- Neste período, a Igreja se reveste de plena alegria pela Ressurreição de Cristo, que para nós se tornou primícia de Salvação.
- A festa da ressurreição é preparada através do Tríduo Pascal, que reúne como se fosse em uma única celebração, toda a Paixão, Morte e Ressurreição do Salvador.
- No Tríduo, nós temos a sexta-feira da Paixão, o Sábado Santo ou da Vigília Pascal e o Domingo da Ressurreição.

Revivendo com Cristo
- Viver o ‘Ano Litúrgico’ é viver o mistério de Cristo.
- No Advento, unir-se àqueles que por ele clamaram (profetas), que o anunciaram como iminente (João Batista) ou àquela que gestou (Maria Santíssima).
- No Natal, juntamo-nos aos anjos e aos pastores, aos magos, a Maria e a José, na humilde gruta de Belém. Aos nossos olhos maravilhados, brilha a luz da Epífania do Verbo feito carne.
- Na Semana Santa, caminhamos pelas ruas e pelas esquinas, encontrando-nos com Herodes e Pilatos, Pedro e Judas, João e Madalena. Vigiamos à espera do Ressuscitado até, enfim, clamar o triplo ‘aleluia’ e renovar as promessas de nosso Batismo na água e no Sangue do Crucificado.
- No Pentecostes, permanecemos, então, no Cenáculo com Maria, até que o Espírito Santo se derrame como vento e fogo.
- Jesus nasce e cresce. Jesus que morre e ressuscita. O Dom do Espírito e o chamado à missão.
- E, enquanto isso, trabalhamos e amamos, rimos e choramos, nascemos e morremos. Até que o Senhor venha...
“Que o sedento venha, e quem o deseja receba gratuitamente da água da vida.
Maranatha - Vem, Senhor Jesus.” Apocalipse 22, 17-20

Um comentário: